Cursar medicina é o sonho de muitos brasileiros, tanto que para cada vaga nas universidades públicas, os candidatos passam as casas das dezenas. Por isso, a opção de muitos alunos é fazer uma graduação fora do país. E a oportunidade não está longe dos bauruenses.

A Faculdade de Agudos (FAAG) iniciou o Projeto Medicina em Angola em novembro de 2018. Assim, a instituição possibilita que pessoas com o sonho de fazer medicina, possam se graduar com uma experiência internacional.

O projeto é feito em parceria com a Universidade Privada de Angola (UPRA), que possui o curso de medicina desde 2002. Lá, o aluno terá uma graduação de seis anos, com aulas em período integral que contempla todas as áreas da medicina, além da Infectologia e Medicina Tropical. Além disso, a partir do terceiro ano, ele inicia os estágios em hospitais, clínicas e centros médicos.

Marcia Regina Vazzoler, mantenedora da FAAG, destaca alguns pontos relevantes sobre a graduação em Angola. “O aluno irá se deparar com muitas situações adversas, mais do que as encontradas aqui no Brasil. Penso que isso lhe trará mais maturidade profissional e emocional, tornando-o um médico diferenciado! É muito importante que o aluno aproveite todas as oportunidades profissionais e pessoais para o seu crescimento”, aponta.

Projeto Medicina em Angola

Se interessou? Para ingressar nesses estudos, a FAAG organiza todo o processo para o aluno, desde a seleção no Brasil até providenciar moradia e alimentação. E mesmo depois de tudo acertado, um responsável da FAAG acompanha diariamente os alunos durante os seis anos do curso.

O processo seletivo será feito pelo site da FAAG, por meio da nota do Enem. O aluno é pré-selecionado e a classificação será passada posteriormente. Os candidatos que não prestaram o Enem, deverão procurar a FAAG para orientação de avaliação.

Para fazer a matrícula, basta enviar por e-mail ([email protected]), a cópia do passaporte com validade superior a seis meses, carteira de vacinação internacional contra febre amarela, comprovante de conclusão do ensino médio e cópia do RG. A FAAG fará a matrícula na UPRA e providenciará o visto de estudante junto ao consulado da Angola.

A mensalidade para fazer o curso é paga no Brasil no valor de R$8.890,00. Além do curso, o valor inclui a moradia, a manutenção, a alimentação e o transporte. As passagens aéreas entre Brasil e Angola, deverão ser compradas a parte.

Atuação no Brasil

Os alunos graduados na UPRA também podem atuar aqui no Brasil. Para isso, basta fazer o Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituições de Educação Superior Estrangeiras (REVALIDA).

Para o teste, a FAAG oferece o curso preparatório para o REVALIDA de forma gratuita a partir do 3º ano do curso, paralela à formação da graduação em medicina.

Inicialmente, são aplicadas provas no formato do REAVALIDA, para diagnosticar se há necessidade de nivelamento da turma. Na sequência é montado um plano de estudo para cada aluno, com conteúdos elaborados por professores e disponibilizados na plataforma digital da FAAG. Além disso, as provas são aplicadas a cada seis meses até o final do 6º ano.

Os participantes aprovados no REVALIDA poderão solicitar às Instituições de Educação Superior públicas brasileiras que aderiram ao Exame, a revalidação do seu diploma obtido no exterior.

Se interessou? Para saber mais informações sobre o Projeto Medicina em Angola, basta se inscrever
em: www.vestibular.faag.com.br.

publieditorial

Serviço
Faculdade de Agudos
Av. Marginal Vereador Delfino Tendolo, D1200
Contatos: (14) 3262-9400 / WhatsApp (14) 99745-8726
E-mail: [email protected]

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Juliana Oba
Carregar mais em Negócios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Com alunos a partir de dois anos, contramestre tem espaço exclusivo para ensinar capoeira em Bauru

Alguma vez, você já praticou capoeira? Apesar de ter surgido no Brasil no século XVI, a lu…