Hoje em dia, o mercado oferece diversas opções de dietas para os pets e saber qual a melhor dieta para o seu bichinho de estimação é fundamental para oferecer uma vida mais longa e saudável para ele. Além das tradicionais rações, muitas empresas também oferecem um cardápio baseado em alimentos naturais como frutas e legumes. Mas e agora, o que é melhor para os animais?

Se você está pensando que, assim como para nós, os alimentos caseiros são melhores do que os industrializados, você está parcialmente certo. Isso, porque as duas situações oferecem pontos positivos e negativos. Se por um lado a ração é uma opção completa, por outro, a alimentação natural é livre de ingredientes químicos como os conservantes e corantes. Porém, quem opta pela opção caseira precisa ter muito mais cuidado com os bichinhos, do que os donos que preferem as rações.

Meu pet come ração

Para os donos de cães e gatos que vivem na correria e preferem oferecer as rações para os pets, a médica veterinária, Mariana Motta, explica que essa é uma opção prática e completa. “A ração tem a quantidade de calorias certa e todos os nutrientes que o animal precisa, então não é necessário suplementar com outras coisas”. Além disso, a ração oferece outro benefício para os pets – a limpeza dos dentes, “o grão forma umas pontinhas, conforme a mastigação, que vai limpando como se estivesse escovando, porque o atrito tira a sujeira”, diz a Dra. Mariana.

Existem vários tipos de rações disponíveis no mercado – diversas qualidades, sem transgênicos e até terapêuticas, mas qual escolher? “As rações premium e super premium são melhores, elas são mais naturais e oferecem mais saúde, pois não têm compostos que podem fazer mal”, explica Mariana. Para quem quer uma opinião mais assertiva, vale buscar a ajuda de um médico veterinário, já que ele vai examinar tudo o que o seu animal precisa.

Quero dar comida, e agora?

Essa é uma decisão que exige atenção redobrada, pois, apesar dos alimentos serem naturais, a quantidade e o modo de preparo são específicos. Portanto, se você escolher preparar a comida do seu animal, precisa considerar alguns pontos, como o uso de sal e óleo. “As pessoas acham que a alimentação caseira vai ser a mesma comida que nós comemos. Não, a comida dele é preparada somente para ele”, alerta Dra. Mariana.

Quem complementa é a médica veterinária, Luciana Ferreira Domingues, “o único problema é quando o tutor resolve parar de alimentar seu cão com ração e começa a fazer, por conta própria, a comida do seu animal. A alimentação natural desta forma é muito perigosa para a saúde dos pets, pois será fornecido um alimento sem suplementação de vitaminas, minerais e aminoácidos, e isso a médio e longo prazo traz consequências nocivas para a saúde do animal”, explica.

Para quem segue todas as instruções com a ajuda de um profissional, Luciana diz que a escolha traz inúmeros benefícios para os animais. “A alimentação natural apresenta uma quantidade maior de benefícios em relação à ração comercial, pois é elaborada com ingredientes frescos e fontes proteicas de alta qualidade, possui boa aceitação devido aos sabores, cheiros e texturas. Além disso, você tem a certeza de que ele não está ingerindo alimentos transgênicos, conservantes e aditivos controversos”, esclarece.

Algumas empresas já se especializaram em alimentação natural para os animais e elas estão registradas no Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), como a La Pet Cuisine e a Pet Nativa.

O que pode e o que não pode dar para os pets?

Infográfico alimentos proibidos e permitidos para animais
As informações são das médicas veterinárias Dra. Luciana Ferreira Domingues e Dra. Mariana Motta (Infográfico: Juliana Oba)

Dra. Mariana Motta – Clínica Popular Pet
Dra. Luciana Ferreira Domingues – Nutri Vida – Nutrologia Veterinária

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Juliana Oba
Carregar mais em Geral

Verifique também

Arraiá beneficente do Projeto Alegria será realizado no SESI Horto

Quem curte um bom cachorro-quente, um chocolate quentinho e ainda ganhar uma prenda na pes…