Enquanto o mundo apresenta nestes momentos grandes tensões, quer sejam políticas, migratórias, econômicas, relações internacionais, pandêmicas etc., existem pessoas que procuram ir além dessas barreiras ideológicas e se empenham, através de suas atuações e vivências, na construção de um mundo menos fragmentado e mais unido.

Anualmente, no período de 1 a 7 de maio, ocorre um evento denominado de Semana Mundo Unido (SMU), que representa uma oportunidade de colocar em evidência aquilo que está sendo feito no mundo todo, com o intuito de se edificar um mundo melhor e mais fraterno.

A SMU, criada em 1995, é um evento promovido pelo Movimento dos Focolares, em parceria com outros grupos, movimentos, associações, instituições locais, nacionais e internacionais, que se preocupam com a Fraternidade Universal.

O objetivo principal é incidir na opinião pública dos respectivos países, para testemunhar juntos que um mundo unido é possível, deixando um sinal tangível no território, incentivandoas organizações locais, nacionais e internacionais a trabalharem por esse propósito.

A Semana Mundo Unido é, também, um compromisso importante no decorrer de seis anos, proposto pelos Pathways for a United World (Caminhos para um Mundo Unido). Decorre desse fato, o título atribuído à SMU 2020, ou seja, In Time For Peace (Um Tempo para a Paz), em referência à trajetória do período 2019/20, no qual pode-se aprofundar os temas dos Direitos Humanos, Paz, Legalidade e Justiça.

Durante a SMU, os membros participantes de 70 nações procuram vivenciar concretamente um laboratório e expo global, na qual experimentar e compartilhar ideias, atividades e iniciativas que contribuem para a realização da unidade e da paz no mundo.

Diariamente é proposta uma frase para que os participantes possam vivenciar concretamente ideias que ajudam na formação de uma nova mentalidade sobre a edificação de um mundo mais unido. São elas: “Fazer (Paz) comigo mesmo: A fraternidade universal começa por mim”; “Fazer (Paz) com a família: Fazer um ato de amor”; “Fazer (Paz) com o meu próximo: A paz nos torna irmãos”; “Fazer (Paz) no trabalho/na universidade/na escola: Vamos acolher cada um na
própria diversidade”; “Fazer (Paz) com o ambiente: Vamos levar a paz com gestos concretos”; “Fazer (Paz) com a sociedade: Vamos nos unir para ajudar os mais necessitados da nossa sociedade”; “Dizer Sim à (Paz): Vamos ajudar a construir um mundo de paz”.

A SMU, assim, une-se simbolicamente ao apelo pelo cessar-fogo global proposto pelo Secretário-Geral da ONU, Antônio Guterres, e os muitos pedidos de paz e atenção aos mais vulneráveis, mesmo neste período de pandemia, apresentados pelo Papa Francisco.

Em 2020, devido à pandemia do Covid-19, a SMU está ocorrendo 100% online. A maratona multimídia In Time For Peace é transmitida pelo site www.unitedworldproject.org, que promove a Semana Mundo Unido e, também por meio de outras pessoas conectadas, está sendo possível acompanhar o que está acontecendo na Itália, nos EUA, na Austrália, no Brasil ou no Congo. Os jovens bauruenses estão empenhados nestas atividades.

Enfim, em meio de tanta desolação, em nível mundial, tem-se a certeza de que há milhares de pessoas sendo formadas e influenciando a sociedade, na construção da paz. Este mundo unido, como se expôs acima, começa dentro de cada um e deve se espalhar às demais pessoas. O mundo unido não é uma utopia, mas, algo possível de se concretizar. Os jovens são a esperança desse novo amanhã.

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Archimedes Azevedo Raia Jr
Carregar mais em Colunistas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Como a pandemia impactou o mercado de eventos

A pandemia da Covid-19 mudou completamente a vida de todos. Todas as profissões tiveram qu…