1000005_562347757162498_1030431800_n

Eles tocam juntos oficialmente há um ano. Oficialmente por que Sérgio Gimenez, Otávio Zamboni, Diego Cescato e Gustavo Souza já se conheciam muito antes de formarem a Red Hot Minute, cover da banda Red Hot Chili Peppers. “Todos os músicos daqui de Bauru se conhecem, então a gente já era amigo há muito tempo”, comenta Otávio.

E foi em um papo descontraído, entre uma cerveja e outra numa tarde de sábado, que os músicos conversaram com o Social Bauru e relembraram o início da banda. “A ideia surgiu em novembro de 2011 e começamos a tocar em janeiro de 2012. Acho que tem uma demanda grande de bandas cover na região e comecei a pensar nas bandas que eu gosto e que poderíamos fazer um cover. Primeiro pensei em Alice In Chains, mas acho que poucas pessoas curtiriam um show cover deles. Depois, pensei em Rolling Stones, mas acho que somos novos para fazermos cover dos Stones (risos). Aí pensamos na Red Hot e todo mundo topou.”, relembra Gustavo.

Apesar do pouco tempo de união, a Red Hot Minute já tem espaço cativo em casas noturnas de Bauru com shows marcados até dezembro. “A gente nunca sofreu com espaço para tocar aqui na cidade, apesar de o projeto ser recente. Sempre fomos muito bem recebidos tanto em Bauru, quanto na região. Fomos até convidados para sermos exclusivos de uma casa noturna aqui na cidade e temos show marcado já em dezembro!” diz Sérgio.

O sucesso do grupo e a boa recepção em casas noturnas podem ser atribuídos ao som próprio que a Red Minute se preocupa em fazer. Apesar de ser uma banda de cover, tocar músicas com o próprio estilo é uma preocupação presente no dia a dia dos músicos. “Nós não somos uma cópia fiel. Fazemos versões das músicas da Red Hot, principalmente em relação à parte instrumental. Até eles mesmos fazem cover de outras bandas, então trazemos isso para os nossos shows”, comenta Sérgio. “Acredito até que somos mais um tributo que um cover, já que não fazemos tudo igual”, completa Otávio.

E como bons fãs, os músicos não escondem a dificuldade que sentem para escolherem o repertório. “A gente sabe que eles têm muitos hits, então começamos a pensar nisso. Quais as músicas que o pessoal mais gosta? Fizemos uma lista e colocamos estas músicas – Carlifornication, Give It Away, Under the Bridge – e tentamos fazer um repertório para agradar todo mundo, com músicas mais animadas”, explica o vocalista. Além disso, há a preocupação em incluir músicas de todos os álbuns e fases da Red Hot Chili Peppers, e claro, os hits preferidos de cada um também não ficam de fora! Coisas de fã…

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Amanda Araújo
Carregar mais em Cultura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Pinacoteca de Bauru recebe a exposição de arte gratuita “Afigurações do Tempo”

Com a temática voltada para as percepções do tempo, a exposição “Afigurações do Temp…