Podcast. Já ouviu essa palavra antes? Seus amigos não param de falar sobre isso mas você ainda não entende bem o que é?

Talvez o modelo de comunicação mais atual, o termo podcast surgiu em meados de 2004, quando importantes meios de comunicação de rádio públicos como BBC, do Reino Unidos, CBC, do Canadá e a Australian Broad Casting Corporation, da Austrália, começaram a incorporar o podcasting em suas ofertas de rádio.

De forma simples de entender: os podcasts são programas de rádio online onde se discute sobre qualquer e todo tipo de assunto.

Podcast no Brasil

No Brasil, o primeiro Podcast surgiu em 21 de outubro em 2004, o Digital Minds, criado por Danilo Medeiros. Hoje, contudo, já podemos encontrar diversos podcasts brasileiros dos mais variados assuntos.

É só abrir seu celular ou computador que você encontrar programas online falando desde política até esporte e cultura.

E em Bauru? Tem podcast?

Em Bauru, o Sanduíche Podcast já existe há dois anos e é “mais bauruense que o próprio Bauruzinho, mas sem os olhos de picles”, como explica o próprio criador do programa, Daniel Amaral Barbosa.

No Sanduíche são debatidos temas como filme e seriados que Daniel e os participantes gostam, além de assuntos sobre a vida que se mostrem interessante. “Não queremos ficar presos em temáticas fechadas”, conta ele.

podcast bauru
Raphael Mortari, Daniel Barbosa, Ana Laura Fanini e Northon Domingues, o time do Sanduíche Cast

No Sanduíche, a presença dos participantes nas mesas de discussão é o que faz cada programa ser diferente do outro. As várias vozes estão ali para quem ouve conseguir se identificar com alguém!

“Tentamos nem conversar antes de gravar sobre o assunto para não ‘queimar pauta’”, explica Daniel.

O “bum” do podcast

Se você nunca ouviu um podcast, saiba que muitas pessoas estão aderindo essa forma de comunicação online. Sendo apenas um áudio, o podcast é ideal para aquelas horas que você está fazendo algo mas quer se distrair, como dirigir e até lavar louça.

Com a difusão e melhora da internet, os podcast estão caindo no gosto da população.”A diferença primordial é a proposta. Nas outras mídias as discussões são mais pautadas pelo tempo de exibição, horário e se é pertinente ao público do canal. Eu vejo o podcast como uma inversão a isso, tem uma questão de identificação, às vezes com o temas, às vezes com os participantes”, opina Daniel.

Além disso, os podcasts são programas mais longos, que permite o desenvolvimento de mais argumentos sobre um assunto, diferenciando de outras plataformas de conteúdo digital, como o Youtube, onde a chance de um vídeo ser assistido até o fim diminuiu se ele for longo.

Os podcasts são encontrados, principalmente, em plataformas de streaming como o Spotify, Deezer e SoundCloud, as novas formas de se ouvir música atualmente. Lá é possível encontrar podcasts com as mais variadas propostas e temas!

Amantes de podcast

Com o crescimento do sucessos dos podcasts, é natural que essa forma de se comunicar tenha criado uma gama de fãs. Em Bauru, os ouvintes estão por todos os lados, como Gabriel Castro e Guilherme Hansen.

Os preferidos de Gabriel são os podcasts que saem semanalmente como Nerdcast, Mamilos, Braincast e Papo Torto. Ele gosta porque cada um deles é diferente do outro, tanto em assunto como em abordagem

“Gosto de ouvir pela facilidade de fazer outra coisa junto, tipo escuto muito lavando louça, estendendo a roupa, dirigindo. É pratico e acho agradável o formato. Também gosto muito de assuntos do cotidiano, esse lance mais bate papo informal. Mas adoro ouvir um debate mais elevado como o Mamilos e o Braincast quando tem uma análise mais séria”, conta Gabriel.

Já para Guilherme, o Foro de Teresina, podcast da revista Piauí, é um dos podcasts favoritos. Interessado pelo tema de política, o aluno de jornalismo encontra vários opiniões sobre acontecimentos políticos nas vozes de diversos jornalistas, mostrando todos os lados de um mesmo tema.

“Eu gosto de ouvir porque eu acho que eles trazem informação de uma maneira plural, abrangente, os jornalistas debatem vários temas de acordo com o que tá acontecendo na semana, e mesmo com a orientação política de cada um, eles debatem sobre determinado acontecimento de forma plural com pontos de vista diferentes”, explica Guilherme.

Portanto, seja sobre política, esporte, filmes ou música, você não pode deixar de ouvir pelo menos um podcast. Tenho certeza de que não vai conseguir parar mais!

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Gabriela Gomes
Carregar mais em Geral

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Bauru é 1ª cidade do estado a receber polo de faculdade capixaba referência no ensino a distância

Referência no ensino superior, a Multivix é uma faculdade que surgiu há 21 anos em Vitória…