O Projeto PertenSer foi idealizado em março de 2020 pela terapeuta Sílvia Jacob, e nasceu com o intuito de fazer a distribuição de kits de higiene para pessoas em situação de vulnerabilidade em Bauru durante a pandemia.

No entanto, já nas primeiras ações, o grupo de voluntários percebeu que a necessidade de distribuir alimentos para as pessoas atendidas também era grande. Com isso, o objetivo do projeto mudou.

“Ao chegarmos nos locais, percebemos que as pessoas tinham fome e pediam comida. Aquilo mexeu com os voluntários, e na semana seguinte começamos a cozinhar para as pessoas em situação de rua e moradores de comunidades”, conta Sílvia.

Hoje, o projeto é formalizado e não está ligado a nenhuma instituição religiosa, governo ou prefeitura da cidade.

Reestruturação do Projeto PertenSer

A presidente também explica que as marmitas eram capazes de satisfazer apenas um momento de necessidade, então o projeto foi reestruturado. Com essa mudança, as famílias carentes poderão ser cadastradas para receber cestas básicas e o que mais for necessário.

A partir de agora, a ação trabalhará com famílias acolhendo famílias. Os voluntários terão acesso ao cadastro desses grupos e poderão oferecer uma assistência de forma integral.

“Acreditamos que a doação sem destino certo desmotiva o voluntário. Quando falamos de uma assistência integral, falamos de um olhar sistêmico, observando a real necessidade de cada família”, explica a terapeuta.

Os voluntários poderão saber o número de membros assistidos, idades, datas de aniversário, endereço e forma de renda. O contato entre as famílias é possível, mas não obrigatório. Orientações e regras são passadas para voluntários e acolhidos. Em caso de descumprimento, os cadastrados podem ser retirados da assistência.

O Projeto PertenSer procura por famílias em comunidades e locais específicos, já que nem todas recebem auxílio ou benefícios públicos, mas também fazem o cadastramento de pessoas de toda a cidade que procuram a associação.

Sílvia ainda esclarece que um dos representantes do projeto vai até a casa das famílias cadastradas para fazer uma avaliação. “O simples cadastro não contempla. É feito um estudo com a família assistida para avaliar sua real necessidade”.

Para ajudar o projeto, os voluntários não precisam fazer nenhum tipo de comprovação de renda, o único requisito é o comprometimento.

“O voluntariado tem um traço interessante: eles ajudam temporariamente e depois vão embora. Encaramos isso com naturalidade, e por isso estamos sempre em busca de novos apoiadores”, explica a representante.

Aniversariantes do mês

Os voluntários do projeto também tiveram a ideia de criar a ação “Aniversariantes do Mês” para as crianças do Parque Primavera.

Os aniversariantes são apadrinhados por voluntários e recebem presentes. Todas as outras crianças também recebem comidas típicas de festas de aniversário como bolo, doces, refrigerante, sorvete, cachorro-quente e pipoca.

“Nós sempre nos surpreendemos com a reação das crianças na entrega das marmitas que fazíamos, era muita alegria ao receber um simples prato de comida, então tivemos a ideia de criar esse evento”, conta Sílvia.

As festas acontecem sempre no último domingo do mês e podem participar as crianças de 1 a 12 anos de idade que são cadastradas no banco de dados do projeto.

Além dos aniversários, o Projeto PertenSer também organiza campanhas de Páscoa e Natal para as crianças.

Neste mês de junho, a festa acontecerá no dia 27. Por enquanto, o projeto ainda não arrecadou as doações, o que pode pôr em risco o compromisso da iniciativa com as crianças.

“Os aniversariantes do mês já foram apadrinhados, mas falta todo o restante – comidas e bebidas. Precisamos de voluntários para as doações da festa, não queremos deixar 160 crianças na expectativa”, pede Sílvia.

Como contribuir com o Projeto PertenSer?

Para ajudar a associação, os interessados podem:

  • Doar cestas básicas;
  • Doar doces, bebidas, descartáveis, entre outros para a festa das crianças;
  • Contribuir com dinheiro (que é revertido para as famílias assistidas);
  • Integrar o projeto como membros ativos;
  • Ser associados do projeto.

As doações podem ser feitas nos pontos de entrega da cidade, como Barbados Barbearia, Brasil Motors, Conservas com Cervas e Pierri Piscinas.

Para saber mais, basta entrar em contato com os representantes:

  • Sílvia Jacob (14) 98110-4444 ou [email protected]
  • Priscila Egydio (14) 99102-9140
  • Juliana Xavier (14) 98183-6603

Serviço
Projeto PertenSer
Facebook: /pertenserbauru
Instagram: @pertenserbauru

Compartilhe!
Carregar mais em Geral

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Aniversário de Bauru: veja 125 curiosidades sobre a cidade

Bauru completa 125 anos hoje (1°). Para celebrar a data, que tal uma lista? Preparamos um …