A sociedade brasileira e mundial vivem momentos de apreensão, angústia, medo, incertezas, violência, falta de respeito, insensibilidade para com aqueles que sofrem, etc. Basta ler os meios de comunicação e receberás uma enxurrada de notícias ruins, fatos degradantes, chocantes, tristes.

As pessoas, geralmente, adotam duas posturas: ou se envolvem profundamente neste ambiente hostil, facilitado, sobretudo, pelas redes sociais, ou de tudo se afasta, em fuga destas realidades que fazem doer a alma. A “lei de talião” cada vez mais se consolida, na rigorosa reciprocidade do crime e da pena, a chamada retaliação.

Diante deste contexto, uma proposta a ser colocada em prática é a construção e consolidação de uma cultura de paz, que se mostra necessária, e única capaz de dar uma resposta válida aos anseios mais profundos das pessoas no difícil caminho em direção a um mundo melhor.

Para contrapor este quadro obscuro que vivenciamos, foi criado o Projeto Living Peace International, voltado a mostrar um percurso de educação para a paz, e baseia-se no lançamento do “Dado da Paz”, em cujas faces não existem números, mas sim frases que ajudam a construir relacionamentos de paz entre todos. As seis frases a serem vivenciadas são: sou o primeiro a amar, amo a todos, amo o outro, escuto o outro, perdoamo-nos um ao outro, ajudamo-nos reciprocamente.

Esta proposta é inspirada nos pontos da “Arte de Amar” que Chiara Lubich (1920-2008) propôs, sob a forma de um dado, às crianças do Movimento dos Focolares, por ela fundado, em 1943. Os Focolares são um movimento leigo nascido na igreja católica e que tem como objetivo contribuir à concretização da unidade e fraternidade universal.

O Projeto destina-se, de maneira mais específica, ao mundo da escola e grupos infantis e juvenis, mas é também aplicado em outras expressões da sociedade, tais como grupos artísticos, hospitais, organizações não governamentais, empresas, cárceres, seminários de diferentes culturas e religiões, e está disseminado nos cinco continentes.

O objetivo do Living Peace é fazer crescer, ao máximo, o empenho em viver a paz e pela paz nos diversos ambientes de aprendizagem e de vida. O dado é considerado uma proposta lúdica, didática e educativa, destinada a todos: famílias, escolas e grupos diversos. O objetivo precípuo é o de promover relacionamentos positivos nos ambientes onde ele é utilizado, potenciando a capacidade pró-social das crianças, adolescentes e jovens e reforçando aquelas dos adultos.

Na medida do possível, o dado é lançado todos os dias ou com outra frequência, a critério dos participantes: cada jogador empenha-se em ser protagonista colocando em prática a frase sorteada. Semanalmente ou quando oportuno, os jogadores e os educadores são convidados a partilhar as próprias experiências de construção da paz, para enriquecimento mútuo.

Enfim, a proposta do Dado da Paz visa a formação de “homens e mulheres novos”, alicerçados na cultura da paz e na fraternidade, e que serão os protagonistas na construção de uma sociedade nova, com valores que edificam, em sólidas bases, um mundo melhor. Todos são chamados a serem construtores desta nova sociedade que, certamente, conduzirá a um mundo mais unido, menos belicoso e mais justo. Vale a pena assumir este desafio!

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Archimedes Azevedo Raia Jr
Carregar mais em Colunistas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Coluna Professor Sinuhe: Bauru Flash Back Clube

Por que não se quer envelhecer!? O ontem é o antes que nunca será depois! Será sempre ante…