Para muitos pais, levar as crianças ao dentista é uma dificuldade, mas não para as mães dos pacientes da Dra. Viviane Mendes. Dentista com especialização em Odontopediatria, Mestrado e Doutorado pelo HRAC-USP (Centrinho), a bauruense oferece uma consulta totalmente lúdica.

Utilizando a técnica “falar-mostrar-fazer“, a Odontopediatra explica para as crianças tudo o que será feito e as sensações que elas irão sentir. Além disso, a conversa tem um tom apropriado para cada idade, assim, o paciente consegue entender tudo o que vai acontecer.

“O que ajuda muito é lançar mão da imaginação da criança. Assim, os instrumentos que vão sendo mostrados, adquirem um caráter mágico e não dolorido. A cadeira é mágica, porque sobe e desce. O chuveirinho dá um banho e deixa o dente limpinho. A luz azul da fada deixa a massinha do dente brilhando. O atendimento é realizado sempre dessa maneira, passo por passo. Assim, a criança sente que não há o que temer e vou ganhando a sua confiança”, explica Dra. Viviane.

A importância da Odontopediatria

A Odontopediatria é uma especialidade da odontologia que trabalha com bebês, crianças e adolescentes. Mais do que uma dentista, ser odontopediatra requer a habilidade de compreender as fases do desenvolvimento humano. Segundo Viviane, o profissional trabalha buscando a confiança dos pequenos pacientes.

“É uma especialidade que, além de capacitar o profissional a exercer a parte técnica do atendimento odontológico, é altamente especializada para compreender o lado psicológico da criança. O diferencial vai desde a recepção e a sala de atendimento, que são ambientadas para que as crianças se sintam extremamente confortáveis, até a forma de realizar o atendimento, utilizando uma linguagem lúdica e própria para a criança, de maneira que a visita ao dentista seja sempre agradável”, diz.

A partir de qual idade deve ir ao odontopediatra?

Se você acha que a resposta é a partir do primeiro dente, saiba que não. Para ter dentes fortes e saudáveis, os cuidados devem começar desde a gestação da criança. O pré-natal odontológico é importante para evitar que qualquer doença bucal tenha consequências para o bebê.

“Antigamente, acreditava-se que as gestantes não poderiam receber tratamento odontológico, mas isso é um mito. As doenças bucais podem e devem ser tratadas durante a gravidez. Os tratamentos odontológicos, hoje em dia, são extremamente seguros para o bebê e não devem ser postergados”, explica a Dra. Viviane.

Depois do nascimento e, ainda sem dentes, há alguns cuidados que se deve ter com a boca do bebê. Por isso, é importante realizar consultas periódicas para saber sobre a higiene bucal do bebê após a amamentação ou sobre o que fazer quando os primeiros dentes começarem a nascer.

Para os bebês que já tenham dentes, as consultas esclarecem assuntos tais como: rotina alimentar, uso de medicamentos e orientações de higiene bucal. A periodicidade depende da necessidade de cada criança e isso é determinado durante as consultas.

Qual a idade ideal para a primeira consulta ortodôntica?

A primeira consulta com o ortodontista deve ser agendada após a troca do primeiro “dente de leite”, que normalmente ocorre por volta dos seis anos de idade. Não haverá a necessidade de se iniciar o tratamento nesta idade em muitos pacientes, desde que o padrão de crescimento e troca dos dentes sejam normais.

Mas é de grande importância que o diagnóstico seja realizado nesta fase, especialmente em casos onde o padrão de crescimento é desfavorável, para que procedimentos mais invasivos como extrações dentárias e cirurgias possam ser evitados no futuro.

Se houver a indicação de tratamento preventivo (prevenir a instalação de uma má oclusão) ou interceptativo (interceptar uma má oclusão já instalada) e se a criança já tiver “maturidade ortodôntica”, isto é, se ela já aceita o tratamento, ele poderá ser iniciado.

Odontopediatra em Bauru

A Dra. Viviane Mendes realiza atendimento em todas as áreas da Odontopediatria, como dentística (restaurações), cirurgia, endodontia (tratamento de canal), prevenção (limpeza e aplicação de flúor) e, inclusive, atende pelo convênio MetLife.

Durante a semana, Dra. Viviane atende em dois locais diferentes: no Instituto Cardoso de Ortodontia, em Bauru, e na IOM, em Jaú. Para os bauruenses interessados em agendar uma consulta, basta ligar para o telefone (14) 3234-1558 ou 99643-9137. A clínica está localizada na Rua Padre João, 14-71 (esquina com quadra 1 da Al. Otávio Pinheiro Brisolla).

publieditorial

Serviço
Dra. Viviane Mendes
Consultas em Bauru: Instituto Cardoso de Ortodontia – Rua Padre João, 14-71 (esquina com quadra 1 da Al. Otávio Pinheiro Brisolla)
Telefone: (14) 3234-1558 ou 99643-9137
Facebook: www.facebook.com/dravivimendes
Instagram: @dravivimendes

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Juliana Oba
Carregar mais em Negócios
...

Verifique também

Irmãos nas obras: engenheiros criam empresa de gerenciamento de construções e reformas em Bauru

Começar uma obra do zero ou até reformar um cômodo já existente pode gerar arrepios em mui…