Hortas sempre foram muito comuns, mas hoje em dia, por conta do grande crescimento das cidades, muitas casas e lugares não fazem mais a produção e conservação de hortas – isso foi se perdendo durante os anos.

Mas as hortas trazem benefícios para quem cultiva. A estudante de Bauru, Nádia Linhares, tem uma horta de temperos na sua casa e nos contou sobre isso. Ela nos disse que a ideia da horta começou quando ela percebia que os temperos comprados no mercado estragavam com facilidade. Em uma das receitas, Nádia usava o manjericão, que entrava em pouca quantidade, e foi aí que veio a ideia de ter uma horta de temperos para colher as folhas frescas e sem desperdício.

Pode parecer difícil ou trabalhoso, mas é mais prático do que se imagina. No caso da Nádia, por exemplo, ela já comprou os temperos crescidos para poder fazer o uso mais rápido. E atenção: os cuidados no dia a dia são essenciais! As plantas precisam de água e o aconselhável é regar durante o dia, quando elas absorvem mais a água.

O ponto inicial é a terra bem airada, podendo ser até em um balde. Seguido disso, as plantas precisam de luminosidade e o sol da manhã é perfeito! Depois, é só manter sempre bem limpo e livre de matos, e adubar a terra com adubos orgânicos que são os melhores.

Conversamos com Rogério Bernardes, paisagista que deu algumas dicas de como ter uma boa e simples horta em casa.
Para ele, uma horta pode começar com temperos e ervas, como hortelã, manjericão roxo, sálvia, orégano e alecrim. Outra grande novidade são as flores comestíveis que podem dar um realce na apresentação dos pratos, além de ter sabor e muita cor.

Para melhorar a aparência da horta, Rogério faz a aposta em pimentas e folhas com cor; as pimentas ornamentais são vermelhas, rochas e amarelas. O manjericão roxo é lindo e dá flor.

Um ponto importante é consumir o que se produz “Pra mim, uma horta perfeita é a que é consumida, ou seja, que vai realmente para a mesa do seu dono; Brasil é rico em diversidade de espécies de ervas”, completa Rogério.

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Vivian Messias
Carregar mais em Geral

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Você sabe o que os seus sonhos significam? Psicólogos de Bauru comentam sobre o assunto

Passamos cerca de 1h20 sonhando por noite e, durante esse período, muitas coisas podem aco…