qq
VI Semana do Hip Hop é o maior festival de Hip Hop gratuito da América Latina

A VI Semana do Hip Hop começou dia 5 de novembro e continua a todo o vapor. O maior festival de Hip Hop gratuito da América Latina segue até sexta-feira com a realização do “Combo 5 Elementos”, uma das atividades mais consagradas do festival. Com foco na formação e cunho político e educativo, o projeto leva a esses espaços mini oficinas dos cinco elementos do Hip Hop (graffiti,breaking, Rap, DJ e conhecimento). A partir de hoje, quarta-feira, mais seis escolas municipais e estaduais da periferia da cidade serão contempladas com o projeto.

Com foco na formação, mais oito oficinas gratuitas terão lugar na Casa do Hip Hop (Estação Ferroviária, centro). Os temas são diversos: Beatmaker, Kickboxing, Breaking, Krump, Fotografia (profissional e dispositivos móveis) e Samba Rock.

Outra atividade que marca presença em mais três ocasiões é o Cine Hip Hop. Nesta quarta (09), a praça da Escola Estadual Ada Cariani, no Mary Dota, recebe a atração, a partir das 20h. Na quinta (10), é a vez do CRAS do Jardim ferraz, às 14h, e do Centro Comunitário do Ouro Verde, às 20h, curtirem a projeção.

Maracatu é destaque na quarta e quinta é dia de debate

Também uma cultura de resistência negra, assim como o Hip Hop, o Maracatu tem atuação forte na cidade. Com o apoio do grupo Maracatu Abayomi, acontecerá hoje (9), a partir das 19h, o ‘Gira com o Mestre’, na Estação Ferroviária. A atenção é para a presença do mestre Chacon Viana, orientador musical, cultural e religioso da Comunidade do Bode em Recife, no estado do Pernambuco, da Nação do Maracatu Porto Rico.

Além do baque com o Maracatu Abayomi, Chacon também participa da Roda de Conversa “Maracatu e Resistência Negra”; Maracatu e religiosidade afro descendente, História do Maracatu; O baque do Maracatu e suas conexões com a ritmicidade dos terreiros de candomblé (Xangô Pernambucano).

Chacon Viana é filho da Rainha da Nação do Maracatu Porto Rico, dona Elda Viana. Além disso, é também sacerdote do Ylê Axé Oxosse Guangobira. Desde criança esteve presente nas atividades religiosas e culturais desenvolvidas pela Nação. Chacon já ministrou oficinas em diversos estados brasileiros e em países como Itália, Bélgica, Espanha, França e Alemanha, sempre divulgando a cultura do Maracatu de Baque Virado por onde passa.

Em evidência na quinta (10) e ligado aos acontecimentos da política brasileira e o papel da mídia na sociedade está o debate “Os Meios de Comunicação e sua Responsabilidade pelos Retrocessos no Brasil”, que acontece no Auditório da Estação Ferroviária, a partir das 19h.

Sexta o rolê é na Casa do Hip Hop

Assim como na Semana do Hip Hop de 2015, essa edição traz na sexta (11), a partir das 20h, o Desfile de Moda Favela Fashion Zick, uma grife das quebradas e focado na representação do povo negro e periférico. O desfile é idealizado e organizado por Yngrid Suellen. Em seguida, às 21h, acontecem pocket shows com grupos de Rap de Bauru. Encerrando a noite, acontece o Baile Flashback, com os DJs Ding e Marcelão, às 22h.

A VI Semana Municipal do Hip Hop continua até 15 de novembro, com todas atividades gratuitas. É uma realização do Ponto de Cultura Acesso Hip Hop, Prefeitura de Bauru e Casa do Hip Hop de Bauru.

Para mais informações, acesse: www.facebook.com/Casa-do-Hip-Hop-Bauru

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Giovana Romania
Carregar mais em Cultura
...

Verifique também

Zoo e Jardim Botânico de Bauru oferecem curso de férias para crianças e adolescentes

As férias estão chegando e nada melhor do que incentivar as crianças a brincarem muito. E …