O Natal é uma época repleta de delícias gastronômicas, mas tem uma em especial que com certeza já ganhou as mesas e os corações de todo mundo: o panetone.

Segundo Luiz Otávio Viana, proprietário da L.O.V Bakery, uma das lendas italianas mais famosas diz que o panetone foi criado a partir de um incidente em uma padaria.

Um auxiliar de um padeiro, que se chamava Toni, deixou queimar um dos pães que estavam sendo preparados na véspera do Natal para a corte. Com medo da reação do chefe, ele desenvolveu uma receita própria, de uma massa amanteigada e com frutas que fez o maior sucesso e passou a ser chamada de ‘Panne di Toni’”, conta Luiz.

Já para Maria Thereza Junqueira, da Tetê Confeitaria, o panetone foi criado a partir de uma história de amor. Outra lenda italiana diz que o pão recheado com frutas e em formato de uma cúpula de igreja foi a maneira que um jovem encontrou para impressionar Toni, o pai de sua amada que não aprovava o relacionamento dos dois.

Mas seja qual for a história verdadeira de seu surgimento, o fato é que a receita se expandiu pelo mundo, fazendo o panetone ser a cara e o sabor do Natal. E, atualmente, além da versão única com frutinhas, os apaixonados por esse doce podem encontrá-lo das mais variadas maneiras, com diversos sabores para agradar todos os gostos.

Assim, para os que amam panetone e também gostam de experimentar novidades, nós do Social Bauru listamos quatro panetones diferentes para você experimentar aqui em Bauru.

Confira e tome cuidado, porque essa lista pode te deixar com água na boca!

L’Atélier Sucré – Sucrétone trufado de pistache

Unindo a forma de fazer com um sabor inovador, o Sucrétone trufado com pistache e gotas de chocolate belga Callebaut é produzido artesanalmente no L’Atélier Sucré.

O pistache, para quem não conhece, é um fruto verde seco de uma árvore chamada Pistácia. Com seu sabor levemente adocicado, faz uma ótima combinação com o chocolate belga, que traz a intensidade do cacau.

Além dos ingredientes diferenciados, o doce é produzido com fermentação natural para o desenvolvimento correto da textura e sabor característicos de um panetone, ressaltando técnicas tradicionais italianas.

Leve&Co – Panetone Low Carb

O panetone Low Carb da Leve&Co existe para provar que é possível se deliciar com esse prato típico de Natal e ao mesmo tempo continuar mantendo o foco na dieta e em uma vida mais saudável.

Isso, porque este panetone é feito de forma natural, sem uso de conservantes, com farinha integral sem glúten e açúcar de coco no caso dos funcionais (que ajuda a dar mais saciedade) ou com farinha de amêndoas e adoçado com xilitol (para dietas Low Carb ou com restrição de açúcar).

Além disso, para os que curtem chocolate, também há uma versão de chocotone feito com chocolate belga 70% e a opção de recheio com brigadeiro fake, feito a partir de um leite condensado sem açúcar.

Os panetones já tem uma tradição natalina muito grande, a nossa ideia é poder proporcionar isso às pessoas que tem restrições alimentares e para quem busca uma vida mais saudável, uma dieta menos inflamatória ou até mesmo uma dieta com quantidade limitada de calorias ou carboidratos”, conta a proprietária Isabella Lamônica, se referindo também aos panetones sem lactose que são produzidos.

A Leve&Co produz os panetones para pronta-entrega. Por isso, quem tiver interesse em experimentar as iguarias deve encomendá-las até dia 17 de dezembro.

L.O.V Bakery – Panetone de longa fermentação

Hoje em dia o que não falta é preparo e dedicação na produção da receita natalina. Exemplo disso, é o panetone artesanal da Lov Bakery, que é feito de maneira totalmente natural e sem nenhum uso de conservantes.

Além de utilizar ingredientes especiais como farinha italiana de trigo manitoba e extrato natural com o gosto autêntico de panetone produzido na própria loja, a receita passa por um processo de longa fermentação que leva cerca de dois dias.

Depois disso, após assado, o panetone ainda tem que ficar 12 horas de cabeça para baixo antes de ser embalado.

Todo esse processo faz com que o Panettoni Artigianali di Milano fique com a textura e gosto de um brioche, sendo uma massa amanteigada com o adicional das frutas (damasco, passas e laranja) ou das gotas de chocolate.

Tetê Confeitaria – Gelatto de Panetone

Imaginando uma maneira diferente de levar este amor e o sabor natalino para os bauruenses, a Tetê Confeitaria criou o Gelatto de Panetone.

Feito com pedacinhos do panetone produzido na própria confeitaria, o gelatto ainda possui raspas de limão e laranja – para conferir o sabor do panetone – e as frutas cristalizadas, que são características do doce tradicional.

publieditorial

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Anne Hernandes
Carregar mais em Gastronomia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Quem é o bauruense por trás do aplicativo TopBoxx?

Você já deve conhecer o que é o aplicativo TopBoxx, como ele cresceu rápido e a recente am…