Ao abrir aquela garrafa de refrigerante, não pensamos que, no mundo, são vendidas mais de um milhão de PETS iguais a ela. Em um ano, a produção desses recipientes de plástico pode chegar a 500 bilhões.

O número se torna cada vez mais assustador se levarmos em conta que uma garrafa PET pode levar 450 anos para se decompor por completo.

Aquela garrafa de refrigerante não parece, mas acaba sendo uma vilã para o meio ambiente.

Em Bauru, o projeto “Natal EsPETacular” ajuda na reciclagem das garrafas PET e ainda pode deixar o final de ano da cidade ainda mais bonito!

Projeto Natal EsPETacular

Em parceria entre a Prefeitura de Bauru e o Fundo Social da Solidariedade do Município junto ao Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo, a campanha foi criada com a premissa de incentivar o processo criativo na construção de produtos a partir das garrafas PET.

O projeto produzirá enfeites natalinos que serão destinados para a decoração de uma praça do município de Bauru, a qual ainda não foi definida.

Juliana Vitorino é uma das pessoas envolvidas com o projeto e explica que o Natal EsPETacular despertará habilidade e talentos, além disso, é uma forma de “proporcionar oportunidades geradoras de renda através do trabalho formal e informal e a conscientização da população sobre a importância da reciclagem”.

O que é necessário?

Os enfeites de Natal serão produzidos com garrafas PET doadas pela população. Qualquer garrafa será aceita, contudo, as mais usadas para a confecção serão as de dois litros e transparentes.

O número de garrafas irá depender da quantidade de peças natalinas produzidas, contudo, estimativas foram feitas para a decoração de uma árvore de 3,5 metros. Dessa forma, serão necessárias 8000 garrafas.

Além disso, também serão confeccionados bonecos de neve, sendo assim, a estimativa de arrecadação é em torno de 30 mil garrafas PET.

Expectativas

A campanha será finalizada na primeira quinzena de novembro, contudo, os organizadores esperam que o ideal do projeto faça com que as pessoas se sensibilizam de quanto o plástico causa danos ao meio ambiente.

Juliana espera que “as garrafas pets e todos os outros recicláveis sejam destinados em locais corretos, como por exemplo, em Bauru possuímos os Ecopontos, as Cooperativas de Recicláveis e ainda o Caminhão da Coleta Seletiva de Lixo que vai em toda a cidade, porta a porta, uma vez por semana”.

garrafas pet projeto bauru

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Gabriela Gomes
Carregar mais em Geral

Verifique também

Spa e workshop estão entre as mais de 40 atividades gratuitas para os bauruenses neste sábado (18)

Você já ouviu falar em “casa aberta”? Normalmente, esse é o nome que se dá aos…