Só quem tem um pet – seja ele um cãozinho, gatinho ou até outros menos comuns – sabe como é receber um amor incondicional. Estamos sempre dando o nosso melhor para garantir a qualidade de vida para eles também, assim podemos aproveitá-los por muito mais tempo. 

Além disso, também já é comprovado que os animais são seres sencientes, ou seja, podem sentir emoções de forma consciente. Inclusive, no ano passado, o Senado brasileiro aprovou um projeto de lei que trata bichos como seres com sentimentos. 

Foi justamente com esse pensamento que Evandro Manflin e Giovana Borgato, que possuem três cãezinhos, idealizaram o AuNatural

Encontrando uma saída

Sempre preocupados com a saúde de seus “cãopanheiros”, Giovana e Evandro assustaram-se quando um deles começou a deixar a ração que era servida meio de lado. Principalmente, porque tratava-se do mais idoso. 

Após várias trocas, tanto de tipo de ração, quanto de marca, Giovana encontrou uma alternativa ao acaso. “Conhecemos a comida natural para cachorros quando uma prima veio passar o final de semana em nossa casa e também trouxe seu cachorro. Assim que ela chegou, colocou vários pacotinhos do alimento em nossa geladeira, e nós nunca tínhamos visto aquilo”, relembra Evandro. 

Essa foi a chance de oferecerem ao animal, que já não aceitava mais ração nenhuma, essa nova opção. Felizmente, após prová-la, ele voltou a se interessar por comida, e neste caso, uma que fosse capaz de nutrir, agradá-lo e também beneficiar sua saúde. 

Além dos resultados positivos que tiveram com o pet, o casal viu nesse nicho, ainda não explorado, uma oportunidade para empreenderem juntos. Até porque, nada melhor do que trabalhar melhorando a vida de animais! 

Assim, entraram com tudo no negócio e logo contataram uma zootecnista; profissional habilitada para a elaboração de receitas. Ela seria capaz de formular opções que, além de gostosas, também oferecem tudo o que um cãozinho precisa, seguindo suas necessidades específicas. 

O começo da AuNatural

“Após firmarmos a parceria com a zootecnista, nós começamos a divulgar. Assim que o negócio começou a engrenar, decidimos ampliar, reformamos o prédio, montamos a cozinha industrial com quase 300m² e alinhamos tudo como deveria ser”,  explica a proprietária. 

Neste processo, Evandro brinca que descobriu que fazer comida para cachorros acaba sendo mais complicado do que fazer comida para seres humanos. Isso, porque são sete órgãos diferentes que regulamentam a produção do alimento. 

No entanto, a burocracia, comenta o empresário, ocorre principalmente pelo fato de ser uma nova modalidade de “ração”. Apesar disso, ele garante o profissionalismo na produção, que envolve desde a limpeza até a utilização de produtos de qualidade. 

“A gente preza muito pelo cuidado, porque entendemos que temos que levar o nosso melhor para o público. O modelo de atendimento é pelo site e whatsapp, mas os clientes podem visitar nossa cozinha a hora que quiserem”, reforça Giovana

Natural de verdade

Desde então, o casal está focado em oferecer o alimento em sua forma mais natural possível. Por isso, atentam-se à receita, que não tem nenhum tipo de corante, conservante ou palatabilizante, e também à produção, utilizando, por exemplo, um ultracongelador que alcançam até 40 graus negativos em apenas 40 minutos! 

Esta última técnica de congelamento é utilizada para manter a qualidade e evitar a degradação precoce do alimento fresco. Dessa forma, diferentemente da ração seca, que tem como fonte de proteínas a “farinha de carne” ou “farinha de ossos”, além de conservantes dispensáveis para os cachorros, a Au Natural é feita apenas com os ingredientes necessários e com fonte de proteína primária (carnes de verdade).

Para você ter uma ideia do que estamos falando, dá só uma olhada nas opções: 

  • Carne com ervilhas;
  • Frango com espinafre;
  • Lombo com maçã.

Ficou surpreso? Essas são apenas as três versões básicas das proteínas! Além disso, cada pacotinho é constituído por vegetais, arroz parboilizado, óleos prensados à frio e suplementação vitamínica. 

Giovana ainda acrescenta que são utilizados ingredientes como o acém, além do fato das outras carnes serem fornecidas pela Sadia. Sem falar que o sistema de selamento à vácuo e de congelamento mantêm a integridade de todos os nutrientes. 

“Existem três níveis da nutrição dos cães: a ração como conhecemos, que nutricionalmente é balanceada, entretanto, traz uma série de coisas que o cachorro não precisa; a comida caseira, que não possui componentes que fazem mal, porém, está desbalanceada, e a alimentação natural balanceada, que é a melhor opção, neste caso”, acrescenta Evandro.  

Ainda, apesar de possuir a capacidade de produção de seis toneladas por mês, o casal consegue garantir que tudo seja feito à mão, quase de forma artesanal. Dessa forma, os três únicos processos aos quais o alimento é submetido – cozimento, congelamento e embalagem à vácuo – são todos feitos manualmente.

Foco na saúde 

Devido à preocupação com a qualidade do produto, os benefícios para o animal são os mais variados. Eles vão desde a hidratação involuntária, melhoria dos pelos e disposição, até a prevenção de doenças, como problema renal, diabetes e câncer! 

au natural

Ainda, as alergias causadas por algum componente da alimentação industrializada desaparecem em até 15 dias. 

Também é possível controlar e regular o quadro de animais obesos, já que os pacotes permitem um controle exato das calorias que cada um precisa. A entrega do alimento já porcionado também permite o acompanhamento de cada fase de vida do cão, como explica Evandro. 

“Se o animal entra numa fase sênior, seu metabolismo diminui e ele não precisa mais daquela quantidade de caloria que ele precisava. Já com o filhote é o contrário, pois ele come mais devido à explosão óssea e muscular”. 

Além da alimentação natural balanceada voltada para cães adultos saudáveis e filhotes, o AuNatural também tem produtos específicos para cães idosos e lactantes. Ainda, o trabalho dos profissionais consiste em uma verdadeira curadoria, já que acompanham o peso do animal mês a mês para adequar as calorias que ele precisa em cada porção. 

Caso necessário, também é possível fazer o alimento de forma personalizada. “Se o animal tem uma patologia é importante que um zootecnista ou um veterinário nutrólogo nos encaminhe uma receita que iremos analisar e ver a viabilidade de produzir”, ressalta Giovana. 

Ademais, o proprietário brinca que a única contraindicação da alimentação natural é o bigode sujo após os animais se deliciarem comendo.

O que esperar? 

Curtiu essa alternativa para o seu pet? Caso você tenha interesse em fazer apenas um test drive antes de contratar o serviço, é possível adquirir um kit degustação, que pode vir com o suficiente para cinco ou sete dias de alimentação e custa a partir de R$29 reais. 

“No caso do kit degustação, tem gente que quer dar como agrado. Porém, este não é nosso foco, o foco é a nutrição contínua. Principalmente porque tem muito cachorro que para de comer, mesmo com a troca de ração. Isso ocorre porque sempre querem um sabor novo”, explica Evandro. 

Giovana também frisa que o principal objetivo de atuarem nesse ramo é levar qualidade de vida para os cachorros. Quanto ao que os “pais de pet” podem esperar dos produtos da AuNatural, ambos são concisos: 

“O nosso plano é levar uma nutrição adequada e de qualidade para os cachorros. E isso não significa que a ração é ruim; ela só não é suficiente e tem componentes que não eram para estar ali, por conta da industrialização e também das proteínas de baixa qualidade”, esclarecem. 

No momento, outras cidades, como Barueri, Santana de Parnaíba, Sorocaba, Araras já são atendidas pelo serviço. Por isso, a dupla possui o objetivo de expandir sua atuação para todo o Brasil!

Gostou? O serviço pode ser contratado diretamente pelo site do AuNatural e, a partir disso, o alimento é entregue na porta da sua casa periodicamente.

publieditorial

Serviço 

Aunatural
Local: Av Dr. Adolpho Miraglia 11-30 – Vila Aviação
Telefone: (14) 99152-2661
Site: www.aunatural.com.br/
Facebook: www.facebook.com/aunaturaloficial
Instagram: @aunatural_pet

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Paula Borim
Carregar mais em Negócios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Portal de finanças “O Meu Patrimônio” lança curso online que ensina como cuidar dos investimentos

Você sabia que a maioria dos brasileiros investe na caderneta de poupança? E que este inve…