Hoje em dia, a alimentação sem glúten tem se tornado bastante popular. Revistas de saúde, famosos, sites, em todos os lugares, cada vez mais, ouvimos falar sobre essa dieta.

Mas, você sabe o que é o glúten? Você sabe que algumas pessoas são alérgicas a ele? É o que conta a nutricionista da Universidade do Sagrado Coração (USC), Profª Me. Maria Grossi Machado.

O que é?

A gente sempre ouve falar sobre ele, mas, muitas vezes, não sabemos o que ele é. Prazer, glúten: uma proteína presente em alguns cereais como trigo, centeio, cevada e malte.

Quando colocado no água, o glúten dá a uma consistência flexível e parecida com uma cola, característica da massa criada com farinha de trigo.

Precisamos falar sobre o glúten

O glúten começou a aparecer na boca do povo devido às dietas que excluem essa proteína. Contudo, a nutricionista Maria Grossi comenta: “qualquer tipo de pessoa pode retirar o glúten da dieta, mas não deve, se não tiver as doenças relacionadas à proteína”.

Além disso, dietas sem glúten feitas por pessoas saudáveis não possui benefícios de emagrecimento comprovados pela ciência.

O que realmente acontece é que muitos alimentos que contêm trigos (bolos, bolachas, pães, macarrão, pizza, etc), que vão cevada e centeio ou malte (bebidas alcoólicas), quando tirados da alimentação, causam um déficit calórico no indivíduo, que irá emagrecer. Contudo, perder peso não se dá pela retira do glúten.

Além disso, a retirada da proteína, sem acompanhamento nutricional ou necessidade fisiológica, pode causar falta de energia, irritabilidade e deficiência de vitaminas do complexo B.

Vilão de algumas pessoas

Algumas pessoas ainda não possuem a enzima que digere o glúten e suas parte. Essa pessoa é chamada de celíaca. No corpo dos celíacos, “o glúten fica ‘acumulado’ no intestino, causando irritação e reações imunológicas no corpo do paciente”, comenta a nutricionista.

Hoje em dia, existem testes e exames para saber se a pessoa é celíaca ou intolerante à proteína.

Estamos todos conhecidos?

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Gabriela Gomes
Carregar mais em Saúde e Esportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Do diagnóstico ao tratamento: Tudo o que os bauruenses precisam saber sobre Alzheimer

Se você tem algum histórico de Alzheimer na família, mas não entende muito sobre o assunto…