No verão, não dá vontade de fazer nada e viver só tomando sorvete e muita água. Nosso corpo fica mais lento e a preguiça sobe nas alturas.

Você sabia que nesse período nosso organismo funciona diferente e há algumas comidas que devemos investir mais com esse calorão?

Nutricionistas bauruenses tiram várias dúvidas sobre alimentação e comidas do verão!

Corpo mole

Para muitas pessoas, os climas quentes tiram o apetite. Afinal, só de pensar em comer um prato quente e ficar todo suado já é desesperador. Embora pareça que estamos fazendo “corpo mole”, a nutricionista Maria Angélica Martins explica que essa sensação é apenas nosso corpo se adaptando ao ambiente.

“No frio, nosso corpo precisa trabalhar mais para nos manter aquecidos e, por isso, precisa de mais energia, como consequência sentimos mais fome. Já no calor, nosso metabolismo tende a ficar mais lento, já que precisamos de menos energia para manter a temperatura corporal constante e, como consequência, podemos sentir menos fome”, ela explica.

Por isso, devido ao metabolismo lento, é importante evitar alimentos gordurosos como frituras, “fast foods” e alimentos industrializados. Isso, porque tais comidas são difíceis de digerir, além de conterem baixo teor nutricional.

Invista nas frutas!

Um grande coringa no verão, são as frutas, mas não são só elas! Como é recomendado a ingestão de, pelo menos, dois litros de água por dia, as verduras e legumes também são ótimos para manter o organismo em ordem.

A nutricionista bauruense Mariane Venâncio Silvestrini explica que esses três grupos de alimentos são ricos em sais minerais e vitaminas C e E, que previnem o envelhecimento da pele.

“A recomendação é de pelo menos três a cinco porções de frutas, verduras e legumes, diariamente. Para aqueles que têm dificuldade em ingerir água, intercalar com água de coco e sucos naturais”, ela complementa.

Outro ponto super positivo das frutas é a melhora do sistema imunológico e a prevenção de doenças cardiovasculares e câncer.

Nesse período as frutas que estão em alta são: melancia, melão, morango, abacaxi, maça, limão, mamão e frutas vermelhas.

Emagrecer com saúde

Essa época do ano também é quando mais queremos emagrecer. Fim das festas de final de ano, o Carnaval chegando e as dietas bombando. Todavia, processos de resultados imediatos podem esconder um perigo para a saúde!

“Além de serem dietas super restritivas, há a deficiência de vários nutrientes importantes que acarretam em problemas futuros. O que eu indicaria seria uma reeducação alimentar associada à atividade física durante o ano todo e sob orientação de um profissional, que oferecerá um plano personalizado com resultados seguros e duradouros”, aconselha Mariane.

Com todas essas dicas anotadas, é só aproveitar o verão com muito Sol e água fresca!

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Gabriela Gomes
Carregar mais em Saúde e Esportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Atleta de Bauru conta a experiência de ser convocada pela 3ª vez para a seleção brasileira de atletismo

Bauru carrega cada vez mais o nome do esporte brasileiro para todas as partes do mundo. Ag…