Se tem algo que gera mais briga nas festas de final de ano é a uva passa. Não existe rinha entre parentes que supere o ranço que muitas pessoas sentem por essa fruta tão pequenina.

E há quem goste de colocá-la em todos os pratos da ceia: do arroz ao salpicão. Mas também, tem aquelas pessoas (assim como eu) que não entendem a necessidade da uva passa.

Mesmo assim fomos atrás da resposta da pergunta de um milhão de reais: é possível fazer uma receita gostosa com uva passa?

Garanto que até o maior hater da frutinha vai se interessar por alguma dessas receitas:

uva passa bauru

uva passa bauru

bauru uva passa

De onde vem a tradição da uva passa?

Comendo ou não, não dá para negar que a uva passa é uma verdadeira tradição no Natal. Para entender o papel dessa fruta nas comemorações de final de ano, precisamos voltar aos tempos da Roma Antiga. 

A uva passa possui uma ligação muito forte com o solstício de inverno e era dada como presente nas celebrações desta data. Além de tudo, nas classes mais altas da sociedade, essas especiarias vinham cobertas com ouro, servindo até mesmo de decoração.

Para os romanos cada tipo de fruta seca tem um significado e fazem parte de um costume dessa antiga civilização que promete a ausência de fome, pobreza e ainda protege contra os excessos da bebida.

O caminho da uva

Hoje em dia, a uva passa está presente na ceia de milhares de brasileiros. Contudo, ela não é produzida em nosso país em escala industrial.

E adivinha como ela vem parar na sua mesa?

O Chile é um país com clima perfeito para a produção de uvas, mas ainda assim muitos dos cachos não atingem o padrão de qualidade para a exportação. Sendo assim, as frutas menores, menos pesadas e volumosas passam por um processo de secagem completamente ecológico. As uvas são espalhadas por esteiras e colocadas no sol por algumas semanas até virarem as conhecidas uvas passas.

Depois de todo esse percurso para virar uva passa, vale a pena dar uma chance para a frutinha!

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Gabriela Gomes
Carregar mais em Gastronomia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

5 receitas fáceis para os bauruenses que amam doce fazerem neste Dia Mundial do Chocolate

Amargo, ao leite, branco e até rosa. Para acompanhar momentos bons e confortar em outros n…