Há 123 anos Bauru é o lar de centenas de pessoas. Momentos bons ou ruins, tenho certeza que todo mundo que mora – ou já morou – na Cidade Sem Limites tem uma boa história para contar. Por isso, perguntamos para alguns bauruenses: “O que Bauru significa para você?”. Saiba o que eles disseram:

Giuliano Tamura – Jornalista da TV Tem Bauru

“Bauru pra mim representa muitas coisas, sem dúvida o maior significado é minha família. Meus filhos Gianpaolo e Gianluca nasceram aqui , são bauruenses da ‘gema’ e aqui estou com minha esposa Morela há dezessete anos. Bauru também representa a cidade que me deu e me dá oportunidades profissionais.

No final dos anos de 1990, então solteiro na época, eu já tinha trabalhado aqui na TV Modelo. Depois em 2002, retornei à emissora que, em 2003, mudou o nome para TV TEM. Fui contratado com a função de repórter, mas depois tive a oportunidade de também fazer a apresentação dos telejornais.

Bauru também representa amizade. Aqui na cidade, fizemos bons amigos, gente do bem que conhecemos na nossa caminhada de fé. Ou seja, Bauru é uma síntese de família, trabalho e amizades. Um ótimo lugar para se viver”.

bauru 123
Foto: Rede Globo

Alexandre Azank – Apresentador da TV Tem Bauru

“Tenho uma relação de muito amor por Bauru. Vim para cá estudar em 2004 e aqui conheci alguns dos meus melhores amigos, construí minha carreira e é onde planejo o meu futuro. Para mim, Bauru significa prosperidade. É uma terra que me deu conhecimento e faz parte da minha formação como profissional e como pessoa. É um orgulho ver essa terra crescer e pulsar no coração do Estado, reforçando a todo instante o porquê do título da ‘Cidade Sem Limites'”.

bauru 123
Foto: Arquivo Pessoal

Tifanny Abreu – Jogadora do Sesi Vôlei Bauru

“Bauru significa minha família, minha casa. Em Bauru, eu fui acolhida pela equipe do Sesi Vôlei Bauru, fui acolhida pela torcida e pela cidade. Quando você tem um acolhimento, você se sente parte de uma sociedade, você se sente parte desse lugar. Por isso eu considero Bauru como meu lar. Obrigado, Bauru, por me acolher tão bem e feliz aniversário!”.

bauru 123 anos
Foto: Marcelo Ferrazoli/ Vôlei Bauru

Ricardo Bizarra – Locutor da 96FM

“Completo, no mês de aniversário da cidade, 40 anos onde nasci e escolhi ficar. Mas a minha Bauru ideal ainda está longe de acontecer.

Por muito tempo esquecida politicamente, não recebeu investimentos de grande porte, sobrevivendo ao longo de mais de 30 anos, apenas com aportes e emendas partidárias minúsculas e que nunca resolveu o seu problema.

Além de demandas essenciais – na saúde básica por exemplo – principalmente com as nossas crianças. Aliás, a saúde pede socorro e não é de hoje. Sem novos leitos e UTI, seguimos clamando por atenção do estado e da união.

Bauru até ganhou recentemente representatividade federal, mas ainda sem um anúncio de grandes investimentos. Não vejo a classe política tão empolgada com a nossa cidade, que merece bem mais respeito”.

bauru 123
Foto: Arquivo pessoal

Isadora Venturini – Jornalista da TV Prevê

“Eu sempre achei que não gostava de Bauru. Que eu preferia morar em tudo quanto é cidade do mundo, menos Bauru. Acontece que, parando para pensar, todas as coisas boas que aconteceram na minha vida, foi essa cidade que me proporcionou. Faculdade, realizei o sonho de estudar e me formar na Unesp. Trabalho, realizei o sonho de ser jornalista e repórter em uma emissora de televisão.

E foi aqui também que eu encontrei minhas melhores amigas que levo comigo pra mais de 15 anos. Foi aqui também que eu evolui, cresci e amadureci. Aqui também surgiu a oportunidade de escrever, de ter uma coluna, para falar sobre o que eu mais gosto. Então, Bauru, para mim, representa, amor, crescimento, amadurecimento e realizações. Obrigada cidade querida do coração”.

bauru 123
Foto: Arquivo pessoal

Reinaldo Cafeo – Economista e comentarista

“Bauru, minha cidade Natal. Nela cresci, formei minha família e alicercei minha vida profissional, portanto, é meu Porto Seguro!”.

reinaldo caffeo
Foto: 94FM

Marcelo Bueno – Jornalista e organizador do Blogando

“Bauru representa uma oportunidade de crescimento profissional e pessoal. Eu pensava que só conseguiria alcançar boas oportunidades se mudasse para São Paulo logo depois da faculdade, mas isso não é verdade.

Apesar de parecer pequena no interior de São Paulo, nossa cidade tem muito potencial de crescimento e nós podemos explorar essas oportunidades com graduações e pós-graduações, excelentes empresas e boas conexões com mercados de todo o Brasil”.

bauru 123 anos
Foto: Arquivo pessoal

Jay Alves – Baterista da banda Aurora Summer

“Bauru pra mim representa oportunidade. Viajamos o interior paulista inteiro praticamente e em todos os lugares que fizemos shows falando que somos de Bauru, a galera se amarra. Pra muita gente que nasceu aqui, às vezes, não percebe, mas eu vim do Sul, onde o clima é frio e as pessoas também. Aqui tem aquele lance caloroso de uma galera quer se juntar para a cidade prosperar. Acho isso muito maneiro. Essa maneira coletiva que Bauru tem de desenvolver e criar oportunidades. Fiz muitas amizades e gosto muito de morar aqui”.

123 anos
Foto: Arquivo Pessoal

Carol Paganeli – Jornalista da agência Difere

“Eu moro em Bauru faz apenas um ano, mas parece que faço parte da cidade há muito mais tempo. Bauru é o meio do caminho entre poder ter realização profissional e poder viver em uma cidade com características de interior. Isso é o que mais me chama atenção por aqui. A vida tranquila converge com a vida frenética e entra em um equilíbrio que muito me chama a atenção”.

123 anos
Foto: Arquivo Pessoal

Mirella Cabaz – Jornalista e influenciadora digital

“Bauru, para mim, é aconchego, família, são amigos, é trabalho, é amor! Porque eu vim para cá quando eu tinha dez anos e eu tinha esse sonho de morar em Bauru, eu era de uma cidade menor. Então foi aqui que muitos dos meus sonhos foram se realizando e que grandes encontros, na minha vida, aconteceram.

Talvez, por eu também ter morado fora e ter visto o mundo, me abriu muitos horizontes, até para enxergar a cidade de um outro modo. É por isso que Bauru, para mim, é tão acolhedora, porque é retornar para o meu lar. Talvez eu não more aqui a minha vida inteira, mas vai ser sempre o lugar onde eu me sinto em casa”.

Maximiliano Martin Vicente – Professor de história da Unesp

“Bauru representa várias coisas ao mesmo tempo. Por um lado, por ter estudado aqui entre 1930 e 1937, vejo a cidade envolvida em disputas políticas e de hegemonia por parte de vários grupos que, desde aquela época e com as devidas ressalvas, se enfrentam para manter viva sua presença e visão de cidade que se coaduna com seus interesses.

Enquanto morador, vejo uma cidade que precisa de grandes reformas e com infinitos pontos para serem tratados e resolvidos: dívidas históricas, desrespeito pelo meio ambiente, falta de qualidade nos serviços prestados à população, ou seja, um lugar que merece ser tratado com mais zelo e dedicação, notadamente para os mais carentes e os grupo marginalizados.

Ainda sinto que Bauru faz questão de viver de um passado que marcou sim a cidade, mas que não existe mais. Me refiro aos grandes temas bauruenses como a ferrovia e a ideia de sem limites. Finalmente, para que ninguém pense que sou pessimista, existem sim movimentos ‘anônimos’, engajados, que interferem nos lugares mais carentes e que tornam a cidade como um lugar com esperança de coisas boas e melhores. Pena que a humildade desses grupos e seu trabalho simples, invisível e cotidiano não seja reconhecido e seguido pela população bauruense”.

123 anos
Foto: Rádio Unesp FM

E para você, o que Bauru representa?

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Gabriela Gomes
Carregar mais em Geral

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Alunos de Bauru poderão acompanhar revisão gratuita para o ENEM com aulas online

A edição do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) deste ano foi adiada devido à pandemia d…