Se você costuma viajar, se viu impedido de aproveitar os momentos de lazer em outras cidades e países. No entanto, após mais de um ano de pandemia, uma nova modalidade de viagem tem se destacado: as experiências em acomodações.

Assim, casas, chalés e até apartamentos deixam de ser hospedagens para se tornarem destinos! Entre os mais procurados, estão imóveis em meio a natureza, que ofereçam diferenciais como vistas exuberantes, ofurôs ou fogueiras.

Independente da localização da hospedagem ser turística ou não, o intuito é procurar um espaço diferente (podemos até dizer inusitado), para seguir no isolamento.

“Toda hospedagem faz parte da experiência de cada roteiro e, em alguns casos, pode ser a própria experiência”, Laís Cordão (Foto: arquivo pessoal)

Casas longe de casa

A bauruense Laís Cordão encontrou nas acomodações, um refúgio para descansar em casas longe da rotina da sua própria casa. Todas os destinos foram encontrados no Airbnb, plataforma que utiliza desde 2013. Ela ainda conta que, durante a pandemia, passou a procurar por hospedagens que evitassem o contato com outras pessoas.

“No planejamento da viagem, na busca dos próximos destinos percebi que todos tinham algo em comum: a experiência. Experiências únicas seja pela acomodação em si, pelos diferenciais oferecidos, pelo visual e paisagens ou por todas estas possibilidades juntas”, explica.

Acomodação em meio à natureza (Foto: Laís Cordão/ arquivo pessoal)  

A primeira viagem com esse intuito teve como cenário a cidade de Campos do Jordão e foi uma surpresa para a bauruense, feita pelo namorado, Rodrigo. “Eu sabia apenas o destino (risos)”. A acomodação oferecia o que muitos estão buscando neste momento, contato com a natureza.

“Um encanto! Uma acomodação simples, sem luxo e rústica. O quarto tem visual para as montanhas e é envidraçado, nos fazendo sentir imersos na natureza. Além disso, a hospedagem também possui uma piscina exclusiva de borda infinita com vista para a cidade e toda a paisagem de Campos”, relata Laís.

Foto: Laís Cordão/ arquivo pessoal

Novos tempos, novos jeitos de viajar

A bauruense está entre muitas pessoas que tem achado nesse tipo de viagem, uma descompressão para o momento. Não à toa, a própria plataforma do Airbnb divulgou um aumento de 150% na procura por casas em até 300km de distância de grandes centros urbanos.

Segundo a agente de viagens, Amanda Côrrea, plataformas como a citada acima são inovações que trazem maiores facilidades para os turistas. “Sem dúvida nenhuma trouxe uma mudança e uma melhoria. A chegada do Airbnb e de outros aplicativos traz expansão e direito a todos de viajar. Além das possibilidades de explorar”, aponta.

Amanda Côrrea é agente de viagens e guia de turismo desde 2004  (Foto: arquivo pessoal)

Entre as possibilidades de explorar, estão trilhas, cachoeiras ou praias próximas às acomodações. Mas mais do que isso, fica a oportunidade para vivenciar uma casa, de forma que nunca vivenciaríamos em nosso próprio lar.

Para Laís, alguns aspectos específicos chamam atenção na hora de escolher o destino, mas ressalta que isso muda de acordo com a personalidade.

“Pode me chamar a atenção se possuir qualquer aspecto que me traga a sensação de experiência. Algum cômodo diferente, por exemplo, um banho a céu aberto ou com vista; uma acomodação, como um contêiner ou toda de vidro com natureza por todo lado.

Foto: Laís Cordão/ arquivo pessoal

Novos protocolos de viagem

Embora muitas casas ofereçam hospedagem isolada de outras pessoas, os cuidados com a limpeza do local aumentaram. Por isso, o Airbnb lançou protocolos de segurança contra a Covid-19, tanto para anfitriões quanto para hóspedes.

O casal bauruense Gabriel e Júlia Toledo Martins contam que, embora viajam por diversos lugares, utilizam muito a plataforma em Bauru. Em relação à higiene durante a hospedagem, eles relatam nunca ter tido problemas.

“Sempre nos atentamos se estava limpo, se havia trocado as roupas de cama, se estava tudo bem higienizado. Não tivemos nenhuma experiência ruim em relação a isso, todos os lugares que chegamos estavam muito bem limpos”, diz Gabriel. 

Julia e Gabriel estão na estrada desde 2019 passando por diversos países do continente americano (foto: arquivo pessoal)

Além disso, Julia ainda complementa sobre quando houve a necessidade de contato com os anfitriões. O contato com os hosts [donos das casas] foi super tranquilo, todos usavam máscaras e respeitaram o distanciamento de dois metros. Com relação a isso, nos sentimos super seguros.”

Os padrões de segurança foram desenvolvidos com orientação de autoridades sanitárias especialistas internacionais. Entre elas, está o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), nos EUA, referência nos esforços de combate à Covid-19. Dessa forma, os anfitriões devem fazer a higienização do local em cinco etapas.

Para conhecer mais sobre as opções do Airbnb

Em meio a tantas opções, como achar hospedagens únicas e que atendam todas as nossas necessidades e gostos? Para quem tem dificuldade na tarefa, existe uma forma prática de encontrar a casa perfeita. Diversos perfis de Instagram fazem essa curadoria, se transformando em uma espécie de catálogo da plataforma.

Ao se deparar com estes perfis que compartilhavam opções e dicas de hospedagens Airbnb, Laís percebeu uma lacuna. “Confesso que senti falta de algo mais real, mais subjetivo, mais pessoal. Experiências e pessoas que realmente estiveram ali naqueles lugares. Fotos variadas, de detalhes e diferentes das que eles apresentam que são as mesmas do site”, expressa.

Por já trabalhar com Instagram, o namorado de Laís a incentivou a criar um perfil mostrando sua própria visão. Assim surgiu o @lovesintheairbnb, onde a bauruense compartilha suas indicações e experiências.

“Acreditamos que toda hospedagem faz parte do viver, da experiência de cada roteiro – e em alguns casos ela pode ser a própria experiência. Que as viagens dali inspirem e possam ser para todos tão incríveis quanto foram para nós”, finaliza Laís.

Foto: Laís Cordão/ arquivo pessoal

* Consultoria

Amanda Côrrea: formada em Relações Internacionais e técnica em turismo com formação para agente de viagens e guia de turismo pelo Senac. Atua na área desde 2004 em várias instituições de turismo e trabalhou no Marítimo Internacional por seis anos. É escritora, com dois livros lançados como co-autora, e idealizadora do projeto “Todos a Bordo” com os bastidores de experiências internacionais dos tripulantes dentro do navio. Proprietária da agência de viagens em Bauru, ID Travel, focada em viagens de experiência

Compartilhe!
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Juliana Oba
Carregar mais em Comportamento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Escola de Bauru abre inscrições para ‘Curso de Youtuber’ para as crianças durante as férias

Pergunte a uma criança qual profissão ela quer seguir no futuro. Existe uma boa chance da …