Bauru é uma cidade histórica e esse título se deve muito à ferrovia que chegou na cidade em 1905. Nessa época, ela recebeu o nome de Estrada de Ferro Sorocabana e ligava Bauru à cidade de São Paulo.

Pouco tempo depois, Bauru recebeu a estrada de Ferro Noroeste do Brasil, conhecida como NOB. Atualmente, os trens e os vagões estão parados e somente cargas de combustíveis são descarregadas na cidade pela ferrovia.

Esse meio de transporte, por anos, trouxe passageiros e cargas fazendo com que a cidade se desenvolvesse. Portanto, Bauru cresceu por meio das ferrovias e o passado histórico da cidade deve ser sempre lembrado por todos os bauruenses!

Orgulho para os bauruenses

Com intuito de homenagear e preservar a história da cidade, a Associação de Preservação Ferroviária e Ferromodelismo de Bauru elaborou um projeto inédito!

Vagão antes da reforma. Foto: Museu Ferroviário

A ideia é transformar o único vagão que sobrou da estrada de Ferro Sorocabana em um espaço com finalidade educativa. Fabiana Rocha é historiadora e trabalha no Museu Ferroviário há cinco anos! Contudo, ela conta que essa ideia foi decida por conta do espaço e da estrutura do vagão.

Ainda no período em que trabalhava como voluntária, identificamos a importância de um espaço específico. O antigo carro-bagagem possui um grande espaço interno e é o único exemplar da antiga estrada de ferro”, comenta Fabiana.

Depois de definir o projeto, a Associação submeteu o edital à Lei de Estímulo a Cultura do Município de Bauru em 2017. Assim, em 2018, ele foi aprovado e em maio de 2019 a Associação deu início aos procedimentos de restauração.

Vagão histórico

O vagão vai ficar instalado atrás do Museu Ferroviário, na Estação Central da Ferroviária de Bauru. Assim, quem tiver interesse em conhecer o projeto, também terá acesso ao acervo do museu.

O carro pedagógico contará com uma estrutura completa para atividades, como materiais para montar, pintar, teatro com fantoches, mini biblioteca e mesas para reuniões.

Então, a inauguração do vagão será no dia 26 de agosto e a expectativa é que o projeto seja uma extensão do Museu Ferroviário. 

Interior do carro, após a reforma. Foto: Museu Ferroviário

Esse espaço pertence ao Museu Ferroviário Regional de Bauru. Portanto, é uma extensão da exposição, onde a história da ferrovia será trabalhada de maneira lúdica e dinâmica”, completa Fabiana.

O maquinista de trem Douglas Ruzzon trabalha há cinco anos no museu e explica que, além de valorizar a história da ferrovia e da cidade. Então, esse projeto pretende dispor atividades educativas e fazer com que a população bauruense visite o espaço.

A população poderá visitar o carro aqui no museu e participar das atividades realizadas no carro”, finaliza.

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Vivian Messias
Carregar mais em Cultura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Confira a programação de shows para o último fim de semana da Expo Bauru

Vai ter diversão para todos os bauruenses neste fim de semana! Depois de nove dias de fest…