Vestido, festa, convites, comida, cerimônia, por onde começar? Quem pode ajudar? Só quem já passou por isso sabe o desespero que é organizar um casamento sem ajuda. Por isso, montamos um time de cerimonialistas para dar dicas sobre o primeiro passo que noivos bauruenses devem dar!

Primeiro que você não vai dar conta de tudo sozinho. Peça ajuda! De preferência para quem entenda do assunto, no caso, um cerimonialista que é o verdadeiro responsável por fazer a festa acontecer.

Antes de qualquer coisa, é ideal que os noivos comecem a se organizar com até 12 meses antes da festa, para obter bons contratos e pesquisar empresas e valores.

Vandete Mello é cerimonialista e trabalha há 13 anos na área, ela explica que o segredo para que tudo saia perfeito é amar a profissão e se dedicar em realizar sonhos. Ela quem vai ajudar a definir quais são os primeiros e mais importantes passos dos noivos.

O primeiro é decidir quem vai ser o profissional, peça indicações e procure fotos e materiais sobre o trabalho do cerimonialista antes mesmo de contratá-lo. Após a definição do profissional é hora de definir o orçamento, nesse processo será definido os valores investidos pelos noivos na festa.

cerimonialistasFoto: Câmera 4

A partir daí, será definida a lista de convidados, data e local do evento. Com esse processo feito é hora das contratações! O Buffet, banda, foto – filmagem e decoração fazem parte dessa sequência. Definido isso, entra o passo chamado de perfumaria, que vai definir os doces e mimos da festa.

Hora de fazer o convite

Vandete explica que somente após os processos de definição da festa é hora de fazer os convites. Seis meses antes do casamento acontecer, devem ser entregues também os convites oficiais aos padrinhos de casamento.

“Seguindo o processo, a cerimonialista vai contratar o salão de cabeleireiro, recepção da noiva e madrinhas no salão e fazer o teste de cabelo e maquiagem na noiva”, diz.

Ainda sobre os convites, 20 dias antes do casamento, a cerimonialista explica que é feita a confirmação de presença e a roteirização do cerimonial e da festa. Feito isso é hora da reunião final, com os noivos, contratantes e fornecedores.

O que servir na festa?

José Carlos Barbosa também é veterano quando o assunto é casamento e está há sete anos na área. Sobre o cardápio, ele explica que os noivos são sempre orientados a escolher um cardápio universal que possa agradar a todos os gostos, mas ainda assim, as escolhas devem ter as características dos noivos, assim como a decoração.

A decoração também é responsabilidade dos cerimonialistas? Em partes. A decoração é responsabilidade da empresa contratada pelo cerimonialista, que deve acompanhar todo o processo de montagem. “A execução da decoração cabe a nós, cerimonialistas, acompanharmos para que esteja montada exatamente como os noivos sonharam”, completa José Carlos.

Foto: JC Formatura e Eventos

Para os cerimonialistas todo cuidado é pouco na hora de realizar sonhos!

Responsabilidade é a palavra. É um único dia e uma única chance de fazer tudo dar certo na vida de quem vai se casar. Portanto, é preciso ter paciência e tolerância para lidar com todo o tipo de gente, desde o planejamento até a execução final.

Bianca Cardoso, mais conhecida como Bia, está há 11 anos na área e destaca que pensando em festas de casamento, conciliar o sonho com a realidade é o mais importante. Dessa forma, é possível realizar uma festa de acordo com as condições do casal.

Outra dica da Bia é fazer no mínimo três orçamentos com os fornecedores de cada segmento e montar uma planilha financeira. “É essencial analisar os contratos antes de assinar e solicitar alterações se necessário. Também, buscar indicações de fornecedores com profissionais da área, de preferência com uma empresa de assessoria”, destaca.

CerimonialistasFoto: Maikon Sahara

A cerimonialista enfatiza que essa dica é importante para evitar brigas futuras e desgaste no relacionamento. É importante o casal compreender a necessidade e importância de se realizar uma festa.

Se pensarmos que são muitos detalhes para cuidar, é melhor mesmo escolher um bom cerimonialista. Mas, um só é suficiente. Ter mais de um profissional na organização do evento pode atrapalhar, pois cada pessoa tem sua própria linguagem e forma de trabalhar.

“Contratar duas pessoas distintas não irá agregar; Pelo contrário, vai apenas confundir a cabeça dos noivos”, finaliza Bia.

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Vivian Messias
Carregar mais em Negócios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Outback está previsto para inaugurar no Boulevard Shopping Bauru em 2020

Em 2020 Bauru passa a integrar uma das mais de 800 unidades do Outback Steakhouse. Uma das…