O dia do casamento, muitas vezes, também é conhecido como “Grande Dia” justamente por ser uma das datas mais especiais na vida dos noivos.

Nessa ocasião tudo tem que estar estar do jeito que o casal sonhou, mas se organizar para que isso aconteça nem sempre é tão fácil assim.

Para ajudar nesse momento, existem profissionais especializados, como por exemplo, os cerimonialistas.
Mas você sabe as funções que estes profissionais desempenham? Confira seis coisas que os cerimonialistas fazem para ajudar na organização de um casamento!

1 – Verdadeiro “faz tudo”

Muitas pessoas acabam se enganando e acham que os cerimonialistas têm como função apenas organizar a entrada dos padrinhos e soltar as músicas da festa.
Quando se trata de um evento grande como um casamento, há diversas coisas para pensar e resolver. E esses profissionais ficam responsáveis por tudo isso.

Organizamos tudo, desde o controle do orçamento, contratos, contratação de fornecedores, confirmação de presença, mapeamento, protocolo, músicas, todos os detalhes da cerimônia, da festa. Enfim, somos verdadeiras produtoras de eventos sociais”, confidencia a cerimonialista Sammyra Catanzaro.

Além de orientar e auxiliar os noivos, gerir todos os contratos, buscar informações e serviços de fornecedores e valores praticados por eles. Assim, otimizamos o tempo do cliente e do fornecedor”, completam Beatriz Cruz e Cláudia Bergamini, profissionais do ramo e sócias.

cerimonialista

2- Aquela ajudinha no bolso

Todo mundo sabe que fazer um evento tão grande pode ser um pouco pesado para o bolso. Mas você sabia que esses profissionais te ajudam a avaliar as opções mais acessíveis para seu casamento?

Com uma cerimonialista você consegue otimizar tanto o tempo quanto o lado financeiro. Ela conhece os fornecedores e não vai deixar você cair em uma ‘furada’ com pessoas que não são profissionais. A cerimonialista te acompanhará em tudo, sendo assim você não irá pirar com todos os preparativos”, revela a profissional de eventos Juliana Freitas.

3- Ocupações inusitadas dos cerimonialistas

Além de todas as tarefas relacionadas ao planejamento da festa, os profissionais também ficam encarregados de ajudar os noivos no dia da festa com o que eles precisarem. Isso inclui funções muitas vezes singulares:

Uma função é a de motorista dos noivos! É que, quando a festa chega ao fim, geralmente os noivos são os últimos a sair com talvez, uns poucos amigos, e todos geralmente estão em condições pouco ideais para dirigir. É nesta hora que nós encampamos também a função de motorista e levamos os noivos até o hotel ou aonde eles irão pernoitar”, contam Beatriz e Cláudia.

Nós acompanhamos a noiva ao banheiro! Você sabia? Ir ao banheiro vestida de noiva é quase uma missão impossível para se fazer sozinha!”, diz Sammyra.

4- Saber um pouco de tudo e estar sempre atualizados

O mercado de casamento sempre se atualiza e apresenta novidades. Por conta disso, profissionais que lidam com essa cerimônia tem que sempre estar bem inteirados e procurar se informar sobre tudo o que envolve esse evento.

O mercado de casamentos é gigantesco, inovações não faltam! Temos que ficar antenadas nos eventos das celebridades, nas novelas, no mundo da moda, nas cores tendência, nos novos fornecedores que surgem a todo instante e por aí vai!“, relata Sammyra.

Ser criativo para ter novas ideias, realizar festas diferente e coisas novas. Cada vez mais, as pessoas buscam facilidade, então acabamos tendo festas muito parecidas o tempo todo. Com isso, o profissional precisa se atualizar, buscar novidades e analisar junto com os fornecedores propondo ideias novas e totalmente diferentes”, diz Juliana.

Estar atualizado, apesar de ser algo que exige esforço e dedicação, está intrínseco à profissão:

É trabalhoso, mas faz parte da função! A possibilidade de não saber, não faz parte do nosso trabalho. É uma obrigação! Não tem como você falar para os noivos que ‘não viu’ ou que ‘não sabe’. Eles esperam que você esteja por dentro de tudo e isso dá segurança para eles”, conta Sammyra.

Muitos cerimonialistas fazem cursos para ficar por dentro das novas tendências.

Vivemos num mundo globalizado e as informações chegam muito rapidamente com a internet. A pesquisa e cursos online sobre o tema casamento é uma obrigação. Alguns cerimonialistas renomados, que são referência no mercado, também oferecem cursos presenciais que são uma delícia fazer e uma pausa para um ‘descansinho merecido’”, diz Cláudia.

5 – Contornando imprevistos

Como em toda festa de grande porte, o casamento é propício a imprevistos durante o processo de organização e planejamento.

Por conta disso, os profissionais têm que saber lidar com situações que nem sempre são agradáveis.

Você precisa ter em mente que as coisas nunca vão ser 100%, isso mesmo, nunca! Por isso sempre temos que ter o plano A, B, o C, e o D. É muito importante estarmos preparados para todas as situações”, revela Sammyra.

Entretanto, Beatriz Cruz e Cláudia Bergamini acreditam que apesar de imprevistos sempre acontecerem, aqueles que são grandiosos só tendem a acontecer com o planejamento feito em pouco tempo.

Lidar com imprevistos é uma arte que se desenvolve com o tempo. Imprevistos que ‘gelam a espinha’ geralmente acontecem quando não houve um bom planejamento e um check list eficiente. Por isso, alguns cerimoniais que oferecem os serviços para o dia do evento correm o risco de sofrer mais com imprevistos do que aquele que tem um tempo maior para checar com calma tudo o que foi contratado e as particularidades de cada contrato”, pontuam.

6 – Mais do que profissionais, amigas

Por estarem lidando com pessoas e com a realização de seus sonhos, os profissionais de evento acabam criando intimidade e até se tornando amigos e confidentes do casal.

A maioria das vezes nos tornamos amigas dos clientes.O profissionalismo junto com o lado humano da cerimonialista aproxima muito mais. O que muitas vezes para o cerimonial é um trabalho, para eles é o sonho de uma vida. Então, não podemos, de maneira nenhuma, tratar como ‘mais uma festa’ e sim como ‘a festa’”, elucida Juliana.

Cerimonialistas

Sammyra Catanzaro ainda completa que, as cerimonialistas devem ter flexibilidade para lidar com as situações que ocorrem durante o planejamento dos casamentos.

O que muitos não sabem é que além de cerimonialista acabamos virando psicóloga, amiga, advogada, terapeuta. Temos que ser super flexíveis e apaziguadoras! Porque por se tratar do grande dia na vida do casal, temos que ajudá-los a contornar várias situações não tão agradáveis”, finaliza.

E ai, você sabia de todas essas funções?

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Anne Hernandes
Carregar mais em Comportamento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Jovem bauruense cria própria marca de roupas agênero, que vestem homens e mulheres

A moda agênero é uma proposta que cada vez mais vem tomando as passarelas do mundo. O conc…