calor-dormir1

Você pode até pensar que o calor da sua casa não tem nada a ver com a construção. Mas você está bem enganado! A equipe do Social Bauru consultou a arquiteta Aline Turini e descobriu algumas dicas que podem fazer uma diferença e tanto no clima do ambiente.

Muita gente compra um ar condicionado por que acha que só esta medida irá refrescar a casa. Mas, até para instalar o ar, são necessários alguns cuidados e ele nem sempre é a melhor opção. “O ar condicionado se tornou o queridinho, porém existem outros aparelhos que também melhoram a qualidade do ar nesses dias tão quentes, como ventiladores e climatizadores, que em sua maioria não exigem uma instalação tão elaborada como o ar condicionado”, explica a arquiteta.

Em altas temperaturas ter uma noite de sono agradável e tranquila é praticamente impossível. E, agora que o calor voltou para a nossa ‘cidade lanche, nada melhor do que apostar em novas formas para refrescar a casa, não é mesmo?
Quem ainda não sabe muito bem o que pode fazer pode apostar em alternativas baratas e fáceis, que podem ser adaptadas em qualquer ambiente. Ficou interessado? Então, confira as dicas:

Ventiladores
“Os ventiladores de teto possuem uma instalação mais simples, porém devem-se seguir questões específicas de cada modelo ou marca, acompanhando instruções dos manuais dos fabricantes e recorrer ao técnico especializado. Os ventiladores de teto devem ser bem fixados, mas não são todos os tipos de acabamentos que oferecem essa estabilidade, por isso, não são indicadas em todas as construções. O ideal é que seja fixada na laje, estrutura que sustenta o peso e a movimentação da máquina.”

Película refletiva
“A película refletiva é um tipo de proteção aplicada no vidro que pode ser uma alternativa para locais com grande quantidade de aberturas, pois possuem a função de controle de incidência solar. Existem muitos tipos de películas, que são utilizadas em aplicações empresariais e residenciais para o controle do calor solar e luz ultravioleta, tornando ainda, em alguns tipos de materiais o vidro mais seguro. A redução de calor é de até 79% e para raios UV até 99%, porém não funciona como forma de refrigerar o ambiente e sim de redução da incidência do calor por meio da reflexão. O uso da película interfere na redução da carga de trabalho do ar condicionado, resultando em menor gasto de energia elétrica. O investimento não é de valor tão elevado, mas esse tipo de material acaba não sendo muito utilizado em residências, por não possuir grande área envidraçada como em edifícios empresariais.”

Cortinas
“Hoje em dia existe uma variedade de materiais e tipos de cortinas que se adequam a cada ambiente e suas necessidades, unindo a elegância e beleza com a funcionalidade. Com grandes opções de tecidos e tendências, algumas marcas garantem a redução de gasto com energia elétrica e o aumento da eficiência do ar condicionado. Cortinas com tecido de lã, de vidro ou de rocha são do tipo térmico, bloqueando até 66% da radiação solar. Esse tipo de acabamento reduz a temperatura no verão e proporciona o aquecimento no inverno. A escolha da cortina ideal deve ser auxiliada por um profissional, pois a definição do tipo errado pode resultar o efeito inverso ao desejado.”

Revestimento
“Existem diversas opções de pisos, sendo que alguns são mais apropriados para o exterior, áreas úmidas ou áreas com grande intensidade solar, ou seja, revestimentos para diversos fins. Encontramos tacos, cerâmica, laminados, vinílicos, porcelanatos, entre tantos outros. Os pisos frios são os preferidos em locais com clima quente, pelo fato de não absorverem o calor e proporcionarem maior frescor aos ambientes. Mas antes de instalar porcelanato em toda a residência é preciso refletir nos incômodos desse tipo de revestimento nos dias frios de inverno. A madeira é conhecida por proporcionar conforto térmico. Diferente dos demais pisos, a madeira permite ambiente mais agradável, pelo fato de possuir baixa capacidade de condução de calor, mantendo a temperatura da residência equilibrada.”

Cuidados na construção
“Em construções novas podemos ter alguns cuidados que vão proporcionar o conforto para os moradores da residência, por isso é muito importante a contratação de um arquiteto para a execução do projeto e gerenciamento da obra. O ponto de partida é a orientação da residência em relação à insolação, preocupando-se em quais ambientes terá incidência do sol da manhã ou da tarde, de acordo com a funcionalidade dos cômodos. O bom aproveitamento da ventilação natural através do posicionamento das aberturas de acordo com o fluxo do vento da região é outra forma de proporcionar frescor para o lar, assim como a especificação dos materiais.”

Outras apostas!
“Podemos trazer o frescor para dentro de casa com pequenas mudanças. O uso de plantas ajuda a amenizar a percepção de calor nesses dias quentes. A escolha de espécies com folhas grandes e posiciona-las próximas às janelas proporcionam essa sensação tão desejada. Outra opção seria o jardim vertical, de fácil execução e manutenção. O uso de cores da natureza, com motivos tropicais e florais, juntamente com o branco, amenizam o calor dos ambientes, fazendo parecer mais espaçosos e criando o frescor.”

Consultoria: Aline Turini, arquiteta de Bauru.

Compartilhe!
Carregar mais em Geral
...

Verifique também

XXIV Semana de Engenharia da Unesp acontece entre os dias 29 de novembro e 3 de dezembro

A Semana da Engenharia da Unesp de Bauru (SEMENG) é um evento anual que atrai a atenção do…