Nos dias 20, 21 e 22 de setembro será realizado o Seminário de Saúde da Mulher, com diversas palestras sobre o assunto. A iniciativa foi idealizada pelos alunos de Medicina da USP Bauru, juntamente com o Coletivo Feminista Marias e o Grêmio David Capistrano. 

O evento é direcionado a profissionais de saúde ou estudantes da área de saúde. Além disso, ele contará exclusivamente com palestrantes mulheres, médicas e especialistas nos assuntos que tratarão. 

E, apesar do público-alvo definido, a temática é de interesse de toda a sociedade, além de ser utilidade pública. Com isso, a estudante do 2° ano de Medicina da USP Bauru e Presidente da Comissão Organizadora do Seminário de Saúde da Mulher, Carolina Carvalho Ribeiro, pontua que o público não diretamente envolvido com a área também será bem-vindo no evento. 

Necessidade de mudanças 

Carolina explica que a ideia do seminário surgiu após uma atividade da graduação. Nela, os alunos aprofundaram-se durante seis semanas em estudos sobre a saúde da mulher e vivências nesse tema. 

A partir disso, para complementar o currículo médico tradicional, a turma sugeriu a organização do evento. No entanto, a iniciativa também levou em consideração a vigência de um modelo tradicional – e falho – da ginecologia-obstetrícia no sistema de saúde. 

“Acreditamos em um novo modelo de ensino e assistência que parte de uma construção coletiva do conhecimento. Ele defende a autonomia, a autodeterminação, o poder de decisão das mulheres, a desconstrução da ideia do corpo feminino como uma tragédia biológica e o fim de uma relação hierarquizada e biologicista entre o profissional da saúde e a mulher”, explica Carolina. 

Além disso, a Presidente da Comissão Organizadora do Seminário também ressalta a importância de eventos como esse em espaços públicos. “O seminário busca trazer à tona os questionamentos acerca das práticas de assistência às quais as mulheres estão sujeitas hoje. Assim, atualizando o conhecimento em saúde em consonância com a voz e experiência femininas.”

Abordando tabus

A saúde da mulher dentro do âmbito da medicina, não exclusivamente no Brasil, é passível de diversas críticas. Temas como violência obstétrica, saúde sexual, gravidez indesejada, entre muitos outros, são grandes tabus e consequentemente acabam desprezados pela comunidade médica. 

Frente à situação, o evento também trará luz às pautas muitas vezes ignoradas, nesse caso, abordadas por palestrantes mulheres. Entre elas, palestras sobre saúde sexual de mulheres lésbicas e bissexuais, gravidez indesejada e saúde da mulher transexual e negra.

Com isso, Carolina pontua que o principal objetivo do movimento de mulheres pela saúde é recuperar o conhecimento das mulheres sobre elas mesmas. Além disso, também visa alcançar uma participação ativa na formulação e implementação das políticas de saúde. 

“Quando trazemos à tona esses temas, esperamos dar visibilidade ao fato que o direito à saúde vai muito além da cura da doença. Isso, porque esse direito implica em bem-estar físico, emocional e mental da pessoa. Assim, não se pode conceber a saúde da mulher como algo desvinculado do seu papel social e de sua esfera íntima”, esclarece Carolina.

Confira a programação completa  

20 de setembro (sexta-feira):

  • 17:30 – Credenciamento
  • 18:30 – Cerimônia de abertura– Prof. Dr. Edmund Chada Baracat – Professor de Ginecologia e Pró-Reitor de Graduação da USP- Prof. Dr. Carlos Ferreira dos Santos – Diretor da Faculdade de Odontologia de Bauru- Prislaine Krodi dos Santos – USP Mulheres
  • Palestra “Parto humanizado e direitos maternos”, com  Cláudia Garcia – Ginecologista Obstetra

21 de setembro (sábado)

  • 8:00 – Palestra “Pré-natal e puerpério centrado na mulher”, com Martha Calvara – Ginecologista Obstetra
  • 9:15 – Coffee Break
  • 9:45 – Palestra “Saúde das mulheres que se relacionam com mulheres”, com Fernanda Vaz – Ginecologista Obstetra
  • 11:00 – Palestra “Sexualidade feminina”, com Juliany Silva (Ginecologista Sincera) – Ginecologista Obstetra
  • 13:00 – Intervalo para almoço
  • 14:30 – Palestra “Abordagem da gravidez indesejada”, com Denize Ornelas – médica da família e comunidade
  • 16:00 – Coffee Break
  • 16:30 – Palestra “Saúde da mulher transexual”, com Ana Amorim – Médica de família e comunidade
  • 17h45 – Palestra “Saúde da mulher negra”, com Rita Borret – Médica de família e comunidade

22 de setembro (domingo)

  • 8:00 – Palestra “Violência contra mulher”, com Ana Flávia Pires – Medicina Preventiva
  • 9:15 – Palestra “Saúde mental e gênero”, com Kyola Vale – Psiquiatra
  • 10:30 – Coffee Break 
  • 11:00 – Palestra “Ginecologia natural”, com Marcela Mc Gowan – Ginecologista Obstetra
  • 12:15 – Palestra “Direitos sexuais e reprodutivos”, com Elisabeth Meloni Vieira

Inscrições

Para participar de todas as palestras é necessário realizar a inscrição neste link. Os ingressos estão no segundo lote até o dia dez de setembro, sendo vendidos a R$60 para estudantes do ensino superior/técnico; R$70 para profissionais da rede pública de saúde e R$85 para os demais profissionais. 

O terceiro lote entrará em vigor no dia 11 de setembro, com entradas a partir de R$70 para estudantes do ensino superior/técnico; R$85 para profissionais da rede pública de saúde e R$100 para os demais profissionais.

A inscrição também pode ser feita durante o evento. Serão cobrados R$80 para estudantes do ensino superior/técnico; R$100 de profissionais da rede pública de saúde e R$120 para os demais profissionais. 

Além disso, para estudantes de pré-vestibular e ensino médio, mesmo durante o evento, haverá um lote único de R$30. 

Caso o interessado não possua condições para contribuição financeira, é possível entrar em contato com o e-mail [email protected], explicando a situação. A partir disso, a gratuidade da participação será avaliada.

Todas as atividades do Seminário serão realizadas no Teatro Universitário da Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB-USP). 

publieditorial

Serviço

Seminário de Saúde da Mulher
Data: 20, 21 e 22 de setembro
Local: Teatro Universitário da Faculdade de Odontologia de Bauru (Alameda Dr. Octávio Pinheiro Brisolla, 9-75 – Jardim Brasil)
Site: coletivomarias.wixsite.com/seminario
Facebook: www.facebook.com/events/622721978234585/
Instagram: www.instagram.com/seminariomulher/

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Paula Borim
Carregar mais em Negócios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Ponto exclusivo da Dior em Bauru, Ótica Personnalité oferece opções para todos os gostos

A Ótica Personnalité, antiga Ótica Personal, está há oito anos no mercado de Bauru e há um…