O hábito de falar mal dos outros está tão enraizado na nossa sociedade que infelizmente não nos damos conta do quanto ele pode prejudicar a vida de todos: aquele que critica, aquele que é criticado. Você já reparou que, na maioria das vezes, as pessoas felizes não falam mal dos outros? Parece que elas, simplesmente, não têm essa necessidade.

Mas, por que as pessoas falam de outras? De acordo com os psicólogos, o motivo principal é para que elas se sintam melhor com as suas próprias inseguranças. Geralmente procuram defeitos e falhas dos outros para comentar, em uma tentativa de disfarçar, tirar o foco ou até parar de pensar nos seus próprios defeitos.

E não se engane: ninguém está imune a isso. Analise o seu próprio comportamento com atenção, porque muitas vezes falamos algo e só depois nos damos conta.

Também é importante abordarmos aqui o outro lado da moeda: a pessoa que é criticada, ou seja, o reflexo negativo que isso causa na sua vida. Em teoria, deveríamos ser completamente imunes às críticas. Afinal, o que uma pessoa diz sobre nós é a realidade dela, e não a nossa. O Padre Fábio de Melo fala muito isso: “Não se preocupe com que as pessoas dizem sobre você. Quem realmente nos conhece é DEUS!”

Então, não deixe que a opinião dos outros influencie o seu dia a dia de forma negativa. É muito importante reforçar sua autoestima e autoconfiança.

Muitas vezes é difícil, mas a chave para conseguir é o autoconhecimento. Acreditar em você, nos seus valores e princípios! E ter Fé que o mal sempre vence o bem!

Leia mais textos da colunista: www.socialbauru.com.br/author/rosanapoli

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Rosana Poli
Carregar mais em Colunistas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

A cultura do cancelamento e nossas relações superficiais na internet

Você já deve ter ouvido falar ou praticado o chamado “cancelamento” pelas redes sociais, n…