Nada é mais gostoso do que almoçar fora de casa em um ambiente confortável e que passe a sensação de estar provando a comida da própria mãe.

Inaugurou em Bauru no dia 12 de abril a churrascaria Manjares do Rei, que possui uma história familiar de realização de sonhos e uma ligação forte com a gastronomia desde muito tempo.

Toda essa história deu origem a um restaurante que oferece comida boa aos bauruenses e com um preço justo.

Sonho que passou gerações

Cristiano de Paula Galvão é empresário e dono da churrascaria Manjares do Rei, e relembra que a ideia do restaurante surgiu de um grande sonho de seu pai.

O pai de Cristiano nasceu e cresceu em Bauru, mas por motivos de dificuldades de trabalho na época, acabou mudando para Limeira, onde o empresário e suas irmãs foram criadas.

Mesmo longe de Bauru, seu pai sempre dizia: “Na primeira oportunidade que tiver, eu volto para Bauru e monto um comércio para mim”.

Cristiano cresceu ouvindo essas palavras, contudo, há pouco menos de sete anos, o pai do empresário faleceu.

E foi a partir daí que Cristiano se empenhou em realizar o sonho do pai, que se concretizou com a ajuda da irmã do empresário, que mora em Bauru e, na época, estava terminando um curso de gastronomia.

O convite da parceria para a criação da churrascaria foi feita e aceita com muita alegria, fazendo com que a Manjares do Rei surgisse.

“Eu consegui unificar três coisas: a profissão da minha irmã, o sonho do meu pai e o meu gosto por investimentos”, conta Cristiano.

Uma proposta justa

A Manjares do Rei nasceu com a ideia de oferecer uma refeição gostosa a um preço justo. Na churrascaria, o cliente pode escolher entre as opções de self-service, refeição por quilo e o churrasco.

Além disso, vale ressaltar que o preço da churrascaria é fixo, e não varia entre os dias da semana e os finais de semana e feriados.

“É uma maneira que eu acho mais justa. O cliente vai pagar o que comer”, pontua o dono da churrascaria.

A churrascaria ainda oferece marmitex aos clientes, que pode ser pedido pelo Whatsapp e não há taxa de entrega. Para os clientes que vão almoçar na casa, vale lembrar que a Manjares do Rei tem estacionamento.

Para todos os momentos

O ambiente da Manjares do Rei é espaçoso e aconchegante, ideal para quem procura uma refeição tranquila.

A churrascaria busca atender todos os públicos, desde famílias, pessoas em horário de serviço, empresas, eventos e confraternizações.

“É eclética e está para atender todo mundo”, explica Cristiano sobre a proposta do restaurante.

Novidades pela frente

Por enquanto, a Manjares do Rei atende apenas no horário do almoço, contudo, a partir da segunda quinzena de outubro, a churrascaria vai funcionar no período noturno e com muita coisa nova!

Além do horário novo de funcionamento, a churrascaria também estará abrindo as portas para uma boa música ao vivo, além de novas opções no cardápio como rodízio, espeto corrido e porções.

Uma outra novidade será o cartão fidelidade, em que a cada 10 refeições na churrascaria, a 11ª é de graça e, a cada três cartões completos, o cliente terá direito a um rodízio noturno por conta da casa!

Para Cristiano, toda essa experiência com a Manjares do Rei é algo que ele leva para a vida, e os desafios do cotidiano são enfrentados pelo empresário de cabeça erguida e com muita dedicação.

“Como empreendedor, eu sempre gostei de desafios, e não quero parar por aí!”, finaliza Cristiano.

Serviço
Churrascaria Manjares do Rei

Local: Rua Antônio Alves, 22-47
Horário de funcionamento: de segunda a sábado, das 11h às 14h30
Telefone para contato: (14) 3214-3097
Mais informações: www.facebook.com/pages/category/Restaurant/Churrascaria-Manjares-do-Rei-160772107912450/

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Gabriela Gomes
Carregar mais em Negócios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Incentivando o desenvolvimento por meio da brincadeira, loja conta com mais de 5 mil brinquedos educativos

“Um homem bateu em minha porta, e eu a-bri”. Cantou no ritmo? Então, se você cresceu imers…