Se o medo de dentista é bem comum entre os adultos, imagina para as crianças. Mesmo aquelas que nunca foram ao consultório odontológico, podem se assustar com o ambiente por assimilar à sala da vacina, por exemplo. Por isso, um espaço acolhedor é fundamental para recepcionar os pequenos sem grandes traumas.

Diferentemente de um consultório odontológico como comumente conhecemos, a sala da Dra. Viviane Mendes Fernandes já encanta pela porta, com diversos bichinhos fofos. É assim que ela convida seus pacientes – de bebês a crianças de 12 anos – a entrarem para uma visita ao dentista.

Odontopediatra, ela pensou em cada detalhe do espaço a fim de deixar os pequenos à vontade e evitar qualquer sensação de medo. “Eu tenho muita experiência negativa com dentista, lembro até hoje da sala que eu fui quando tinha seis anos. Então sempre me coloco no mundo da criança, do que ela vai pensar e imaginar”, esclarece.

Diversão na cadeira da dentista

O novo consultório, aliado ao atendimento lúdico, já traz resultados positivos nas consultas. Ressaltando todo um universo infantil, a sala traz detalhes importantes para distrair os pacientes, principalmente na primeira consulta, em que a odontopediatra conversa com os pais durante 45 minutos.

Embora a cadeira odontológica não passe despercebida, a sala traz outros diversos atrativos que chamam a atenção. A começar pela lousa pintada na parede, um passatempo para quem adora rabiscar. Já a televisão saiu da parede e foi para o teto, assim, deitado ou sentado, é possível assistir aos desenhos durante o tratamento.

E não para por aí, a Dra. Viviane ainda destaca os móveis e o papel de parede, que trazem ainda mais aconchego por conta das cores, fugindo do branco, comum nos consultórios.

“Tenho recebido muitos elogios, principalmente dos pais de filhos que têm medo. Eles conseguem perceber tudo o que foi pensado e que é importante para a criança ficar mais à vontade. É outra visão e eles têm dado bastante feedback, então é muito legal!”

O medo do dentista virou profissão

Toda essa preocupação com o bem-estar das crianças teve influência, não só dos estudos que realizou durante a especialização, como dos traumas da infância. Inclusive foi a partir destas experiências que surgiu a vontade de ser odontopediatra.

Não bastava ser dentista, ela queria mesmo era cuidar das crianças. “Sempre tive na cabeça que eu queria fazer uma criança passar pelo atendimento odontológico de uma forma que fosse legal. É mais do que decidir ser dentista, é decidir ser odontopediatra, para fazer com que as crianças tenham essa vivência de uma forma muito positiva”, ressalta Viviane.

Com 14 anos de experiência na área, quando questionada sobre o que mais encanta na profissão, a Dra. Viviane tem a resposta na ponta da língua: as crianças. “Elas são muito generosas, muito! Algumas vezes elas fazem um procedimento mais chatinho e choram, mas quando voltam já abraçam, beijam e está tudo bem. Eu sou apaixonada, morro de rir com elas, são muito verdadeiras.”

Serviço
A Dra. Viviane Mendes é formada em Odontologia com Mestrado e Doutorado pelo HRAC/USP (Centrinho) e atende no Instituto Cardoso de Ortodontia – Rua Padre João, 14-71 (esquina com quadra 1 da Al. Otávio Pinheiro Brisolla)
Telefone: (14) 3234-1558 ou 99643-9137
Facebook: www.facebook.com/dravivimendes
Instagram: @dravivimendes

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Juliana Oba
Carregar mais em Geral

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Projeto Eco Patinhas realiza 1º Drive-thru Solidário em Bauru neste sábado (08)

O projeto Eco Patinhas realiza neste sábado (8) seu primeiro drive-thru solidário. O event…