Geralmente, o fator que mais nos encanta em bandas pode estar relacionado às suas letras, melodias e até a identificação com os integrantes da banda. Os cantores conseguem, por meio de suas música, traduzir sentimentos sobre situações com as quais, muitas vezes, nos identificamos, não é mesmo?

Com isso, é muito comum que essa paixão ultrapasse quaisquer tipos de barreiras: culturais, espaciais e até temporais. No caso de Basílio Santana, a deficiência visual não é empecilho algum para acompanhar sua banda do coração: CPM 22. O bauruense de 24 anos, que também é desenvolvedor web, nos contou um pouco da história de carinho que nutre pelo grupo. 

Paixão antiga 

Quando perguntado há quanto tempo gosta da banda, Basílio é preciso ao afirmar que quase durante toda sua vida. “Eu sempre ouvi, desde o começo dos anos 2000. Na época, eu acompanhava pela MTV, onde tocavam os clipes”, afirma

A banda chamou sua atenção, ainda muito jovem, especialmente pelo estilo autêntico das músicas e por suas letras. Ainda, ele pontua que, dentre todas as canções, as quais sabe decor, sua preferida é a conhecida “Um minuto para o fim do mundo”. 

Apesar de gostar de outras músicas, essa tem um significado especial para ele, que decidiu eternizá-la em sua pele. “Além de eu gostar muito da música, eu fiz a tatuagem mais pensando na minha mãe. O trecho ‘e só de pensar em te perder por um segundo, eu sei que isso é o fim do mundo’ resume bem a relação que tenho com ela”, conta. 

Contato e carinho 

Após anos admirando o CPM 22, Basílio teve a chance acompanhá-los ao vivo pela primeira vez em 2015, num show que realizaram aqui Bauru. No entanto, inicialmente, ele não tinha a pretensão de ir ao evento e apenas tentou a sorte de conhecer os integrantes da banda na porta do hotel onde estavam hospedados. 

Para sua surpresa, ele não conseguiu apenas conhecer seus ídolos, mas também garantiu a entrada para a apresentação. Isso, porque Basílio foi surpreendido pelo vocalista do CPM 22, Badauí, que ao saber que o jovem não iria ao evento, logo providenciou sua entrada. 

No caso de Basílio Santana, a deficiência visual não é empecilho algum para acompanhar sua banda do coração: CPM 22, que acompanha desde muito novo.

“Falar com eles foi demais! Eu não esperava né; não esperava ir no show e muito menos conhecer eles. Aí ele falou que eu iria, pegou meu nome, deixou na lista e deu certo de ir”, relembra Basílio. 

Nessa ocasião, o jovem conta que os integrantes fizeram questão de autografar sua camisa, como uma lembrança perfeita. Além dessa situação, Basílio teve outra oportunidade de reencontrar a banda, porém dessa vez em um show em Botucatu, no ano de 2018. 

Igualmente especial, esse segundo encontro representou muito para o jovem. “Na hora que o Badauí me viu ali na frente do palco pediu para produção me buscar. Assim, subi no palco com ele e fiquei lá na frente”, conta Basílio. 

Sobre o sentimento de experienciar o show enquanto deficiente visual, ele explica que a sensação é única. “Eu sinto bastante a música ao vivo e gosto muito de ir em show por causa disso. Dessa forma, eu sinto a música muito próxima porque eu ouço pela caixa, e seu eu estiver bem perto da caixa eu consigo ouvir os instrumentos.”

Expectativas

Certamente, como um bom fã, Basílio não deixará de ir no próximo show do CPM 22 que terá em Bauru, na Festa do Social. Ele foi presenteado com os ingresso após a falta de dispositivos que permitissem a acessibilidade do site no momento em que tentou comprar. 

Com as expectativas altas, ele se diz bem animado. “Conforme vai se aproximando eu vou ficando mais ansioso. Já estou contando os dias”, reforça.

A Festa do Social será realizada no dia 1° de novembro, no Spazio A Eventos, localizado na Av. Inácio Conceição Vieira, 12-17. O evento terá shows do DJ Lucena, Aurora Summer e também do CPM 22. 

Aqueles que quiserem curtir a festa podem optar pelo convite para a pista, a R$60, ou pelas duas opções de camarote. O camarote para 10 pessoas oferece um combo de bebida (uma garrafa + quatro energéticos) por R$1.200,00, ou o camarote individual por R$150,00.

Os ingressos podem ser adquiridos online pelo Sympla: www.sympla.com.br/festa-do-social ou pelas redes sociais da Festa do Social, basta enviar uma mensagem inbox: @festadosocial ou www.facebook.com/festadosocial. Presencialmente, podem ser garantidos com os promoters:

  • Bia Giglioti – (14) 99718-1764
  • Ricci – (14) 99698-9801
  • Livia Baoli – (14) 99143-1847

Ou nos pontos de venda:

  • Flipper Lanches
    Endereço: Rua Henrique Savi, 12-40
    Horário: Segunda a quinta e domingo, das 17h30 às 00h30. Sexta e sábado, das 18h às 01h
    Telefone: (14)3234-2878
    ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
  • Armazém da Cerveja Bauru
    Endereço: Av. Getúlio Vargas, 21-129
    Horário: Terça a quinta, das 09h às 02h. Sexta e sábado, das 09h às 04h. Domingo das 09h às 21h
    Telefone: (14) 3243-8911
Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Paula Borim
Carregar mais em Geral

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

1° Festival de hambúrguer, chopp e stand up será no Hotel Ibis Style em Bauru

Imagina um hotel de dar água na boca, esse é o Ibis Style em Bauru! Inaugurado em novembro…