materiaemagreceu

O Social Bauru conversou com cinco moradoras que perderam muito peso e mudaram completamente de vida: hoje elas se alimentam melhor, praticam exercícios e têm mais disposição que antes. Para nossa equipe, elas contaram um pouco dessa fase e mais detalhes dessa experiência tão marcante. Confira:

Amanda Moraes
EMAGRECEU
“Eu emagreci 46 quilos em sete meses. Como sou fotógrafa e trabalho muito com crianças, eu queria ter mais disposição para brincar, agachar e levantar! Então, tomei essa atitude. Além disso, também usava remédio para pressão, que era meu maior trauma, e hoje não preciso de mais nada. Consegui emagrecer fazendo muita atividade física e me alimentando corretamente, com coisas saudáveis, de três em três horas! O maior desafio, na verdade, está sendo agora na reta final, pois é mais difícil de eliminar o que falta. Porque no começo é mais fácil eliminar, mas, com a ajuda da minha personal, minha nutricionista e minha esteticista, está dando tudo certo!
Eu digo a todos, nunca duvide de você, porque podemos muito mais do que imaginamos. A vida saudável é muito gostosa, só temos que aprender a estar com ela. E o mais importante: a vida é muito curta, então não devemos encurtar mais ela! (risos)”.

 
 

Lucimara Nunes Coelho
emagreceulucimara1
“Eu perdi 43kg em 4 anos. Eu decidi emagrecer por vontade própria, porque estava incomodada com as roupas, aí procurei uma academia. No começo, eu sofri muito porque não fazia dieta e demorava mais pra eliminar peso. Mas não desisti e, graças a Deus, hoje me sinto ótima. Amo praticar exercícios, principalmente os aeróbicos. E hoje eu consegui emagrecer com muito esforço. Acredito que, neste tempo, o meu maior desafio foi comigo. Então, posso eu dizer que nada é impossível; basta a gente querer e lutar por nós. Estou com 42 anos e me sinto em plena forma e com muita saúde e muita disposição!”

+ Bauruense comenta as dificuldades e vitórias de seu processo de emagrecimento
+ Em Bauru, mulheres provam que estão longe do sedentarismo
+ Nutricionista de Bauru vence campeonato bodyfitness
 

Jamile Inhesta
emagrecer-jamile1
“Eu emagreci 28kg em 8 meses: de 100kg fui para 72kg. Mantive esse peso por 1 ano e meio, depois aumentei a rotina de treinos e perdi mais 10kg. Comecei meu processo de emagrecimento em setembro de 2012, então faz três anos que resolvi mudar de vida! Não tive nenhum problema de saúde, resolvi emagrecer porque parei pra me enxergar de verdade e aquela no espelho não era eu, eu não me aceitava daquela forma e fui à luta! Procurei uma nutricionista, comecei uma reeducação alimentar e voltei a fazer atividades físicas. Comecei a fazer muay thai que foi e é meu grande aliado na perda de peso. Hoje sou adepta das artes marciais, não fico sem meu muay thai e o kickboxing. O meu maior desafio foi controlar a vontade de desistir, principalmente no começo. Perdi as contas de quantas vezes quis jogar tudo pro alto! Por isso, eu posso dizer para quem está passando pelo mesmo desafio que eu: não desista! O caminho é longo difícil, não é fácil abandonar maus hábitos, mudar de vida e de rotina. Mas quando você começa a enxergar a mudança, tudo te motiva a continuar e não desistir. A tarefa é difícil, mas não é impossível!”

 
 

Carol Brito
emagrecer-carol4
“Perdi 30kg em 1 ano e meio. Faz seis meses que parei de emagrecer, mas esse mês voltei com tudo, porque quero perder mais 15kg. Eu estava prestes a fazer a cirurgia bariátrica e acabei desistindo por medo de morrer. Comecei uma dieta e prometi pra mim mesma que essa seria a última vez que eu tentaria emagrecer. Nunca tive problema de saúde, meus exames de rotina estavam sempre ótimos, tudo normal. Mas não gostava de me ver no espelho e também passei por situações embaraçosas, como entalar em uma boia em um parque aquático! (risos). Então, comecei sozinha a comer menos e ir à academia de segunda a sexta, durante 1 hora, praticando exercícios aeróbicos. Consegui perder 22kg, depois tive ajuda de uma nutricionista e perdi mais 8kg. Comecei a me alimentar de 3 em 3 horas, em pequenas quantidades e não retirei nada completamente. Se eu tinha vontade de tomar uma cerveja no fim de semana, eu tomava, mas bem menos do que antes. Foi assim com doces, salgadinhos (que eu amo!) e refrigerante. O exercício físico me ajudou muito, porque me fez suar e foi me dando mais ânimo para continuar. Comecei a ver que existia esse mundo, das pessoas que procuram ser mais saudáveis e me encantei. Pesquisava bastante na internet também, para saber histórias de pessoas que emagreceram. Isso me incentivava. Acho que o maior desafio são os amigos chamando pra sair, beber e comer. No começo, eu recusava sair de casa, muitos nem entendiam direito, mas hoje vou e procuro me controlar, mesmo porque acabo passando mal se exagerar, meu estômago se acostumou com pouco. Mas a grande verdade (que a maioria das pessoas fogem) é que não existe fórmula mágica para emagrecer. O grande segredo continua sendo a reeducação alimentar (que vai durar por toda a vida), se exercitar e não ter pressa. Quem emagrece rápido, ganha peso ainda mais rápido. Manter o pensamento sempre positivo e se amar também é muito importante. Tem uma pergunta que eu sempre me faço quando estou diante de uma tentação: ‘A sua vontade de comer é maior do que a vontade de emagrecer?’ Ela me faz refletir se realmente preciso comer um alimento que não vai acrescentar em nada na minha saúde.”

 
 

Flávia Gamonar
emagreceuflavia
“Eu emagreci 24kg em seis meses. Foi em 2007 e desde então, mudei meus hábitos e sigo cuidando da saúde. Quando decidi emagrecer, eu já estava com o IMC (Índice de Massa Corpórea) que indicava obesidade e eu estava infeliz com minha imagem. Fui até um médico especialista em obesidade que me ensinou a fazer escolhas melhores, ler rótulos, evitar industrializados e procurar comer comida de verdade, me reeducando e fazendo atividade física. O desafio foi conseguir conciliar o social, porque as pessoas, às vezes, querem te corromper. Se você não tem cuidado, pode derrapar nos finais de semana e colocar tudo a perder. Mas também é preciso saber equilibrar pra não virar neurótica no assunto. Por isso, quem quer emagrecer precisa, antes de tudo, querer e identificar que este fator não a está fazendo feliz. Se isso é um problema para a pessoa, ela precisa querer muito e dizer pra si mesma que não vai mais de sabotar. Já passou a vida comendo tudo errado, porque não manter uma alimentação saudável durante a semana e deixar um docinho para o fim de semana? Não adianta achar que, para emagrecer e ser saudável, basta se entupir de produtos diet e light. Eles não são para essa finalidade. O ideal é comer comida de verdade e aprender a comer, além de fazer uma atividade física que lhe dê prazer.”

Compartilhe!
Carregar mais em Comportamento
...

Verifique também

Conheça 5 estilos de arquitetura em Bauru em passeio de 4 km

Um dos passeios mais interessantes para conhecer Bauru é também um dos mais simples: basta…