Deixou para se informar de última hora sobre as eleições em Bauru? Tudo bem, a gente te ajuda!

Vamos começar pelo básico. As eleições que acontecerão neste domingo serão responsáveis por eleger o novo prefeito de Bauru e os 17 vereadores que irão ocupar a Câmara Municipal pelos próximos quatro anos.

Assim, segundo o Prof. Dr. Maximiliano Martin Vicente que ministra a disciplina de Política Brasileira Contemporânea na Unesp, é importante que nos atentemos ao nosso voto, já que as pessoas ocupando esses cargos influirão diretamente em nossas vidas.

No município se concretizam muitas das demandas que temos e muitos dos serviços que usamos: transporte, educação, saúde, água. Fora que muitos dos impostos que pagamos também se decidem no âmbito local. Só por isso já se torna muito relevante que participemos do processo eleitoral”, diz.

Ainda não escolheu em quem votar?

Para quem ainda não sabe em quem votar ou está confuso, o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) dos estudantes de jornalismo da Unesp, Natália Faria e Egberto Santana, pode te ajudar.

O “Pílulas do Poder”, realizado em parceria com o Jornal Dois, possui uma série de reportagens com dados importantes sobre os candidatos às eleições deste ano.

O objetivo dos futuros jornalistas é justamente que o trabalho funcione como um local de consulta pública para os bauruenses, onde eles possam encontrar informações de forma mais fácil.

Tudo o que usamos já estava no portal da Câmara. O que fizemos foi sistematizar este conteúdo disponível e facilitar o acesso, trazendo dados sobre o que os vereadores fizeram em seus mandatos, o que prometeram, o que entregaram e deixaram de fazer. Dos 17 vereadores que compõem as matérias, apenas três não estão tentando reeleição. Desses três, dois estão concorrendo ao cargo de prefeito. Assim, o material pode ser uma grande base para o eleitor saber como tem sido a carreira política e atuação deles”, explica Egberto.

Ainda, Natália indica outras ferramentas de pesquisa para que o eleitor saiba o que está sendo proposto: o site do TSE, as redes sociais dos candidatos e a cobertura realizada pelo Jornal Dois.

Estando informado sobre as propostas conseguimos, num futuro próximo, saber o que devemos cobrar dos nossos governantes. Eleitos por nós, eles têm a função de buscar as melhorias que prometeram. Ademais, saber as propostas nos dá maior autonomia e senso crítico para analisar o que faz e o que não faz sentido para a nossa comunidade”, completa a estudante.

Prefeito e vereadores, o que fazem?

Além de saber sobre as propostas dos políticos e sobre seu histórico, outro ponto essencial para escolher com consciência é saber exatamente as funções dos cargos que estão sendo votados.

Pois ao ter o conhecimento sobre a atribuição de cada cargo fica mais fácil discernir se as propostas dos candidatos estão coerentes ou não com o que podem realmente colocar em prática se forem eleitos.

Portanto, vamos lá:

O Prefeito pertence ao Poder Executivo, assim, é responsável por comandar a vida municipal, propor leis para melhorar a cidade e administrar onde será aplicado o dinheiro proveniente de impostos e repassado pelo Estado e pela União.

Em poucas palavras: ele emprega as verbas recebidas e executa os projetos da cidade relacionados à saúde, educação, transporte e moradia. Atuando do planejamento à concretização de obras, programas ou políticas públicas.

Já os vereadores, fazem parte do Poder Legislativo, ou seja, suas principais funções são criar e aprovar novas leis e supervisionar o Poder Executivo fiscalizando as contas da prefeitura e se as metas e normais legais estão sendo cumpridas.

De forma geral, os dois cargos se complementam, já que muitas ações do prefeito necessitam de aprovação dos vereadores e vice-versa.

Procedimentos para votar

Este ano, por conta da pandemia, alguns protocolos de segurança, serão tomados.

Dessa forma, as eleições terão uma hora a mais e serão realizadas das 7h às 17h, sendo o horário das 7h às 10h preferencial para idosos.

O uso de máscara será obrigatório e dentro das salas será oferecido álcool em gel para os eleitores antes e depois de irem às urnas.

Para votar, o cidadão deve portar os seguintes itens: título de eleitor ou e-título, documento oficial com foto e uma caneta para assinar o caderno de votação.

Além disso, o eleitor também pode levar a famosa colinha, um papel com o número dos seus candidatos anotado.

Na hora de votar deverá ser escolhido primeiro um vereador digitando o número do candidato (cinco dígitos), ou de seu partido (dois dígitos).

Depois é necessário escolher seu candidato para prefeito, digitando o número do partido ao qual ele pertence.

Exercendo a democracia: vote nas eleições!

Se você está considerando não participar do evento ou votar nulo ou em branco, o professor Maximiliano alerta:

Não votar significa perder uma oportunidade de interferir diretamente nas
decisões que implicam na definição da vida do município. Não participar da eleição te tira a legitimidade de, posteriormente, realizar críticas ao sistema político, uma vez que você não participou ativamente no processo eleitoral”.

Assim, mesmo estando em cima da hora, vale reservar um tempo para pesquisar e escolher candidatos que te representem e que possam trazer as melhorias que você deseja para a cidade.

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Anne Hernandes
Carregar mais em Geral

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Pensando na comodidade dos clientes, loja bauruense aposta em bags com uma série de peças para os clientes provarem em casa

Roupas mais sérias, com cortes tradicionais e elegantes, adequadas tanto para situações ma…