Olá, sou a Isa e esta é a minha 12ª coluna para o Social Bauru. Por aqui, você encontra temas relacionados à internet, redes sociais digitais, memes e algumas dicas simples e praticáveis no dia a dia, tanto para o lado profissional, como o pessoal. Confira o assunto deste mês:

Claro que não é novidade para ninguém, as tão queridinhas hashtags, né? O que muita gente não sabe é a sua verdadeira função dentro do engajamento de uma página no Facebook ou perfil comercial no Instagram. Vou te ajudar…

As hashtags não são enfeites e muito menos deixam a sua publicação mais “descolada”. Elas possuem o objetivo de te ajudar a alcançar cada vez mais pessoas para o seu negócio. Por isso, são verdadeiras fontes de informação, ou seja, há pessoas que buscam determinados assuntos por meio delas.

Em contrapartida, você também consegue buscar nas redes, por meio das #, o que estão falando sobre um tema e, até mesmo, sobre a sua empresa. Por estes motivos, usar as queridinhas precisa ser algo pensado, estudado e muito bem planejado. Qualquer hashtag não funciona, ok?

Anote algumas dicas importantes para não ter erro:

1 – Hashtag frase nem pensar

Nada de querer resumir um texto em uma hashtag. Sinto muito, além de poluído, ele não vai engajar, até porque ninguém vai procurar por #vocêconheceaimportanciadashashtaghs.

2 – Palavras separadas com hashtag é péssimo

Brinquei no começo do texto para chamar a sua atenção, mas não separe palavras fazendo delas uma hashtag. #você #gosta #disso? Eu não!

3 – Exageros? Aqui não!

Tenha bom senso ao colocar hashtags na sua postagem. E pelo amor de Deus, nada de assuntos sem relevância, como por exemplo: #followtofollow (essa é clássica no Instagram), #influencersdobrasil ou qualquer outra com nomes de famosos achando que seu post vai pra frente assim.

4 – Tenha uma hashtag própria

Crie uma hashtag da sua empresa para postar sempre nas publicações, mas tome muito cuidado com pontuações que dificultarão a busca.

5 – Hashtag de localização é uma boa

Principalmente para bares e restaurantes, que podem conseguir alcance maior com seu público. Hashtags como, por exemplo, #buffetembauru e #restaurantesembauru, são ótimas.

6 – Classifique suas hashtags em primárias e secundárias

Eu tenho dor no coração quando vejo posts com hashtags nos comentários porque muitas pessoas acreditam que estão fazendo certo.

Uma dica muito importante e que aprendi com o pessoal do É Social Media Mas é: classifique suas hashtags em primárias e secundárias. As primárias e mais importantes você coloca no post, pois elas serão ranqueadas primeiro. As demais vão nos comentários.

Bom pessoal, por hoje é só!
Nos vemos na próxima?
Até mais!

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Isabela Gaspar
Carregar mais em Colunistas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Coluna Archimedes: Dado da Paz para uma nova mentalidade de vida

A sociedade brasileira e mundial vivem momentos de apreensão, angústia, medo, incertezas, …