Alguns dos alunos participantes do projeto com a organização AFAPAB, de Bauru
Alguns dos alunos participantes do projeto com a organização AFAPAB, de Bauru

No último ano de faculdade, alunos de publicidade e propaganda da FIB decidiram juntar a necessidade de fazer o trabalho de conclusão de curso à uma boa ação. A proposta do trabalho era selecionar um cliente real e fazer desde o posicionamento no mercado até as campanhas de publicidade.

O grupo formado pelos estudantes Adryel Correia, Juliana Leal, Kessia Trimontini, Sandro Delmonte e Victor Botelho, porém, teve uma ideia diferente. Pela primeira vez na história do curso, o cliente escolhido seria uma associação.

“Nós sempre tentamos inserir as empresas do 3º setor em nossos trabalhos da faculdade, por questão de afinidade com o tema e também pelo nosso pensamento ser que a publicidade pode fazer a diferença na vida das pessoas, que ela pode fazer muito além do convencional” explica Juliana, que mesmo tendo a possibilidade de trabalhar com empresas bem sucedidas, optou por fazer uma boa ação.

A instituição escolhida foi a Associação dos Familiares Amigos e Pais dos Autistas de Bauru (AFAPAB) por ser uma ONG de Bauru pouco conhecida e que precisa de muitas doações. Além de precisar de ajuda, Juliana conta que ao conhecer a AFAPAB de perto, o coração falou mais alto e eles sabiam que era a escolha certa a se fazer. “Vimos que a que mais precisava de atenção era a AFAPAB, por realizar um trabalho tão único e ainda ser desconhecido. Ao conhecermos de perto, o coração falou na hora que era com ela, que deveríamos trabalhar”.

Ao escolher a associação, os alunos fizeram vários materiais de comunicação, que serão doados posteriormente, para ajudar na divulgação, como peças para anúncio em jornais, outdoors, spots para rádio, para televisão e até um documentário que, para Juliana foi o que mais emocionou a todos. “Nele, estão as mães dos autistas que estudam na associação, contando um pouco sobre como é ter um filho autista, como é lidar com as limitações e como a AFAPAB mudou a vida delas e dos filhos”, relata.

Apesar da apresentação do trabalho já ter acontecido, o grupo não pretende deixar essa iniciativa acabar. “Queremos muito continuar o trabalho com eles. Nós vamos atrás de parceiros novos, como veículos de comunicação e empresas que possam nos ajudar para dar continuidade ao trabalho”, planeja Juliana, que afirma ter sido uma experiência que contribuiu para o crescimento pessoal e profissional de todos envolvidos no trabalho.

Muito legal a iniciativa deles, né? Dá uma olhada no documentário que eles fizeram:

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Amanda Araújo
Carregar mais em Geral
...

Verifique também

7 dicas para os bauruenses decorarem a casa na Páscoa!

Você já decorou sua casa para a Páscoa? Acho que não, né? Isso porque não temos o mesmo co…