publieditorial

Perder um animal de estimação é um momento difícil, ainda mais nos dias de hoje, em que eles são tratados como membro da família. Quem passou por isso foi a família de Alexandre Perpétuo, proprietário do Memorial dos Animais. Ele perdeu o seu gato de estimação “Tom”. Ao levá-lo na clínica veterinária, perguntou para onde iria o corpo do animal e a única opção lhe dada foi o aterro sanitário, ou seja, o “lixão municipal”.

“Eu fiquei com aquilo na cabeça, e pelo fato de temos muito amor pelo Tom, não me conformei com aquela situação. E numa ocasião conheci um cemitério pet, em Botucatu. A partir daí comecei a pesquisar sobre o assunto e viabilizar a construção de um cemitério pet para a região aqui de Bauru”, conta Alexandre.

Com a ideia na cabeça e a vontade de oferecer aos amigos de quatro patas um lugar digno para descansar, ele foi atrás de informações em nossa legislação bem como em outros cemitérios pets. O intuito era concretizar seu projeto. Hoje em dia, o “Memorial dos Animais” já realizou sepultamentos de dezenas de gatos, cachorros, roedores, coelhos, pássaros, entre outros animais.

– Dê o melhor destino ao seu melhor amigo

Os pets são dignos de roupas, festa de aniversários e até spa. Porque não oferecer um espaço para descansarem com dignidade e um lugar adequado onde poderá receber visitas? Esse é o objetivo do Alexandre: “o nosso cuidado especial é com a parte sentimental e ambiental. Não tratamos isso como um simples descarte”, explica.

O Memorial oferece dois tipos de sepultamentos para os pets – o Coletivo ou Individual. No coletivo, o pet é sepultado ao lado de outros animais e não tem identificação externa. Esta opção é escolhida pelos donos que não têm o hábito de visitar e cultivar a lembrança.

Já no sepultamento individual, o pet tem uma urna exclusiva e recebe uma lápide em mármore com uma placa em forma de papiro contendo o nome, a data de nascimento e do óbito do pet e uma pequena frase de recordação.
Além disso, oferecemos a sala de velório, semelhante ao do ser humano, para que a família possa se despedir. Normalmente, é o tempo de preparar o jazigo para receber a urna, mas é possível se estender pelo tempo que a família quiser.

– Vida no Memorial

Perder o melhor amigo é um momento difícil, por isso um dos cuidados do Memorial é oferecer um ambiente agradável aos donos, isso para aliviar a dor naquele momento. O jardim com árvores e flores conta com a visita de diversos pássaros silvestres. Além de um lago de carpas ornamentais que traz uma tranquilidade a mais ao lugar.

– Eco Memorial

Construir um cemitério exige muitos cuidados, principalmente com o meio ambiente, já que os animais serão enterrados e, com isso, estarão em contato direto com o solo. Para que tudo esteja de acordo, o Memorial segue à risca nossa legislação e possui as autorizações ambientais necessárias para seu funcionamento.

O Memorial conta com poços de monitoramento do solo que possibilitam coletar amostras de estudos para saber se a área está adequada e se há alguma contaminação. Além disso, as urnas de madeira, normalmente usadas para sepultamento, foram substituídas por caixas isoladoras, feitas de material reciclado que não se decompõem e não deixam o necrochorume entrar em contato com o solo.

– Parceria com a Prefeitura

Com adequação a lei estadual, que está em vigência desde 2014, onde proíbe o descarte inadequado de resíduos sólidos em nosso estado, os animais não podem ser descartados em qualquer lugar. Por isso, a Prefeitura de Agudos firmou parceria com o Memorial dos Animais que dá a correta destinação dos animais da cidade, e assim, elimina os problemas de saúde publica causados com o descarte inadequado dos animais que vem a óbito no municipio.

Dessa forma, todos os animais de Agudos são sepultados no Memorial, tanto os que morrem em clínicas veterinárias ou no Centro de Zoonoses, esses animais são recolhidos pela prefeitura e sepultados gratuitamente para os donos dos pets.

“É uma parceria com a Prefeitura de Agudos e queremos prestar esse serviço com excelência. Esperamos que em um curto período de tempo não tenhamos mais nenhuma carcaça jogada nas adjacências da cidade, um problema que existe há tempos em todas as cidades da região”, relata o dono do Memorial, Alexandre Perpétuo.

– Planos para o futuro

Com a ideia de expandir as opções de serviços oferecidos, o empresário investiu em um forno para a cremação pet, também com opções individual e coletiva. No individual, as cinzas serão recolhidas e colocadas em um cizário que poderá ser levado pelo proprietário, mas também será disponibilizando uma sala adequada para acondicionar essas caixas com as cinzas.

Além da cremação, o Memorial está desenvolvendo um plano de fundo mútuo que disponibilizará diversas vantagens e descontos como no traslado e serviço realizado 24horas gratuito. Segundo Alexandre, este plano é uma facilidade: “O plano preventivo é ideal quando o animal estiver com idade avançada ou com problemas de saúde, assim, o dono não será pego de surpresa. É possível programar a despedida, reservando o espacinho do pet aqui no memorial, tanto para enterrar quanto para cremar. São vantagens como qualquer outro plano preventivo; que vamos oferecer aos proprietários que têm essa preocupação”.

Serviço
Memorial dos Animais – Rua Youssef Boulos Ayub, 30, Distrito Industrial II – Agudos/SP
Telefones: (14) 99674.8033 / (14) 99724.8033
E-Mail: [email protected]
Site: www.memorialdosanimais.com

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Juliana Oba
Carregar mais em Negócios
Comentários estão encerrados

Verifique também

Prêmio que destaca empresas e personalidades de Bauru será realizado na próxima segunda-feira (18)

segunda-feira (18) Além de destacar empresários da cidade, o Prêmio Atenção também faz um…