O dia das compras desenfreadas está chegando! 23 de novembro é o dia da Black Friday em todo o Brasil. São tantas lojas com promoções que enchem os olhos que fica até difícil saber aonde ir primeiro!

Na Black Friday, nosso impulso de sair comprando aumenta, mas será que você precisa mesmo de um pato inflável? Será que aquele produto está mesmo em promoção?

Para te ajudar a comprar de forma consciente e ainda sair satisfeito com suas compras de Black Friday, conversamos com especialistas de Bauru que dão dicas para essas 24 horas insanas!

O que é a Black Friday?

Aqui no Brasil, muita gente já sabe que a Black Friday é um dia de promoções muito boas, contudo, essa tradição que começou no Brasil em 2010 veio dos nossos amigos norte-americanos!

Nos Estados Unidos, a Black Friday acontece no dia seguinte às comemorações de Ações de Graças, ou seja, na última quinta-feira do mês de novembro, inaugurando a temporada de compras natalinas.

No Brasil, a primeira Black Friday aconteceu no dia 28 de novembro de 2010 e foi totalmente online. A data reuniu mais de 50 lojas do varejo nacional.

Hoje já são oito anos desse evento, mas mesmo assim, tem-se que tomar alguns cuidados antes sair comprando.

Desconto de verdade?

Quando olhamos para as vitrines das lojas que anunciam a Black Friday, chega até a brilhar os olhos com tantos descontos e vantagens, porém, nem tudo é realmente o que parece.

De acordo com um estudo realizado em 2014 pela Opinion Box em parceria com o Mundo Marketing, três em cada quatro internautas brasileiros pretendiam aproveitar a Black Friday para realizar compras online, e foi constatado que 42% dos entrevistados ainda desconfiavam dos descontos oferecidos no Black Friday.

Assessor de investimento em Bauru, Gabriel Pagani, explica que “geralmente não temos descontos muito acima da média, assim como vemos nos EUA”.

Ele ainda enumera dois tipos de fraude que são comuns nesse dia:

  • O e-mail fraude: é normal que nossas caixas de e-mail sejam bombardeadas com ofertas, e muitos destes emails são de sites phishing, que são usados para golpe;
  • Valor fora de série: quando o valor do produto está tão baixo que chega a ser estranho, desconfie! Hoje em dia existem vários sites de comparação de preço (Zoom, Buscapé e Jacotei) que mostram o histórico do produto, então fica fácil saber se o desconto é verdadeiro ou não.

Para evitar ser vítima de fraude na Black Friday, a responsável do Procon de Bauru, Fernanda Martins, alerta sobre o famoso “a metade do dobro”. Muitos lugares maquiam o preço dos produtos, aumentando-o antes de conceder o desconto.

“Para evitar essas situações o consumidor deve, desde já, acompanhar os preços praticados pelo mercado para comparar se de fato está sendo praticado o desconto prometido na Black Friday”, aconselha Fernanda.

Além disso, saber se o site é confiável ou não também é essencial para quem pretende comprar online. Com uma breve pesquisa, é possível descobrir se o fornecedor realmente existe.

“O consumidor não deve se deixar enganar pelo layout desses sites que muitas vezes podem transmitir confiabilidade, mas que, no entanto, não trazem informações de origem. O Procon tem uma lista de sites não recomendados em sua página na internet. A Receita Federal também permite a consulta pelo CNPJ”, explica a responsável do Procon.

Setores de vantagem

Principalmente para quem pretende aproveitar os descontos online, há alguns setores que são mais vantajosos, como os de eletrônicos e eletrodomésticos, os itens mais desejados entre as pessoas.

O bauruense Miro Jr. foi uma das pessoas que aproveitou a Black Friday de 2017 para comprar um celular para a namorada.

Para ele, os setores de eletrônicos são vantajosos, pois são itens mais caros, sendo assim, o valor final fica bem mais acessível do que outros produtos.

Esperar para comprar na Black Friday pode ser um bom negócio, principalmente para quem não tem muita urgência, como no caso de Miro. O dia de ofertas valeu tanto a pena, que ele já está na espera para fazer outra compra nesta sexta-feira.

“Claro que fiz as devidas pesquisas nas semanas anteriores em diversas lojas e sites para não cair na pegadinha da ‘Black Fraude’, como é conhecido por aqui”, conta o bauruense.

Aprecie com moderação!

Com tudo isso em mente, basta aproveitar as ofertas! Contudo, Fernanda lembra que, nesse período, há campanhas agressivas que estimulam a compra irrefletida de bens e serviços desnecessários e que pode desencadear, no futuro, ao endividamento de muitos consumidores.

“O que sempre orientamos é que independentemente do segmento, o consumidor que for às compras não se deve deixar levar pelo impulso e deve ponderar não apenas o preço ou o percentual do desconto oferecido pelo fornecedor, mas refletir efetivamente sobre a necessidade e importância da aquisição, bem como sobre a sua capacidade financeira para assumir aquela obrigação”, finaliza a responsável pelo Procon em Bauru.

Compartilhe!
Carregar mais em Geral

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Descubra os melhores lugares de Bauru para praticar 8 esportes diferentes

Qual é o melhor lugar em Bauru para praticar esportes? Provavelmente, uma resposta que dep…