publieditorial

Conheça o trabalho de Diego Gama, Drika Valério e Giovana Anteveli

Diego Gama, Giovana Anteveli e Drika Valério: guarde bem o nome destes três profissionais que trabalham com moda, pois você ainda ouvirá muito sobre eles.

Neto de bauruenses, Diego Gama passou boa parte das férias de sua infância aqui na cidade-lanche. O jovem se formou em Moda em São Paulo e desde este período, já se preocupava em difundir uma autêntica personalidade. Ainda na faculdade, Diego desenvolveu um trabalho que utilizava materiais como silicone industrial, poliuretano e fibra de vidro para a produção de vestimentas. “O resultado foi muito satisfatório para mim e recebi um feedback muito positivo. Então acredito que aí começou minha vontade de seguir meu próprio caminho”, diz.

Com sua marca diegogama, o estilista busca dar mais visibilidade e voz à comunidade LGBT. Em sua estreia, com um desfile na abertura da 41ª edição da Casa de Criadores, Diego pode mostrar suas criações em uma experiência que foi, como ele mesmo diz, ‘absurda’: “fiz um trabalho em parceria com o Brechó Replay em que criamos um desfile-manifesto e um documentário que aborda a questão do pertencimento negro. Sendo um estilista negro e pertencente à comunidade LGBT em posição de destaque, entendo que tenho uma responsabilidade de dar voz às pessoas que não têm espaço assim como falar sobre o que nós passamos e a importância que existe de ocuparmos lugares como este que venho ocupando. O desfile também contou com a participação de artistas incríveis cujo trabalho eu amo, como Rincon Sapiência, Tássia Reis, Linn da Quebrada e MC Soffia”, conta Diego Gama.

Quem também busca por uma moda mais inclusiva, ou seja, que visa atender todos os tipos de pessoas, sem desprezar suas formas e ideais, é a designer de moda Drika Valério, daqui de Bauru. Drika desenvolve roupas para deficientes físicos desde 2011, com a marca “Somos Todos Nós”, que hoje, ao lado de sua sócia Talita Romão, transformou-se na “Aria Moda Inclusiva”. O objetivo da marca é aumentar a autoestima das pessoas.

design de moda é uma das opções da FIB
O estilista é uma dentre muitas opções do profissional de moda

Completando o trio, Giovana Anteveli também realiza um trabalho notável dentro da moda. Ela é a criadora do primeiro clube de modas de Bauru, o Poppins, que preza pelo slow fashion e pela moda sustentável. O conceito do Poppins se assemelha a um guarda-roupa compartilhado, oferecendo diversas peças – novas ou usadas – para as associadas usarem e depois devolverem. Dessa forma, a economia compartilhada chega ao mundo fashion, trazendo benefícios tanto para quem adere, quanto para o meio ambiente.

“Uma peça de roupa que atenderia a necessidade de apenas uma pessoa, duas vezes no ano, e que seria descartada depois, atenderá a necessidade de diversas pessoas. Como consequência, o consumo irá diminuir”, explica Giovana.

Compartilhe!
Carregar mais em Geral
...

Verifique também

Observatório de Bauru instala estação de patrulhamento de meteoros

Na última sexta-feira (07), o Observatório Didático de Astronomia (ODA) da Universidade Es…