20 de novembro é o Dia da Consciência Negra. A data foi escolhida em homenagem ao Zumbi, último líder dos Palmares, maior quilombo do Brasil.

O objetivo de ter um dia especial para os negros é refletir sobre a importância da cultura africana no Brasil, além de relembrar os sofrimentos durante a escravidão, as lutas e as conquistas.

Nesse sentido, o Conselho da Comunidade Negra de Bauru organiza uma programação voltada para o Dia da Consciência Negra na cidade. As atividades serão realizadas nos dias 21, 27, 28 e 30 de novembro e entre elas estão shows, prêmios e desfiles.

A Semana da Consciência Negra começa nesta quarta (21) com o “Prêmio Luiza Mahin”. O nome do prêmio é uma homenagem a Luiza, que foi trazida para o Brasil como escrava.  A premiação foi instituída em 2005 como uma homenagem a pessoas da comunidade que prestam ou realizam atividades relevantes para a sociedade.

Após a entrega do prêmio, haverá apresentação do grupo “O Mangue”. O show traz uma miscigenação entre ritmos tradicionais brasileiros como ijexá, samba, carimbo e o maracatu. Além disso, inclui linguagens universais como rock, reggae, rap e música eletrônica. O grupo também tem influência nordestina com a presença de tambores.

Confira a programação completa da Semana da Consciência Negra em Bauru:

21 de dezembro

20h – Entrega do Prêmio Luiza Mahin: homenagem as pessoas que somaram na luta contra o racismo e show da banda O Mangue
Local: Teatro Municipal (Celina Lourdes Alves Neves, na Avenida Nações Unidas, 8-9)

27 de dezembro

19h – Vitrine Afro: Desfile Afro, Culinária africana, e roda de conversa com o tema: Autoestima negra. Convidada Pryscila Galvão.
Local: APEOESP (Rua Gerson França 9-23)

28 de dezembro

19h – Entrega do Prêmio Zumbi dos Palmares: homenagem a três pessoas que se destacaram na sociedade na luta contra o racismo, discriminação, preconceito e intolerância religiosa.
Local: Câmara Municipal (Praça Dom Pedro II, 1-50)

30 de dezembro

18h30 – Audiência Pública com o tema “Vidas Negras importam”
Local: Câmara Municipal (Praça Dom Pedro II, 1-50)

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Juliana Oba
Carregar mais em Cultura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Bauruenses indicam séries para você maratonar nas férias!

Aqui no Social Bauru você já encontrou dicas de filmes, músicas e livros, mas as férias ai…