Boxe, um esporte que hoje em dia já é reconhecido por grande maioria das pessoas. Além de esporte olímpico, grande nomes carregam o esporte ao longo dos séculos, como Muhammad Ali, George Foreman, Mike Tyson e até mesmo os brasileiros Éder Jofre e Popó.

Ainda que o boxe tenha seu nome escrito com várias estrelas, o esporte surgiu por volta de 776 a.C, na Grécia. Mas foi apenas na Inglaterra renascentista, que o boxe se formou do jeito que conhecemos atualmente.

No Brasil, o esporte chegou tardiamente, apenas no século XX e ainda muito desconhecido pela população. Os imigrantes europeus foram os primeiros praticantes em terras brasileiras, e a primeira luta aconteceu em São Paulo, em 1913.

De lá para cá, o esporte tem revelado grandes boxeadores e até mesmo ajudado na vida pessoal dos que o praticam.

Em Bauru, um nome surge no meio do boxe ainda timidamente, mas com um sonho grande de ser reconhecido, assim como os outros famosos boxeadores. Ele é Jefferson dos Santos Ramos, que após oito anos sendo lutador, finalmente conseguiu sua estreia profissional no dia 21 de julho.

Primeiro round

Jefferson Ramos pode ser um grande destaque para o boxe em Bauru, contudo, o menino começou jogando futebol em sua escola, e só conheceu o pugilismo quando acabou passando por uma cirurgia, ao machucar o joelho jogando bola.

Por seis meses, o bauruense ficou impossibilitado de jogar futebol, contudo, para não ficar parado, entrou para o boxe, e aos 13 anos foi campeão infantil.

“Desde lá nunca mais joguei futebol; eu me encontrei no boxe”, afirma Jefferson.

Hoje, o menino que gostava de futebol se tornou lutador profissional, e vê no esporte algo muito além de um mero hobby.

Mesmo durante sua passagem da adolescência para a vida adulta, quando as responsabilidades começaram a aparecer, o boxeador começou a trabalhar para ajudar em casa, mas não desistiu do esporte.

“Eu sempre levei o boxe a sério. Sempre acreditei que poderia mudar a minha vida”, relata o boxeador.

E realmente mudou a vida do bauruense. No dia 21 de julho, Jefferson estreou no meio profissional e ganhou durante o segundo round por nocaute!

Segundo Round

Após sua primeira vitória, Jefferson pretende seguir lutando para alcançar seu grande sonho: ser campeão mundial de boxe.

Por sua primeira luta ter sido no dia 21 de julho no circuito profissional, o bauruense ainda não tem classificação, contudo, o objetivo do boxeador é manter a invencibilidade, para que assim, ele possa entrar no ranking e conseguir o tão sonhado título.

Jefferson relembra com emoção sua primeira vitória, no México, sendo o primeiro passo para a realização do grande sonho.

“Eu assistia na televisão aqueles espetáculos, um verdadeiro show, e me imaginava ali dentro, participando e sendo o protagonista!”

Para o bauruense, o boxe foi muito além do que assistir pela tela da televisão e se tornou uma profissão, para que um dia, quem sabe, Jefferson não esteja junto com os famosos boxeadores brasileiros.

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Gabriela Gomes
Carregar mais em Saúde e Esportes
...

Verifique também

Campanha “DOE VIDA” do Rotary Club mobiliza bauruenses a doarem sangue e se cadastrarem como doadores de medula óssea

O Rotary Club de Bauru Vitória Régia é o responsável pela idealização da campanha “DOE VID…