Em 2017 o letrista e baterista Cristiano Araújo, da banda Costume Blue, teve dois acontecimentos marcantes em sua vida: o falecimento de seu pai e o nascimento de sua filha.

Inspirado nessa dualidade e buscando conviver com dois marcos que propiciaram sentimentos intensos, o bauruense compôs a música “Chão”, faixa que faz parte do álbum “Ausência” da banda.

Passados quatro anos de sua composição, a canção ganhou vida em 2021 com um clipe dirigido pela artista Gabby Vessoni, do Rio de Janeiro.

Ao conhecermos o trabalho da Gabby Vessoni todos nós da banda ficamos encantados com sua sensibilidade na realização de videoclipes. Daí a convidamos. Falamos para ela ficar à vontade para escolher uma das faixas do álbum Ausência ainda sem clipe. Foi muito tranquilo trabalhar com ela. E a confecção do clipe de Chão foi realmente muito rápida, aproximadamente uma semana. Essa parceria deve trazer outros frutos. Ela é incrível, pois além de videomaker, é cantora. Fizemos um convite para ela fazer os backing-vocals do próximo álbum do Costume Blue, que deve se chamar Retrovisor”, conta Cristiano sobre a parceria.

Um clipe com mais significados

Em 2021 a dualidade da música expressada no clipe ganha ainda mais significados devido à pandemia, como conta Cristiano.

A passagem do tempo, com a chegada da pandemia, acrescentou significados que a canção não possuía quando foi composta e gravada. No momento da criação, nós estávamos tomados por uma grande tristeza (a morte de meu pai) e um sentimento de renovação da vida com o nascimento de minha filha. Era um momento de ambiguidade, com os afetos à flor da pele. Essa dualidade dor e esperança se desdobrou e se projetou para esse momento de 2021. Sofremos com os impactos da Covid-19, mas, por outro lado, desponta a esperança com a chegada da vacina”, analisa o compositor.

Assim, para demonstrar esses sentimentos no clipe, a videomaker, e também cantora, Gaby Vessoni utilizou imagens de shows antigos da banda e compôs um painel de sucessão de quadros que sugerem dualidade e ambiguidade. Ela combinou imagens da natureza, captadas pelo próprio letrista, e da solidão das cidades, obtidas em bancos de vídeos.

Confira o resultado:

A banda Costume Blue é composta por, Ricardo Marins (piano, sintetizador, violão e vozes), Marcelo Bulhões (voz, guitarra e slide), Cristiano Araujo (bateria), Chico Lopes (contrabaixo) e Alessandro Sá (guitarra).

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Anne Hernandes
Carregar mais em Cultura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

No Dia da Biblioteca, saiba a importância dos acervos de Bauru

O que nos vem à mente quando pensamos em uma biblioteca? Um espaço cheio de livros. Para a…