Os concertos da Orquestra Sinfônica Municipal tem o costume de encher as salas onde tocam e agradar ouvidos de todos os gostos. Completando 15 anos de história, de muito trabalho e educação musical em Bauru, a Orquestra fará uma comemoração de seu aniversário nesta quarta-feira, às 20h, no Teatro Municipal.

A apresentação irá conta com a presença de dois solistas convidados e entrada é gratuita, porém é necessário a doação de 1kg de alimento não perecível.

15 anos educando para a música

A Orquestra foi criada em 2004, a partir da lei n° 5140, com o objetivo de democratizar o ensino musical e instrumental na comunidade. Além de proporcionar acesso à formação cultural a jovens estudantes de escolas públicas, despertando neles a sensibilidade musical.

Todos os estudantes que participam da Orquestra recebem uma bolsa, para que mantenham uma rotina dedicada ao aperfeiçoamento da música. O maestro Paulo Marcos Gomes destaca que, pelo fato de muitos jovens nunca terem tido contato com instrumentos musicais antes de se juntarem à Orquestra, aprimorar o repertório do grupo levou um tempo.

“Na época, 90% do grupo nunca tinha pego um instrumento na mão, então pra eles desenvolverem um repertório levou anos”, conta.

Para amadurecer a qualidade musical dos 70 jovens integrantes, foi necessário muito treino e estudo. Com essa finalidade, a formação teórica e técnica foi necessária. O primeiro passo para isso é o Curso de Teoria Musical que fornece os elementos básicos para tocar na Banda Sinfônica e na Orquestra Sinfônica. Esse curso é oferecido de maneira gratuita e o aluno aprende a identificar intervalos, ritmos, escalas, cifras, acordes e a ler partituras.

Paulo é regente da Orquestra desde sua formação e afirma que o projeto possui uma função social. “É necessário que o aluno saia com uma visão diferente do universo musical e passe a ter mais sensibilidade. Às vezes o próprio aluno, que antes tinha um cotidiano musical totalmente diferente, incentiva a família a estar em contato com a música clássica. A música é capaz de arrebatar”, diz.

Solistas convidados da Orquestra

No concerto de aniversário, haverá a participação de dois convidados: Felipe Bueno e Marcos Santos. Os dois solistas participaram da Orquestra, que serviu de alavanca para buscarem o lado profissional.

Incentivado pelos pais, Marcos iniciou seus estudos musicais aos sete anos em Bauru. Seu primeiro instrumento foi o trompete até os 15 anos de idade, quando conheceu e se apaixonou pelo violino na Orquestra Sinfônica Municipal de Bauru. Com uma longa carreira de aperfeiçoamento, atualmente Marcos é sócio-proprietário da Bravo Academia de Música, professor do Conservatório Carlos de Campos de Tatuí e da Universidade Estadual de Campinas

Marcos Santos

Mas a carreira do músico não para por aí. Ele atuou como violinista em diversas orquestras/grupos no Brasil e Estados Unidos, como o Quarteto de Cordas Fazendo Arte, Orquestra Filarmônica de São Carlos, Cia. Sinfônica de Bolso, Meridian Symphony Orchestra EUA, Gulf Coast Symphony EUA, Capstone Quarteto de Cordas EUA, Pensacola Symphony EUA, Tuscaloosa Symphony EUA, Mobile Symphony EUA, Colors of Music Orchestra EUA, IRIS Orchestra EUA, Memphis Symphony EUA, entre outras.

Felipe Bueno Rodrigues Baldo notou sua paixão pelos seus estudos de violino na igreja, aos sete anos de idade, e aos 11 ingressou na Orquestra Sinfônica de Bauru. Ao longo de sua adolescência participou de diversas orquestras do interior, com grandes maestros e músicos, dentre elas, a Orquestra Sinfônica Municipal de Botucatu, Orquestra Sinfônica jovem de Lins, Orquestra Sinfônica do Conservatório de Tatuí.

Felipe Bueno

Em 2018 participou de seu primeiro festival, FEMUSC, onde foi selecionado para o projeto de música de câmara “Seriosi”, com aulas sob a tutela do professor Richard Yong. E ao longo de sua trajetória participou de outros nomeados festivais: Festival de Música em Trancoso junto à Mozarteum Brasileira, Festival de Cordas em Itu, Campos do Jordão e Ilumina Festival. Atualmente participa do projeto Pianosofia, juntamente com talentosos jovens brasileiros, sobre a direção do grande pianista Cristian Budu, onde aprimora seus conhecimentos sobre música de câmara e trocas através da música.

Serviço

Concerto de aniversário da Orquestra Sinfônica Municipal
Local: Teatro Municipal “Celina Lourdes Alves Neves” (Av. Nações Unidas, 8-9)
Retirada de ingressos a partir das 18h30h
Entrada Gratuita com doação Voluntária de 1kg de alimento não perecível

As informações são da Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Bauru.

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Social Bauru
Carregar mais em Cultura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

25ª edição da Mostra Arte sem Barreiras terá eventos inclusivos e gratuitos em Bauru

Inclusão e representatividade são as palavras-chave da 25ª Mostra Arte Sem Barreira, que a…