Imagine-se andando nas ruas de Orlando quando se depara com uma Brasília azul 74 com a placa de Bauru? Bastante inesperado, não é?

Está bombando na internet o vídeo de uma Brasília com placa de Bauru encontrada em Orlando. A gravação surpreende pelo estado do carro e a distância percorrida pelo mesmo. Confira:

 
A equipe do Social Bauru foi atrás do dono misterioso dessa Brasília, para entender como o carro bauruense foi parar lá nos Estados Unidos. Se liga nessa história!

De Bauru para os EUA

A Brasília azul pertence a Helvio Astrogildo Pellegrini Napoleão, ex-morador de Itapuí, cidade aqui pertinho de Bauru. Ele já mora nos Estados Unidos há vinte anos.

O carro remonta sua infância em Itapuí: “Meu pai tinha uma oficina e ele acabou comprando a Brasília. Quando ele faleceu, em 2000, eu fiz questão de ficar com a Brasília!”, relembra.

Há dez anos o carro foi reformado por Helvio, mas só chegou nos Estados Unidos no começo de fevereiro deste ano. E o carro foi levado de navio!

“Eu tinha duas Brasílias no Brasil, e quando eu voltava não tinha tanto tempo de usá-las. Por isso, eu decidi trazer uma para cá!”, explica o dono.

A paixão

Helvio afirma que tem uma paixão por Brasílias, mas com a azul, especificamente, tem um apego sentimental, por ter sido do seu pai. E ele ainda reforça que não vende nem empresta nenhuma das duas!

Quando chegou nos Estados Unidos, Helvio foi buscá-la em Jacksonville. No caminho de volta para Orlando, onde mora, o dono afirma ter sido parado pelo menos quatro vezes por pessoas curiosas sobre a Brasília.

“Eu costumo levar ela para um encontro de carro antigos que tem aqui, e faz o maior sucesso! Isso porque os estadunidenses nunca viram uma Brasília antes“, ele afirma.

Burocracias

Mesmo com a viagem tendo sucesso, Helvio conta que a burocracia para transportar o carro entre países foi tanta que até deu vontade de desistir. A Brasília foi para os Estados Unidos em navio, e o custo foi alto: R$4.000 só o custo do porto no Brasil.

E foi só nos EUA onde o dono do carro conseguiu a tão sonhada placa preta, marcação para carros com mais de 30 anos e que possuem mais de 80% de originalidade. Isso porque, aqui no Brasil, não liberaram a documentação devido aos bancos e assoalho do carro, que não eram originais.

O tão famoso vídeo

O vídeo que roda a internet foi filmado no dia em que Helvio deixou a Brasília em uma mecânica para um conserto.

Assim que caiu nas redes sociais, o vídeo bombou! “Recebi até ligação de madrugada perguntando se aquela Brasília do vídeo era a minha!”, comenta Helvio.

E quem diria que uma Brasília com placa de Bauru faria tanto sucesso?

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Gabriela Gomes
Carregar mais em Comportamento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Bauruenses contam o que mais sentem falta de aproveitar na cidade durante a quarentena

Você sente saudade de aproveitar o quê na cidade? Provavelmente alguma resposta vem à tona…