Você sabia que em Bauru existe um projeto que ensina futebol gratuito às crianças da cidade? Essa é uma ação do Noroeste em parceria com a Semel e a Tel Telecomunicações.

Assim, o Projeto Social Noroestel, mais conhecido como Escolinha do Noroeste, tem o objetivo de tirar crianças e adolescentes, meninos e meninas, das ruas por meio do futebol. Essa ação está dando tão certo que esse já é o sexto ano consecutivo do projeto que atualmente atende 400 crianças!

Além disso, a escolinha visa ensinar às crianças como ter disciplina e como lidar com as obrigações. Por isso, os pais das crianças que participam do projeto precisam apresentar a assiduidade escolar dos filhos e o bom rendimento nas notas.

O futuro do futebol!

Muitas crianças e adolescentes sonham em se tornar jogadores de futebol. Portanto, para conseguir realizar esses sonhos, o treino é o caminho! Segundo o assessor do Noroeste, as equipes disputam a Copa Big Boys de Bauru, do sub-11 ao sub-17, sem compromisso com vitórias e títulos. Então, todos jogam independentemente da qualidade técnica.

Os treinos acontecem em dois locais e em dois períodos. De segunda e quarta-feira, os treinos são realizados das 8h às 10h e das 14h30 às 17h, no Estádio “Padilhão”, na Vila Giunta. Dessa forma, de terça e quinta-feira, os treinos acontecem nestes mesmos horários, desta vez, no campo de terra do Complexo Damião Garcia.

Foto: Assessoria de imprensa Noroeste

Do campo de terra ao gramado

Os jogadores que se destacam são encaminhados para a categoria de base de rendimento. Os atletas desta categoria estão alojados e treinando no município de Iacanga. Além disso, os times sub-15 e sub-17 do Noroeste disputam o Campeonato Paulista com cerca de dez meninos que vieram dos campos de terra e do distrital.

Se dá pra sonhar, dá pra realizar! O principal artilheiro do Noroeste em 2018 vem do projeto Noroestel e começou como muitas outras crianças. Gabriel Cardoso, é jogador do time sub-15 e, no ano passado, encantou a torcida marcando oito gols no Campeonato Paulista.

Segundo o site do JC Net, em um vídeo gravado quando Gabriel entrou no projeto, o garoto fala que tem o sonho de se tornar jogador e ajudar os pais! “Quero dar um futuro melhor para a minha família!”, enfatiza o jogador noroestino.

Contudo, o projeto está crescendo na cidade e o coordenador do Noroestel, Luciano Sato, comenta como esses avanços são importantes.

Muitos atletas e crianças do projeto terminam nas categorias de base onde disputam campeonatos e podem até ser contratados por outras equipes. Tenho exemplos de várias crianças que estão na base e em outros clubes pelo Brasil”, comenta Luciano

Além dessa ponte para o futebol profissional, o coordenador comenta que o projeto é fundamental para ocupar as crianças e adolescentes. “Trazemos elas para praticar atividades físicas melhorando a qualidade de vida e com objetivo de ensinar os fundamentos do futebol, ensinando disciplina e a inclusão das crianças“, diz.

Para Luciano, o projeto não ensina só futebol, mas também a convivência em grupo, empatia e trabalho em equipe.

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Vivian Messias
Carregar mais em Saúde e Esportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Crianças precisam ir ao dentista? Saiba quando os pequenos bauruenses devem fazer a primeira visita

Você deve estar pensando que a melhor idade para levar seu filho ao dentista é apenas quan…