Aquarismo é considerado um hobby por quem cultiva peixes e plantas em aquários. É mais que ter um peixinho em um simples aquário! Os aquaristas levam esse assunto à sério e investem pesado no hobby.

Em Bauru, existem algumas lojas que prestam auxílio aos bauruenses apaixonados pelos aquários. Takeo trabalha na área há mais de 20 anos e tem uma loja de aquários na cidade.

O profissional explica que esse hobby está crescendo cada vez mais! Às vezes, por falta de espaço nas casas, as pessoas optam por aquários que, dependendo do tamanho, ocupam menos espaço.

Além disso, médicos recomendam aquários para quem tem alergias a animais com pêlos. Segundo Takeo, o aquarismo desestressa a pessoa, oferece paz e prazer, já que quem cuida do aquário precisa trabalhar a paciência.

Aquário de água doce – César – Foto: Vinicius Fernandes

Tá a fim de ter um aquário?

Primeiro é necessário pesquisar o tipo de aquário que se pretende ter, procurar lojas confiáveis e selecionar quais delas oferecem suporte para a manutenção após a compra.

Por falar em manutenção, os cuidados e limpezas são indispensáveis quando o assunto é aquário! A alimentação dos peixes também é um ponto essencial e deve ser feita de forma cuidadosa.

Todos esses cuidados variam quando o aquário é marinho ou de água doce! Então, eis outra decisão a ser tomada – Aquário marinho ou aquário de água doce?

Qual a diferença?

O aquário de água doce é considerado o mais fácil de manter, além disso, ele apresenta menor número de riscos aos peixes e ainda têm o custo mais baixo!

Já o aquário marinho costuma ser mais caro que o de água doce e também necessita de cuidados maiores para se manter.

Um pouco do mar em casa

Vamos falar sobre aquários marinhos! Com lindos peixes coloridos, o aquário de água salgada conquista muitas pessoas pela beleza e pela diversidade de cores que pode oferecer. Isso, porque ele precisa ser o mais parecido possível com o fundo do mar.

Segundo o site Petz, para esse tipo de aquário, é importante escolher com cuidado quem serão os novos integrantes. Se decidindo por peixes que tem maior facilidade em conviver em grupo ou com outras espécies.

Além disso, o site ensina que, os acessórios usados nos aquários de água salgada devem ser de materiais antioxidantes, para evitar danos feitos pelo sal.

Portanto, cuidados com pH, temperatura e substratos, são outros cuidados para manter o bom funcionamento do aquário de água salgada. O bauruense Marcelo Saggioro tem um pedaço do mar em casa. Segundo ele, a paixão por aquarismo começou por causa do pai, que sempre teve aquário. Uma paixão passada de pai para filho.

Para ele é um hobby desafiador por ter um aquário de água salgada! “Essa escolha foi pelo motivo de ter um recife de corais. Diariamente, cuido da alimentação, limpeza de vidros e adição de produtos, quinzenalmente troca de água e limpeza de filtros”, explica.

Os famosos aquários de água doce

Aprendi que o aquarismo é uma coisa terapêutica”, palavras do bauruense César Bueno que começou a se interessar por peixes quando os filhos eram pequenos.

Já são quase 40 anos levando o hobby do aquarismo adiante, mas, somente nos últimos cinco anos, César começou a levar mais à sério. O aquário de água doce é o mais tradicional e conhecido no mundo todo, isso, porque esse tipo de aquário tem maior facilidade para manutenção e cuidados.

Mas não vai achando que é fácil assim! Mesmo os aquários de água doce são trabalhosos e precisam de cuidados especiais. Por exemplo, quando você começa um aquário, é necessário ter paciência até atingir o equilíbrio biológico, que nada mais é do que os peixes e as plantas crescendo saudáveis.

César explica que depois de um tempo, o aquário vira um jardim! Precisa podar as plantas, adubar e replantar, sifonar as sujeiras e resto de comida. Atitudes que devem ser feitas pelo menos uma vez por semana.

O sonho de consumo!

Já imaginou um aquário com 2,50 metros de comprimento, 0,50 centímetros de largura por 0,70 centímetros de altura? Além disso, o aquário tem 90% das espécies dos peixes existentes da bacia Amazônica.

Esse é o aquário do César! E, para completar, existem cerca de 100 peixes em tamanhos grandes, médios e pequenos.

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Vivian Messias
Carregar mais em Geral

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Você pode ajudar a escolher as novas árvores para a arborização de Bauru!

Você tem uma árvore preferida? Agora, os bauruenses poderão escolher quais tipos de árvore…