“Agora é o momento de comprar a viagem”. É assim que os consultores da agência de viagens Leorri Viagens Bauru Shopping definem o atual momento do setor de turismo. Após a paralisação do mercado em 2020, a expectativa é de que esse ano seja de retomada. 

E com preços mais baixos. “Quando analisamos os preços no dia a dia, nós ficamos tão empolgados que até compramos para o nosso desfrute! (risos) Os valores e o parcelamento estão muito bons”, garante Ricardo, consultor e sócio da Leorri. 

A vacinação gerou otimismo no setor. E para a recuperação, as empresas da área, como hotéis e companhias aéreas, estão reduzindo os valores, principalmente em baixa temporada, e fazendo promoções constantes. Com isso, as agências como a Leorri registram crescimento na venda de pacotes.

Nesse sentido, a orientação é comprar agora para viajar no segundo semestre ou até em 2022. A questão é que para conseguir os melhores preços, a dica é já escolher o destino, planejar a viagem e adquirir o pacote ainda no primeiro semestre. 

Três fatores explicam a expectativa de crescimento no mercado de turismo. Os preços mais baixos estão relacionados também à possibilidade dos pacotes das agências de turismo conseguirem atrair diferentes perfis de clientes. “As pessoas estão aprendendo que existem destinos acessíveis. E mais, elas começam a ver que os pacotes tornam as viagens mais baratas”, explica Ricardo.

Além disso, a perspectiva é de que o público que não viajou em 2020 tenha guardado para curtir as férias esse ano, além daquelas pessoas que decidiram fazer a primeira viagem. E por fim, a subida de 2021 deve acompanhar a tendência de crescimento no setor registrada nos últimos anos. 

Nesse cenário, as agências como a Leorri Viagens trabalham para atender essa demanda. “As pessoas perguntam se nós fechamos, e na verdade é o contrário. Reestruturamos. Até contratamos e treinamos mais agentes de turismo. Nós acreditamos na retomada do turismo e precisamos estar prontos para isso”, finaliza Rodrigues. 

Novas realidades do turismo

Para garantir a retomada do setor, um dos investimentos das empresas da área foi na segurança em saúde e higiene. As companhias aéreas tiveram que trocar os filtros das aeronaves por antibactericidas e antivirais, e os ar-condicionados agora fazem o ar circular verticalmente. “A chance de você pegar uma gripe dentro de um avião hoje é mínima”, diz Ricardo.

Ainda segundo o empresário, todo mundo do turismo está se ajudando a fim de evitar o aumento de casos e novos fechamentos. Isso é visto desde as agências de viagens até o hotel, que deixam o quarto higienizado por 48h antes da entrada de um novo hóspede, passando pelos aeroportos, com espaçamento e câmeras infravermelhas para checar a temperatura. 

Além disso, todos esses locais contam com disponibilização de álcool gel e obrigatoriedade do uso de máscara. 

Outra questão importante é ficar de olho no cancelamento ou na remarcação de viagens. Para o reembolso, uma lei aprovada no ano passado aumentou o prazo – para 12 meses – para as companhias aéreas reembolsarem os clientes que cancelaram. 

Para a remarcação, é possível escolher uma nova data ou receber o crédito para pensar em uma nova viagem. O importante é esperar o momento certo. “Não adianta querer viajar sem estar seguro, preocupado e de cabeça quente”, afirma Ricardo.

Independente disso, o consultor garante que todos os prazos estão sendo cumpridos, tanto para quem quer receber o dinheiro de volta ou para quem quer continuar com os planos. “Até o momento, todas as nossas remarcações foram realizadas sem nenhum problema. Inclusive, mais de 90% sem ter que pagar um real a mais. E se for o caso, também garantimos o reembolso ao cliente”.

Nesse quesito, é muito importante escolher bem o seu consultor de viagem depois. Portanto, para qualquer caso, vai uma dica da Laura Mendonça, agente da Leorri. “Você não precisa ter dor de cabeça, pois nós vamos resolver todos esses problemas. O cliente, literalmente, só viaja”. 

Antes, durante e depois da viagem

Com mudanças tão rápidas no setor de turismo e as formas tecnológicas de contratação, o ano de 2020 mostrou a importância do agente de viagem e a participação dele em todos os momentos, antes, durante e depois da viagem. A Leorri, por exemplo, teve que cuidar de passageiros que estavam no destino, e ficaram com medo de não conseguir voltar para casa.

“No início da pandemia, com cancelamentos de diversos voos, as companhias fizeram diversas mudanças. Por isso, tivemos que dar todo suporte ao cliente para ele não ficar sem orientação. Cobramos as empresas o tempo inteiro. Eles estavam o tempo todo ciente do que estava disponível”, comenta Ricardo. 

E essa é uma etapa do trabalho de uma agência de viagens. Na Leorri Viagens, que completa 12 anos em Bauru, sendo três no Bauru Shopping, os agentes orientam sobre destinos e dão suporte durante a viagem, para que o cliente curta as férias sem estresse.

Por isso, o foco do Ricardo na agência é entregar um atendimento que deixe claro as melhores opções para cada perfil cliente e dar suporte 24h por dia durante a viagem. “Em quase 12 anos de existência, nunca deixamos um cliente na mão”, garante o empresário.

E em tempos de pandemia, a orientação agrega também orientações de cuidados durante a viagem, indicar os destinos mais seguros contra a doença e conhecer as empresas que mais seguem os protocolos de higiene.

Além da orientação e suporte, o principal serviço das agências é a venda de pacotes. Na Leorri, os agentes conseguem encaixar cada perfil de bolso e gosto em diferentes pacotes, entre os destinos e hospedagem. Ademais, eles podem incluir – ou não – passagem, hotel, transfer e passeios.

Na agência bauruense, o Ricardo destaca também os preços. Para João Pessoa-PB (aéreo saindo de Campinas, hotel, traslado, city tour) está a partir de 10x de R$ 173 por pessoa. Com voo saindo de Bauru, o passeio a Porto de Galinhas-PE (aéreo e hotel por 6 diárias) custa a partir de 10x de R$ 125 por pessoa. Além da praia, Gramado-RS é uma opção, por a partir de 10x de R$ 143 por pessoa (aéreo, hotel, traslado, bustour e dois passeios). 

Destinos

Agora que você já sabe que pode viajar tranquilamente com o apoio de um agente e de que é hora de planejar a viagem, esse texto não poderia terminar sem oferecer alguns destinos em alta para você conhecer. O principal é Porto Seguro-BA, por causa do voo direto entre Bauru e a cidade, aos sábados, o primeiro saindo daqui até o Nordeste.

Com a pandemia, os destinos nacionais de praia, que já eram fortes, ficaram ainda mais visados, principalmente por serem passeios em locais abertos. Maceió-AL, Aracaju-SE e Costa do Sauípe-BA são os mais tradicionais, e Jericoacoara-CE e Morro de São Paulo os que cresceram entre os bauruenses. 

Além de praia, Bonito-MS também ganhou destaque após uma baixa procura nos últimos anos, assim como outros destinos de natureza, exóticos, como o Jalapão, ou de frio, como no sul do país. “No Brasil tem muita coisa legal, de todos os tipos e perfis”, comenta Ricardo.

Devido ao fechamento de aeroportos, os destinos internacionais estão em baixa no momento, mas devem voltar mais para frente. Até mesmo porque o brasileiro estava descobrindo outros locais, saindo do tradicional Caribe, Itália e Espanha e buscando outras praias e o centro e leste europeu, além de países asiáticos. Nos Estados Unidos, estão buscando outros destinos além de Orlando.

Do mundo para os locais mais próximos, os destinos regionais são pouco visados pelos bauruenses, mas, segundo Ricardo, são boas opções. Para quem está sem tempo para viajar, são destinos ótimos, por serem viagens curtas, de carro e para ficar uns 3 ou 4 dias. Destinos como Hot Beach, Barretos Country e Blue Tree de Lins são alguns com estruturas de resorts. 

“Tem que quebrar o paradigma de que é caro. Muita gente de São Paulo vai a esses locais, e poucas de Bauru. Com o pacote completo, você não precisa se preocupar com nada e aproveitar tudo. Tenho clientes que foram a primeira vez, e não pararam mais de ir”, explica Ricardo. 

Essas são algumas dicas, de várias possibilidades. E se quiser conhecer outras, a dica é acompanhar as redes sociais da Leorri. No Facebook, Instagram e TikTok, a agência põe dicas de viagem. “Tudo o que nos aproxime do nosso público, que mostre que a gente está aqui, não só para vender as viagens, mas também para fazer parte”, finaliza Laura Mendonça.

publieditorial

Serviço
Leorri Viagens
Endereço: Bauru Shopping, 3o piso. R. Henrique Savi 15-55, Vila Universitária.
Horário de funcionamento: Todos os dias, das 10h às 22h.
Contato: (14) 3202-6757 | 98125-0714
E-mail: [email protected]
Site: www.leorriviagens.com.br/
Instagram: @leorriviagens
Facebook: /leorriviagens
Tiktok: @leorriviagensbauru

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Raphael Bonini
Carregar mais em Negócios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Com presidente bauruense, Unimed Centro-Oeste Paulista lidera ranking nacional de satisfação

Presidida pelo bauruense Doutor Ajax Machado, a Unimed Centro-Oeste Paulista (COP) foi a F…