Desde 2013, Bauru conta com uma associação regional que atende gratuitamente crianças e adolescentes, vítimas de violência doméstica. A Associação Regional Flor de Liz é um grupo de apoio à adoção. A entidade sem fins lucrativos foi criada por bauruenses que acreditam que podem melhorar nossa sociedade, atendendo as necessidades básicas da criança e do adolescente.

A Flor de Liz atende aproximadamente 50 crianças e adolescentes, além de 15 famílias em situação de vulnerabilidade. Outro trabalho feito na associação é com os pretendentes a adoção. Ajudando tantas pessoas, a entidade conta com o trabalho de voluntários e, neste momento, necessita da cooperação de mais pessoas para atingir os objetivos.

Foi pensando em formas de ajudar que um voluntário criou uma campanha no site “Vakinhas”. O intuito é arrecadar R$132 mil reais que será revertido para pagar os gastos da Flor de Liz durante um ano, já que o gasto mensal é de R$11 mil reais.

Para Jo Araújo, coordenadora da associação, as dificuldades existem, mas elas podem ser superadas com o trabalho em grupo. “Contamos única e exclusivamente neste momento com o apelo aos vossos corações. Ajude-nos hoje para menos crianças e adolescentes, nas ruas, nas drogas, no roubo, todos precisamos de oportunidades, dê-nos esta chance de continuar”, pede.

Até agora foi arrecadado apenas R$1060 reais, valor pequeno em relação à meta proposta, mas a campanha vai até o mês de janeiro, em 2018. Os interessados em ajudar, podem doar qualquer valor pelo site: www.vakinha.com.br

A Associação Flor de Liz se dispõe a divulgar uma planilha mensal, com os devidos comprovantes de todas as despesas que provierem desta campanha, aos colaboradores.

Além disso, há outras formas de ajudar. As pessoas podem contribuir mensalmente, mesmo após a campanha, e o mesmo vale para empresas que desejam fazer alguma doação. Segundo Jo, a Associação Flor de Liz está aberta para todos que queiram visitar ou tornar-se um voluntário.

Como surgiu
Tudo começou quando Jo Araújo teve contato com crianças e adolescentes vítima de violência doméstica, negligencia familiar e em situação de abrigo institucional. “Foi possível sentir as dores emocionais mais que as dores físicas destas crianças e adolescentes”, conta.

A bauruense percebeu as sequelas que as dores emocionais, psicológicas e sociais causam nas crianças e/ou adolescentes, que são vítimas de violência e têm o sonho de pertencer a uma família. Pensando em quanto seria importante os pretendentes a adoção integrar-se e refletir sobre “quem é meu filho?”, “de onde vem?”, “o que ele precisa?” ela decidiu criar a Associação Flor de Liz.

A partir de então, ela encontrou apoio com um grupo de amigos que abraçaram a causa. Depois de quatro anos, Jo tirou uma conclusão da iniciativa: “se nós, da sociedade civil, abraçarmos com amor e responsabilidade, juntos, somos capazes de melhorar a vida de muitas pessoas. Assim, podemos tornar nossa sociedade mais justa, menos violenta e mais harmoniosa para o desenvolvimento humano”.

Dentre os serviços que a Flor de Liz oferece estão:

– Atenção sócio-assistencial às famílias e indivíduos em situação de vulnerabilidade, com seus direitos ameaçados ou violados, vínculos familiares fragilizados, ameaçados ou rompidos. Sendo assim, a associação oferece um trabalho na reconstrução destes vínculos.

– Trabalham para que as crianças e adolescentes tenham garantidos seus direitos, em especial o da convivência familiar. Acreditamos que a família é a célula mãe, que com estabilidade, determina uma sociedade mais justa com seus cidadãos.

– Reintegração familiar, pois trabalha com família que têm riscos de perder a guarda de seus filhos ou já tem seus filhos abrigados.

– Acompanhamento da criança ou adolescente no pós-adoção.

– Orientação para a adoção em nossa sede e todos interessados no assunto, com reuniões mensais ou atendimentos individuais, esclarecendo e resolvendo dúvidas e conflitos.

Serviço
Associação Flor de Liz – Rua Paes Leme 6-40
Telefone: 3208-0178
e-mail : [email protected]
Facebook: www.facebook.com/flordelizbauru

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Juliana Oba
Carregar mais em Geral
...

Verifique também

Curso de Publicidade e Propaganda da FIB se atualiza com Marketing Digital e Audiovisual

Os anos passam e o mercado de trabalho vai sofrendo mudanças, com isso, é necessário que o…