Os pets são muito mais do que melhores amigos do homem, ter bichos em casa é sinônimo de saúde! Prova disso é que o hospital Albert Eisten, em São Paulo, libera a visita dos pets para os pacientes.

O motivo é que animais de estimação são responsáveis por proporcionar bem-estar e momentos de relaxamento para seus donos. Um estudo realizado pela State University of New York, comprovou que pets podem inibir o estresse agudo, além de diminuir a percepção de estresse.

Quem também atestou esse fato foi a bauruense Keila Idalgo. Ela ganhou um cachorrinho quando estava em depressão e conta que o animal a ajudou na superação.

“Sempre que eu estava mal, o Hachiko estava comigo! Pra mim era uma felicidade imensa ter ele ao meu lado, me dando amor e companheirismo sem cobrar nada em troca”, relembra Keila.

Andrea de Faria também superou a depressão com a ajuda da gata Sofia. Hoje em dia, ela tem cinco bichinhos e aponta que só há pontos positivos em tê-los em casa. “As mudanças no processo depressivo são incontáveis. Todos deveriam ter um pet por muitas razões. Nós desenvolvemos compaixão e os gatos ensinam a amar sem aprisionar”, diz.

E não é por acaso que cachorros, gatos, aves e até répteis trazem saúde e bem-estar para seus donos!

Por que ter bichos em casa?

A psicóloga, Amili Martins Ellaro, explica que o vínculo entre ser humano e animal gera muitos benefícios, já que esse contato diário faz com que o nosso cérebro reconheça um gesto sincero gerando sentimentos positivos.

“Os animais são capazes de satisfazer necessidades de afeto e aliviar o estresse por meio do contato físico. Eles são excelentes companhias e estão sempre dispostos a dar atenção. Os pets oferecem cumplicidade de forma sincera, contribuindo para o bem-estar e auxiliando no enfrentamento da tristeza, falta de energia, desmotivação e ansiedade”, esclarece.

Amili também aponta que cuidar dos bichos de estimação proporciona mudanças na rotina e no estilo de vida das pessoas. “Os pets são capazes de atenuar sentimentos de solidão, já que precisam de cuidados, então é uma distração para os donos. Além disso, os cachorros contribuem para o aumento de exercícios físicos e recreação das pessoas”, diz.

É por isso que os animais têm se tornado peça fundamental em tratamentos terapêuticos. “Eles aliviam os níveis de estresse por darem e receberem afeto e contato corporal. Assim, os bichos ajudam a combater os sintomas depressivos e ansiosos”, completa Amili.

Mas vá com calma!

Com tantos pontos positivos, a vontade de ter um bichinho de estimação só aumenta, certo? Mas a adoção consciente é fundamental, por isso, é preciso pensar bem antes de tomar essa decisão.

Mariana Motta é médica veterinária aqui em Bauru e explica que há uma série de perguntas que podem ajudar na hora de fazer a escolha.

“Quanto tempo vou ter disponível para o animal? Estou disposto a ficar 20 anos com esse bichinho? Vou ter condição financeira caso ele fique doente? Posso oferecer vacinas e rações? Precisamos estar conscientes de que é uma vida que precisa de cuidados, muito amor, carinho e respeito”, diz Mariana.

Então se você ainda tem dúvidas se está preparado para ter bichos em casa ou não, confira alguns cuidados que a médica veterinária aponta.

Para ler as dicas, clique em cima dos ícones em movimento e dos bichinhos na imagem abaixo.

 

Está disposto a cumprir todas essas obrigações? Então você já pode ter um animal de estimação. Vá em frente, adote e seja feliz!

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Juliana Oba
Carregar mais em Comportamento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Bauruenses utilizam a decoração como forma de espalhar a magia do Natal

Mesmo que seja um feriado religioso, o Natal é comemorado pela grande maioria das pessoas.…