Quatro homens com interesses musicais em comum se uniram para formar uma banda. Uma banda com repertório totalmente autoral seguindo o estilo rock’n roll, apresento a vocês a River, Go!

Tudo começou lá em 2012 quando o atual vocalista, Felipe Luz, e o baterista, Jeff Reis, criaram um projeto para tocarem juntos. Um ano depois, Lucas Jung, guitarrista, entrou para o time e começou a fazer parte do projeto. Por fim, o baixista Alan Augusto chegou para completar a banda.

Com a proposta de criar um repertório totalmente autoral os músicos formaram, no final de 2018, a River, Go! Lucas, o guitarrista, destacou que o tempo foi essencial para que a banda encontrassem influências em comum. “Percebíamos que as ideias batiam! Então, reunimos isso em um projeto nosso, projeto sério, que virou a River, Go!”, comenta.

River Go, go, go!

Começou a dar certo e disparou! As composições feitas pelos músicos passaram a ter singularidade entre si, e hoje, são elas que fazem a banda acontecer. As influências vêm dos anos 70, blues, country e muito rock ‘n roll!

A River, Go só existe porque as músicas foram nascendo! Percebemos que estávamos compondo de uma maneira diferente e que era hora de dar início nesse projeto”, destaca Felipe.

Com menos de um ano de formação, Lucas resolveu inscrever a banda em um festival de música, sem avisar os outros integrantes e sem mesmo ler o regulamento, foi no susto!

O festival acontece na cidade de Araçatuba e leva o nome de Q Festival! O evento está em sua 4ª edição e é considerado o maior festival cultural da região com a proposta de reunir diversas manifestações culturais da música, teatro, artes visuais, dança, gastronomia, artesanato e literatura.

Na edição deste ano, nomes como Paralamas do Sucesso, Maneva e Negra Li passaram pelo mesmo palco que a banda bauruense, fazendo com que essa fosse a maior experiência musical da River, Go!

Apresentação da banda no festival

Trabalho em equipe!

As músicas autorais foram o diferencial na apresentação! Além disso, a participação especial da bauruense Ester Pena foi essencial para o destaque da banda, ela faz parte do Centro Musical Lucas Soares, parceiro da River, Go!

“Foi gratificante estar com o Centro Musical do Lucas ali. A Ester agregou muito no nosso resultado! Fizemos questão que ela fosse e não só por ela ser mulher, mas porque ela canta muito!”, destaca Felipe vocalista.

O resultado não podia ter sido diferente! A River, Go foi campeã! Eles que, com menos um ano de carreira e com músicas autorais se destacaram dentre tantas outras bandas, representando Bauru no festival.

Lucas Soares, Ester Pena, Felipe Luz, Lucas Jung, Alan Augusto e Jeff Reis

Para Lucas, essa premiação é o maior feedback de que eles estão no caminho certo e que o trabalho está sendo bem feito. Portanto, essa conquista serviu para incentivar a banda a continuar em busca do sonho de crescer no meio musical e essa experiência impacta positivamente em diversos aspectos.

“Essa vitória beneficia em vários pontos! O primeiro é na autoestima, sentimento de que vamos continuar trabalhando para conquistar coisas ainda maiores. Além disso, o Q Festival, concurso de bandas, é patrocinado pela Tagima e o vencedor, no caso nós, ganhamos instrumentos novos. Isso é um incentivo a mais!”, comenta Lucas.

Mas o trabalho ainda não acabou. Esse foi o primeiro destaque da banda e os músicos sonham em continuar crescendo! A agenda de shows está aberta ao público e para mais informações é só acessar as redes sociais da River, Go!

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Vivian Messias
Carregar mais em Cultura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Você sabe os significados da bandeira de Bauru?

Dia 19 de novembro é o Dia da Bandeira, data criada a fim de exaltar a bandeira nacional. …