happyholi-pedro-tayna

Faltam apenas 11 dias para a Happy Holi chegar, pela primeira vez, em Bauru! A festa, que já aconteceu em 15 locais diferentes no Brasil e diversos países ao redor do mundo, é famosa pela música, diversão e muita cor!

Para saber mais sobre esse evento, conversamos com alguns bauruenses que já participaram de outras edições ao redor do mundo e contaram um pouco da experiência. Confira os depoimentos:

happy-thayna

Tayná Richieri, modelo que participou do Holi na Índia
“Bom, tive uma oportunidade incrível de participar do Holi em seu país de origem. Eu nunca havia visto tantas pessoas comemorando juntas pelo mesmo propósito, estavam todos muito felizes e a troca de boas energias era imensurável! Para mim foi um privilégio fazer parte de tudo isso, tenho memórias incríveis de todas essas pessoas, e sou mais que agradecida a elas por terem me mostrado tudo isso.”

 

happy-pedroPedro Fonseca, modelo que participou do Holi na Índia
“O Holi tradicional encontrado aqui na Índia é diferente do Holi no Brasil. O festival foi importado pelos outros países como um festival de música com cores, vendendo convites e com grandes nomes musicais, como acontece em Lisboa, ou até mesmo como corrida colorida, na Espanha, mas na Índia é a comemoração da chegada da primavera, onde todos se pintam, bebem, tocam músicas! Existe sim locais onde os indianos se reúnem para ouvirem música, totalmente grátis, em praça pública! Mas seja na festa ou na rua, as pessoas estarão jogando cores umas nas outras. Mesmo que você não queira, pode acabar chegando em casa colorido! No dia do Holi todos estão felizes, em paz uns com os outros, não existe diferenças nem preconceito, rico ou pobre, todos são iguais e comemoram juntos. Para mim foi interessante ver nas avenidas de Nova Delhi pessoas pintadas por todos os lados, até mesmo as vacas que andam pela rua foram alvo das cores! Eu e a Tayná não fomos em grandes festas, somente na casa de amigos da agência que trabalhamos. Mas vimos nas ruas por toda a cidade como o Holi tem um bom impacto nas pessoas e como alegra a população. Similar ao impacto que o réveillon tem, onde todos perdoam e estão alegres!”

 

happy-laiscordaoLaís, modelo que participou da festa em Ribeirão Preto
“Quando eu recebi o convite para ir ao festival em Ribeirão, eu não fazia ideia de como seria! (risos). Claro que já tinha visto fotos e vídeos pela internet, mas sempre causa aquela expectativa, né? E o mais curioso é justamente a questão do ‘gulal’ (pó colorido) — de como acontece a tal contagem regressiva e a explosão. Foi uma experiência inédita e completamente diferente de qualquer outra. Esse lance das pessoas de jogarem as cores contagia, não tem como não contagiar. E a energia é tão boa, que todo mundo interage com todo mundo.”

 

happy-adryelAdryel Correia, estudante que participou da festa em São Paulo
“Eu curti bastante o evento. Não conhecia ainda e um amigo que me falou. Mas achei muito bacana porque tocou músicas boas. Não foi uma rave, com músicas com a mesma batida. E o que mais me impressionou foi a contagem regressiva pra jogar as tintas. Achei muito bacana! Saí de la todo azul, mas foi um bom evento deu pra curtir bastante”

 

 

happy-analauraAna Laura, modelo que participou da festa em Ribeirão Preto
“O primeiro contato que tive com a Happy Holi foi em Ribeirão Preto e foi algo indescritível. Sempre ouvi falar que festas eram sinônimo de alegria e celebração, mas minha sensação, quando cheguei, foi além de tudo que já conheci. Uma euforia e um sentimento de emoção que transbordaram em mim. Uma união de cores e vibrações que somente quem participa conhece. Vale muito a pena!”

 

O festival Happy Holi Bauru irá acontecer dia 26 de abril, no Boulevard Shopping Nações, rua Marcondes Salgado 11-39. Os convites estão sendo vendidos no quiosque Happy Holi no próprio Boulevard Shopping e no site: bilheteriadigital.com

Para mais informações, acesse: boulevardshoppingnacoes.com.br

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Amanda Araújo
Carregar mais em Comportamento
...

Verifique também

Psicólogos bauruenses organizam terapia gratuita ao ar livre neste final de semana

Dois psicólogos se juntaram para promover um projeto de terapia ao ar livre que pode ajuda…