A Vitta Residencial Construtora e Incorporadora, presente em Bauru há quatro anos, promoveu na tarde desta terça-feira (27), um evento para a entrega do material personalizado para os alunos que fazem parte das aulas do programa de Educação de Escolaridade de Alfabetização, chamado Educa Vitta.

O programa de educação, feito em parceria entre a construtora, o SESI e o Sinduscon-SP (Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo), começou em no dia 29 de janeiro e funciona dentro do canteiro de obras do empreendimento Reserva Terra Branca, empreendimento da Vitta Residencial Construtora e Incorporadora. As aulas, gratuitas, acontecem sempre às terças e quintas-feiras, das 17h às 18h30.

O material – mochila, uniforme, canetas, caderno e squeeze – foi personalizado com a marca Educa Vitta e distribuído aos alunos durante a ação. Segundo Oswaldo Kojima, analista de qualidade da Vitta Residencial, o projeto proporciona conhecimento e liberdade para os seus colaboradores. “A maioria deles não teve a oportunidade de estudar. Em pouco tempo de aula, já temos resultados positivos com estes alunos, que estão progredindo e começando a ler”, destaca.

José Carlos Sabará, tem 49 anos, nasceu em Londrina (PR) e trabalha na obra da Vitta em Bauru há sete meses. As aulas, segundo ele, têm ajudado a compreender muitas coisas. “Parei de estudar na 4ª série. Este projeto é um complemento para minha vida. Não quero parar nunca mais”, diz. Da mesma opinião é João Guerra, de 57 anos, natural de Cafelândia (SP). Há um ano e meio ele trabalha na Vitta. “Desde os 14 anos que eu não estudo. Tudo que aprendo aqui está sendo muito bom. Hoje consigo ler. Estou muito feliz”, mostra.

A professora do programa, Cristiane Moreira Piovesan, diz que a adesão dos alunos é impressionante e que, em três meses de curso, a evolução de cada um é grande. “Eles não perdem uma aula. Hoje, percebemos que eles têm mais confiança em muitas situações da vida, conseguem ler e entender. E isso é gratificante demais, pois recebemos relatos pessoais que realmente eles estão mudando de vida, dando um passo à frente”.

Para Kojima, o objetivo é implantar o programa de educação em todas as cidades onde a Vitta possui unidades. “Queremos perpetuar o projeto. Em Araraquara já estamos com uma sala montada – as aulas devem começar no próximo semestre, assim como em Sertãozinho”, acrescenta.

Marca de compromisso
Projetar e construir empreendimentos com o conceito ousado de moradia, que permitem melhorias na qualidade de vida, conforto e segurança, principalmente para quem sonha com o primeiro imóvel. Esses são alguns dos princípios da Vitta Residencial Construtora e Incorporadora ao possibilitar a aquisição da moradia no interior do Estado de São Paulo com condições facilitadas de pagamento, através de parceria com instituições financeiras para o crédito imobiliário, além de suporte de consultoria financeira para seus clientes.

A empresa tornou-se referência no setor imobiliário do interior de São Paulo, com mais de 10 mil imóveis lançados nas cidades de Ribeirão Preto, Sertãozinho, Bauru, Araraquara, e Piracicaba. Entre seus diferenciais constrói condomínios com áreas de lazer equipadas e decoradas. Ao todo reúne 34 empreendimentos em seu portfólio – todos atrelados ao programa Minha Casa Minha Vida.

Criada há oito anos, a Vitta já lançou mais de 10 mil imóveis – dos quais mais de 4 mil unidades já foram entregues. Hoje, conta com cerca de 800 funcionários e vem ampliando, de forma acelerada, seu desenvolvimento para manter-se como uma marca empregadora e em pleno ritmo de expansão pelo país. Só em 2017, 11 empreendimentos foram lançados e promete apresentar novos residenciais muito em breve. Com essa performance, a empresa foi eleita pelo segundo ano consecutivo como uma das “100 Maiores Construtoras do Brasil”, classificada pelo 13º Ranking ITC (Inteligência Empresarial da Construção), ocupando o 21º lugar no País e a 1ª colocação no interior paulista.

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Amanda Araújo
Carregar mais em Geral
...

Verifique também

Projeto abre inscrições para bauruenses que querem fazer intercâmbio e complementar o currículo

A AIESEC é uma organização mundial sem fins lucrativos composta por jovens de 18 a 30 anos…