Se você acha que a ceia de Natal e a de Ano Novo são iguais, você pode estar enganado. Considerando que os motivos de cada comemoração são diferentes, logo, o que se come em cada data também muda.

Para o nascimento de Jesus, pode-se considerar o peru como ingrediente principal. Já para receber o ano que se inicia, alimentos como lentilha e uva são sinônimos de prosperidade. Apesar de todas essas tradições, o professor de gastronomia do UNISAGRADO, Richtier Gonçalves, alerta que não existe uma regra, já que tudo depende dos hábitos e da cultura de cada lugar.

Portanto, ao preparar o cardápio da ceia, deve-se levar em consideração o orçamento e as limitações técnicas de cada um. Ou seja, se você não é um grande chef de cozinha, a dica é escolher pratos que necessitam de menos preparos. Estes, quando feitos em maior quantidade, são mais fáceis de serem executados, tais como ensopados, carnes assadas e grãos cozidos.

Outra dica do especialista é caprichar na decoração! Aposte na forma de apresentar os pratos, escolha as travessas mais bonitas e forre a mesa com tecidos temáticos. “Dê atenção aos detalhes, isso faz com que qualquer preparação mesmo que simples tenha um ar especial, esclarece Richtier.

Pratos para apostar na ceia de fim de ano

Para quem está sem ideia do que cozinhar no Natal e no Ano Novo ou quer inovar neste ano, o chef enumerou alguns pratos para deixar o menu ainda mais comemorativo. Confira:

  • Leitão à pururuca
  • Pernil assado com abacaxi

  • Farofa de milho
  • Arroz com cebola frita
  • Ensopado de ervilha e bacon
  • Bûche de Noël (bolo recheado com creme de manteiga de chocolate)

Bûche de Noël (Foto: Parker Feierbach)

  • Salada de alface com gorgonzola uvas verdes e nozes
  • Tábua de frios (com ao menos 3 tipos de queijos) adornada com frutas como figos, damasco, geleia de pimenta e antepasto de berinjela.

E não é só isso, as bebidas também podem ganhar um toque especial. Adicione morango ou cereja congelados ao espumante ou frutas vermelhas à sangria! Mesmo com tantas delícias, o que não pode faltar, acima de tudo é alegria e união, para Richtier, os principais ingredientes para as festas de fim de ano.

“A ceia seja de Natal ou Ano Novo é um momento em que temos a oportunidade de transmitir carinho e atenção através da comida. Então este é o momento em que podemos nos aventurar na cozinha, de preferência com a família reunida, e curtir o momento”, finaliza.

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Juliana Oba
Carregar mais em Gastronomia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

7 lugares de Bauru que oferecem ceia de Natal pronta

Quando se fala em Natal, além do Papai Noel, decorações e presentes, vêm também à cabeça a…