Se você é amante de música tranquilas, no estilo MPB, provavelmente já conhece o som do jovem bauruense Genaro Magri. Com apenas 21 anos, Genaro acaba de lançar seu segundo projeto musical, que contará com cinco músicas e clipes inéditos, lançados um a cada mês, a partir de agosto, até o final do ano. 

O interessante é que, ao final, todas as canções se conectarão dando sentido a uma narrativa totalmente pensada pelo músico. A primeira música do EP, Amaré, traz a temática do Setembro Amarelo à tona.


Foto: Divulgação/Felipe Osti

Novo projeto à vista 

Apenas 11 meses após o lançamento de “Isso também passa”, seu primeiro álbum, Genaro mergulha de cabeça em seu segundo EP. Motivado pela quarentena, responsável pela paralisação de seus shows, ele aproveitou as experiências profissionais adquiridas até ali para produzir seu segundo projeto. 

“Apesar do pouco tempo entre os dois projetos, eu pude aprender e vivenciar muitas coisas que me ensinaram muito. Eu também tive vontade de fazer algo agora que já sou músico, porque no primeiro álbum eu nunca tinha entrado num estúdio na vida. E as pessoas também não esperavam nada de mim porque não conheciam meu trabalho autoral, eu só tocava em bares”, explica.

Ainda, a escolha de um lançamento fracionado ocorreu devido à nova forma que as pessoas têm consumido canções no meio digital. 

“A princípio, minha ideia era lançar as cinco músicas de uma vez, porque eu gosto de contar uma história. Mas eu tenho reparado que o jeito de consumir conteúdos musicais com as plataformas de streaming mudou muito. No primeiro álbum, por exemplo, a primeira música era muito mais ouvida que a última”, acrescenta . Dessa forma, o músico pretende dar ao público a oportunidade de acompanhar o projeto pouco a pouco. 

Tema de relevância 

Lançada no último dia 28, Amaré foi escrita há cinco anos, durante a adolescência do artista. “Eu escrevi essa música num momento em que as coisas pareciam não fazer tanto sentido, a vida estava meio turbulenta. Assim, a canção, de certa maneira, me ajudou a enxergar tons amarelos na minha vida, apesar de tudo estar parecendo meio cinza”, explica sobre sua inspiração. 

Sendo assim, com o desenvolvimento do EP na quarentena, Genaro teve a ideia de vincular a canção à campanha de valorização da vida. Essa foi uma forma de trazer a discussão sobre a depressão à tona, até como uma forma de elucidar, para quem encara a doença de forma calada, que está tudo bem ter um problema e que ele pode ter solução. 

A decisão também ocorreu após o artista notar um retorno dos ouvintes sobre como suas músicas os ajudavam a enfrentar momentos difíceis. “Mesmo que eu seja um artista pequeno, quando eu vejo pessoas que escutam minha música, levam aquela mensagem para suas vidas e isso ajuda a melhorar alguma coisa, eu acho que o papel da minha arte já foi cumprido”, celebra

O clipe do single, lançado hoje, 1° de setembro, também trata sobre o Setembro Amarelo, frisando que mesmo que as coisas não estejam tão boas, a vida sempre pode melhorar. 

Próximos lançamentos 

Das cinco músicas que compõem o EP, três já estão prontas e gravadas, enquanto as demais estão na fase de pré-produção. Genaro ainda adianta que uma delas contará com a participação de uma artista de São Paulo. 

Assim, o segundo single já tem data de lançamento: dia 02 de outubro. A previsão é que os próximos sigam um intervalo de 30 dias entre si. De acordo com o artista, quem já conhece seu trabalho pode esperar mais maturidade e inovações do projeto novo. 

“Estou cuidando muito dos detalhes para que as músicas e os clipes fiquem o melhor possível dentro do que eu consigo fazer. Isso, para que a narrativa faça sentido na história como um todo e para que as pessoas se identifiquem com isso. Eu também estou descobrindo algumas musicalidades novas, formas novas de me expressar. Então, tem coisas bem diferentes do que as pessoas já me viram fazendo”, finaliza


Foto: Divulgação/Felipe Osti

Para ficar a par de todas as novidades, basta acompanhar o artista em suas redes sociais e segui-lo nas plataformas digitais, como Spotify e Deezer.  

Créditos

As músicas estão sendo produzidas de maneira independente por Genaro Magri, Arthur Capello e Cauê Gifalli.
Produção dos Clipes: Felipe Osti
Assistência de direção: Guilherme Carrara. 

Serviço 

Lançamento Amaré, por Genaro Magri 

Instagram: @genaromagri
Youtube: www.youtube.com/channel/UCrTu-M8Zzo9LFjCwcLNkfKQ
Spotify: open.spotify.com/artist/5ByMmjmBD13R0JQGzq6fL3
Deezer:  www.deezer.com/br/artist/48989981

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Paula Borim
Carregar mais em Cultura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Cantora de Bauru participa de clipe da música “Adeus Pantanal” ao lado de artistas consagrados

Após lançar o último single “Vida da Floresta“, a cantora bauruense Manu Saggi…