Com a chegada do inverno no dia 21 de junho, as roupas mais frescas dão lugar aos casacos, as bebidas refrescantes são trocadas por receitas quentes. O clima determina nossos hábitos, bem como nossa alimentação. Por isso, a procura por caldos, chocolate-quente, fondues e outros pratos típicos do inverno aumentam.

E os restaurantes da cidade não deixam os bauruenses passando vontade. Independente do tipo de cozinha, sempre tem uma opção para esquentar. A exemplo, podemos citar uma notícia que publicamos aqui sobre a espetaria que passou a oferecer caldos. Uma forma de atender mais pessoas.

Tabatha Creazo, proprietária do Nosso Quintal, também pensa assim. Para ela, é fundamental superar as expectativas dos clientes. Por isso, optou por oferecer um cardápio sazonal no bar. Durante o inverno, por exemplo, as opções vão de fondue a chocolate quente com conhaque.

Fondue de queijo com acompanhamentos do Nosso Quintal (Foto: divulgação)

Mais do que adaptar o menu, o espaço também ganhou mudanças para aquecer quem está por lá. “Achamos importante adequar o ambiente. No inverno colocamos fogueira e oferecemos cobertas também”, aponta Tabatha.

Nessa pegada, até os lugares que fazem sucesso no verão tentam contornar as temperaturas mais baixas. É o caso de sorveterias, que encontram nos quitutes, como bolos e caldas quentes, alternativas e até complementos para o menu gelado.

Opção de bolo com calda quente e sorvete da Frutydellys, sorveteria com duas unidades em Bauru (Foto: divulgação)

Esfriou no Japão, EUA e Brasil

Os restaurantes especializados em um tipo de culinária trabalham com uma extensa lista de receitas. Dessa forma, pratos quentes normalmente estão disponíveis o ano todo. Porém, com o inverno, vale ressaltar as opções ideais para o momento e que você provavelmente não escolheria em um dia de calor bauruense.

Embora popular por pratos crus, a culinária oriental também é repleta de receitas quentes. Entre elas vale destacar o lámen e o udon. “São considerados pratos de inverno, porém o lámen predomina mais, pois se trata de um caldo mais espesso e mais calórico. Já o caldo do udon é mais leve e suave”, esclarece Célio Kameo, do Hiro’s Cozinha Oriental.

Tonkotsu missô lámen do Hiro’s, receita participou do Prêmio Impera de Gastronomia, realizado pelo Social Bauru

Outro prato preparado com macarrão e que cai bem no friozinho é o Mac and Cheese, típico da cozinha dos Estados Unidos. “É um clássico americano com macarrão espiral no molho cremoso de cheddar. E é uma delícia”, esclarece Ricardo Geloneze, sócio proprietário do The One Sports Bar & Grill. No restaurante, a receita é oferecida tanto na opção tradicional, quanto em uma releitura com molho branco e brócolis.

O tradicional Mac and Cheese (Foto: arquivo/ The One)

E mesmo que aqui no Brasil o inverno não seja tão rigoroso, aquele ventinho gelado já faz nosso estômago pedir uma comida quentinha. Por isso, o chef Moacir Santana, especializado na culinária brasileira, ressalta que a nossa cozinha também oferece opções para o frio.

Dois exemplos, disponíveis no Bar da Rosa, são o bobó de camarão e a moqueca, esta última feita com peixe amazônico no azeite de dendê, leite de coco fresco, cheiro verde e pimentão”, enumera o chef.

Moqueca do Bar da Rosa (Foto: divulgação) 

Por delivery ou no local, pratos para experimentar em Bauru não faltam! E você, já aproveitou alguma receita de inverno?

 

Compartilhe!
Carregar mais em Gastronomia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Bartender de Bauru ganha competição nacional de coquetéis

O bauruense Raul Vital, bartender de 30 anos, recebeu o prêmio de “clássico da coquetelari…